quarta-feira, 17 de abril de 2019

A Sombra do Passado - Nikola Scott [Opinião]

Título: A Sombra do Passado
Autor:
Nikola Scott

Sinopse: 
Corre o ano de 1958, Elizabeth Holloway é enviada para longe da sua casa de Londres, para passar o verão em Hartland, uma bela propriedade no litoral do condado de Sussex, no Sul de Inglaterra. Para a linda e inocente Elizabeth, os Shaws são um modelo de sofisticação e tratam-na como se fosse da família, mas quando ela se apaixona, ninguém a avisa que os seus sonhos são perigosamente ingénuos. Quarenta anos mais tarde, a filha de Elizabeth, Addie, encontra uma estranha à sua porta, uma mulher que afirma ser sua irmã gémea. A princípio, Addie recusa-se a acreditar nisso — até que o seu amado pai admite que as circunstâncias do seu nascimento não foram as que ela tinha sido levada a crer que foram. A revelação desafia tudo o que Addie achava que sabia sobre a mulher brilhante e difícil que tinha sido a sua mãe. E como a vida os leva de volta ao passado de Elizabeth, Addie e sua nova irmã Phoebe descobrem a extraordinária história de uma criança perdida, o segredo de uma mãe, e um verão de ouro que mudou a vida de uma mulher para sempre.

A minha opinião: 
Esta história passada em dois tempos distintos fez com que ficasse logo com uma enorme curiosidade. Adoro livros assim, porque nos dão uma melhor perspectiva das personagens, fazendo-nos conhecer melhor a vida delas através do seu passado.

1958 Elizabeth é enviada para longe de sua casa para não assistir à morte lenta e eminente da sua mãe. Cedo percebemos que Elizabeth é uma jovem muito agarrada à sua mãe, mas com um pai muito austero. 

Quarenta anos mais tarde, já na atualidade, e um ano após a morte de Elizabeth, surge à porta da sua casa de família uma mulher que afirma ser filha de Elizabeth, irmã gémea de Addie. 

A história tinha tudo para ser uma leitura cinco estrelas, só não sucedeu comigo porque achei que o livro se arrastou muito, acabando por ter momentos um pouco enfadonhos. 
Não quero com isto dizer que não gostei do mesmo. Muito pelo contrário. A história secreta que envolveu Elizabeth, tudo o que ela sofreu no passado, foi preponderante para este se tornar numa excelente narrativa. 
A descoberta de uma irmã, ainda para mais gémea, faz com que Addie e Phoebe (que não chegou a conhecer a progenitora), partam numa aventura para tentarem descobrir quem foi Elizabeth antes de ter sido mãe. E o que descobrem deixa-as paralisadas. 

Nikola Scott escreveu, com mestria, uma excelente história, que além de mostrar ao leitor bonitas paisagens inglesas, focou a evolução do papel da mulher em 40 anos. Isso foi o que mais me interessou em toda a sua história, Tudo isto transformou Elizabeth numa personagem forte e que facilmente agradará aos leitores. 


Sem comentários: