terça-feira, 24 de agosto de 2021

As Tuas Mentiras - Harriet Tyce [Opinião]

 

Título: As Tuas Mentiras
Autor: Harriet Tyce
Editor: TopSeller
N.º de Páginas: 384

Sinopse:
No recreio, reina a lei do mais forte.
Mas ao portão da escola não há regra alguma.

Quando Sadie Roper regressa a Londres com a filha, Robin, está determinada a reparar a vida de ambas e a retomar a sua carreira como advogada criminal. Sadie ama a filha, e tudo fará para a proteger, mas não lhe pode dizer porque tiveram de sair da sua casa nos Estados Unidos tão depressa, nem porque é que o pai de Robin não veio com elas.

Não lhe pode explicar por que motivo odeia estar de volta à casa da sua falecida mãe, com as paredes cobertas de heras e as suas memórias tóxicas. E não lhe pode contar a verdade sobre a escola que Robin está prestes a frequentar: uma escola que não acolhe bem os recém-chegados e onde a competitividade é feroz entre alunas… e sobretudo entre mães.

Sadie só quer que as suas vidas voltem ao normal, mas a resistência que inicialmente encontram na escola parece difícil de ultrapassar. As coisas acabam por mudar, e tanto Sadie como Robin começam a sentir-se integradas e a criar amizades. Mas essas amizades repentinas poderão impedir Sadie de ver a verdade e de encarar a ameaça que se aproxima.

Sombrio, viciante e envolvente, As Tuas Mentiras é um thriller psicológico de leitura compulsiva.








Sadie está de regresso a Londres depois de ter passado bastantes anos nos Estados Unidos.
O seu regresso à cidade natal tem um motivo, mas Sadie não quer contar a verdade toda à filha, até porque nem ela percebe ainda bem o que aconteceu com o seu casamento.

Porém, Londres não lhe traz boas recordações. Sadie sente que nunca foi feliz ali, com uma mãe austera e que parece nunca ter gostado dela. Mas a herança que recebeu traz algumas obrigações e Sadie tem de regressar à sua antiga casa e inscrever a sua filha na escola que ela própria odiou quando era jovem.
A única coisa de bom é a esperança de voltar à advocacia, profissão que abandonou quando sair para os EUA.
 
As peripécias entre as mães das crianças fez-me em muito lembrar Pequenas Grandes Mentiras de Liane Moriarty, pelo que os fãs da autora de certeza que vão apreciar ler este livro.
 
A par da história principal, Harriet Tyce cria ainda outro bastante interessante que se prende com o trabalho de Sadie. O primeiro caso que a jovem advogada tem de defender prende-se com uma acusação de abusos sexuais por parte de um professor.
 
Como adorei livro de estreia da autora, Laranja de Sangue, estava com expetativas elevadas em relação a esta novidade. Apesar de muito diferente do anterior, continuo a gostar da forma como Harriet Tyce dá luz às personagens, embora neste livro a história se tenha arrastado um pouco.




Sem comentários:

o-homem-de-giz-billboard