segunda-feira, 8 de novembro de 2021

Marilyn - Uma Biografia - María Hesse [Opinião]

 

Título: Marilyn - Uma Biografia
Autor: María Hesse
Editor: Suma de Letras
N.º de Páginas: 184

Sinopse: 
Quem era a verdadeira Norma Jeane Baker?
A actriz mais conhecida da História do cinema, o símbolo sexual de uma era inteira, o protótipo, por excelência, de loira burra e, sobretudo, alguém que, até hoje, permanece uma grande incógnita.

Depois de fazer os corações de Frida Kahlo e Bowie florescer, descobrindo o seu lado mais humano, María Hesse revela a alma de Marilyn Monroe, uma mulher que, como tantas outras das suas contemporâneas, explodiu todos os cânones e merece ser lembrada, hoje mais do que nunca, pelo seu talento, a sua sensibilidade, a sua inteligência e as barreiras que quebrou.









As biografias ilustradas de Maria Hesse são sempre um sucesso. Dá-nos a conhecer a vida de uma personalidade famosa e, mesmo que de forma reduzida, acabamos por saber sempre um pouco mais sobre a pessoa em questão.

O último livro publicado pela Suma de Letras é dedicado ao símbolo sexual Marilyn Monroe, mas depressa constatamos que Norma Jean foi muito mais do que uma cara bonita.

Leitora ávida, Marilyn estudou literatura e representação e o seu espólio contava com mais de 400 livros. Mais tarde, viria a descobrir-se que escrevia poesia.

Dona de uma inteligência e de uma beleza estonteante, Marilyn rompeu preconceitos e amou muito, apesar de nunca ter sido verdadeiramente feliz.

Filha desprezada, quer pela mãe, quer pelo pai que nunca conheceu, dividiu a infância entre várias famílias de acolhimento e lares infantis. Acabaria, contudo, por alcançar o sonho antigo da mãe, ser atriz, mas os seus papéis eram quase todos de loira burra, coisa que a entristecia.

"Com o tempo, recebemos uma imagem de Marilyn Monroe como um símbolo sexual, quando na realidade há mais fotos dela lendo do que nua", diz Hesse.




Sem comentários:

o-homem-de-giz-billboard