quinta-feira, 7 de outubro de 2021

O Homem Certo é Difícil de Encontrar - Sebastião Alves [Opinião]

 

Título: O Homem Certo é Difícil de Encontrar
Autor: Sebastião Alves
Editor: Cultura Editora
N. de Páginas: 168

Sinopse: 
Uma explosão de gás num andar de luxo de um prédio de Lisboa causa uma vítima mortal. Trata-se de um antigo corretor de bolsa caído em desgraça e entretanto diminuído por um AVC. Acidente? Suicídio? Homicídio? Lídia, a sua mulher, é interrogada pela Judiciária e torna-se a principal suspeita quando se descobre que existem facetas ocultas na sua vida, desde um primeiro divórcio, ao encontro com o famoso corretor, já então afastado da Bolsa, e à transformação deste num homem violento.

O aparecimento de um amigo, uma espécie de alma gémea encontrada num "site" de encontros da internet, vem adensar ainda mais a desconfiança sobre esta mulher.
Será Lídia culpada ou inocente da morte do seu marido? Descubra este mistério.









Este livro veio ter-me às mãos no meu local de trabalho e fiquei logo curiosa. Primeiro porque o título não fazia antever um policial, depois porque gosto de conhecer autores portugueses.

Uma explosão valente num prédio luxuoso de Lisboa faz uma única vítima mortal.

O morto é um corretor de bolsa bastante conhecido que viu a sua vida cair em desgraça depois de ter sofrido um AVC. Provocado, talvez, por más apostas na bolsa que o deixa em maus lençóis, ou por um casamento que não passa de uma fachada. Do acidente salva-se apenas o gato e Lídia que não estava em casa no momento da explosão.

Ângelo mostra-se um homem de duas caras. Apaixonado e violento, o que faz com que Lídia viva numa bolha de amor e numa prisão ao mesmo tempo.

No entanto, os tempos de paixão acabam por terminar e sobra apenas violência. Só assim Lídia percebe que Ângelo não tem praticamente ninguém como amigo e nem a filha de uma relação passada quer nada com ele.

Prisioneira acaba por permanecer Lídia por ser a única a ter de tomar conta de um marido inválido e com maus modos. No entanto, paralelamente, a professora acaba por ter um relacionamento virtual com um outro homem que não chega a conhecer pessoalmente.

O leitor acaba por se ver confundido com esta relação. O que sente Lídia por Ângelo? O que a move a continuar com ele?

Será que a sua morte se tratou de um infeliz acidente?

Escrito de uma forma leve, mas cativante o homem certo é difícil de encontrar mostra-nos o lado negativo das relações.

Foi uma boa estreia do autor que já tem outros livros publicados por outra editora, mas que nunca tinha ouvido falar.




Sem comentários:

o-homem-de-giz-billboard