sábado, 3 de abril de 2021

Fui Roubada Aos Meus Pais - Céline Giraud [Opinião]

Título: Fui Roubada Aos Meus Pais
Autor: Céline Giraud
Editor: Editorial Presença
N.º de Páginas: 184

Sinopse: 
A vida de Céline Giraud, 27 anos, desabou a 22 de Fevereiro de 2004, o dia em que tomou conhecimento de que não tinha sido abandonada em criança mas roubada à sua mãe biológica com alguns dias de vida. Roubada para ser vendida por 3000 dólares a um casal francês que desconhecia o processo de tráfico de que Céline tinha sido alvo. Só quando tentou contactar a mãe biológica conseguiu descobrir a verdade, procurando a partir deste momento, com a ajuda dos pais de Fernando, o seu namorado, pistas para o seu rapto, conseguindo localizar mais de vinte crianças também de origem peruana que tinham sido raptadas. Os seus pais adoptivos, alheios à ilegalidade, tinham contactado uma organização francesa que lhes tinha conseguido uma menina com apenas duas semanas em tempo recorde. Quando se apercebeu da situação dos outros bebés, Céline tentou contactar as suas famílias criando a Associação La Voix des Adoptés, que procura dar apoio a crianças adoptadas. Um livro de memórias, escrito na primeira pessoa com um tom quase detectivesco, informativo e que pode servir de base a uma análise social.

A minha opinião: 
Este é um livro perturbador de uma história verídica de roubo de bebés e crianças.
Nos anos 80 foram muitas as crianças roubadas a famílias carenciadas no Peru por um grupo de pessoas com alguma influência, desde juízes a médicos.
 
As famílias adoptantes, a maior parte oriunda de França, nada sabiam e o dinheiro que tinham de pagar seria para cobrir todas as despesas com o processo de adopção.

Depois de ter sido mãe e começado a apaixonar-se pela cultura peruana Céline decide partir para a descoberta das suas origens e é aqui que tudo se desmorona. Afinal a sua mãe não a tinha abandonado, mas que por culpa da sua ingenuidade e pobreza Célia tinha-lhe sido retirada sem qualquer pena e "vendida" a um casal francês que não conseguia ter filhos biológicos.
 
O livro é um relato impressionante sobre o que dezenas de famílias passaram quando lhes foi retirado o bem mais precioso, mas também as condições com que essas mesmas famílias vivem. Aquando da visita de Céline à sua terra natal, esta descreve a forma com estas pessoas vivem, num autêntico bairro de lata, sem luz, água, sem chão.
 
Uma das coisas que mais me impressionou foi quando a autora do livro decide dar uma estadia de um noite a uma das suas irmãs, que fica impressionada com uma grande tina na casa de banho. A sua irmã nunca tinha visto uma banheira em toda a sua vida!

Através da sua experiência e investigação cria uma associação "La voix des Adoptés" com o intuito de ajudar outros jovens que tenham ou estejam a passar pelo mesmo. De referir ainda que quando Céline investigava a sua própria adopção descobriu que, no mesmo período em que foi roubada, mais 22 crianças tinham sido sequestradas pelo mesmo grupo.




Sem comentários: