quarta-feira, 21 de setembro de 2022

A minha mãe é a minha filha - Valter Hugo Mãe [Opinião]

 

Título: A minha mãe é a minha filha
Autor: Valter Hugo Mãe 
Editor: Porto Editora
N.º de Páginas: 48

Sinopse: 
Um conto de uma ternura ímpar dedicado a todos aqueles que cuidam.
«A minha mãe é a minha filha. Preciso de lhe dizer que chega de bolo de chocolate, chega de café ou de andar à pressa. Vai engordar e piorar do fígado, vai ficar eléctrica e sem conseguir dormir, vai começar a doer-lhe a perna esquerda, os joelhos, os ossos todos. E depois dirá: ui, filho, dói-me aqui e dói-me ali.»







Que conto maravilhoso!!! 
Assim que dei de caras com a capa do livro fiquei apaixonada. As ilustrações são belíssimas e tão fiéis ao original que não consegui mais largá-lo. E o seu interior é recheado de coisas tão verdadeiras que mesmo para quem não é cuidador, mas tem familiares próximos a chegar a uma idade mais debilitante se revê perfeitamente em algumas partes. 






Pelo meio, Valter Hugo Mãe não se coíbe de lançar críticas aos familiares que se encontram de fora e acham que podem dar opiniões sobre tudo e mais alguma coisa.  
Um livro imperdível de ler e preservar. 





Sem comentários:

o-homem-de-giz-billboard