sábado, 12 de junho de 2021

O Último Refúgio - Pedro Garcia Rosado [Opinião]

 

Título: O Último Refúgio
Autor: Pedro Garcia Rosado
Editor: Clube do Autor
N.º de Páginas: 316

Sinopse: 
Pedro Garcia Rosado, com um turnpage arrasta o leitor para o interior do submundo da máfia, da violência e do crime. De Nova Iorque a Lisboa, o autor transporta nos através de uma espiral de reviravoltas até ao surpreendente final.

Tudo começa quando o detetive Castello conhece Maria DeMeira advogada luso americana, cuja família tem uma relação privilegiada com a máfia nova iorquina, e se apaixona por ela. Quem é, afinal, esta mulher fascinante e misteriosa, que deixa atrás de si um rasto de cadáveres? Será que precisa realmente de ajuda ou Castello não passa de um peão nas suas mãos?

Sem dar conta, Castello vê se enredeado numa complexa teia e tem de matar para não morrer. O plano de vingança é posto em cena em Lisboa, numa cidade fechada pela declaração do estado de emergência. O último refúgio é uma casa isolada na praia das Bruxas, no litoral atlântico, onde Castello terá de enfrentar uma morte (quase) certa...

A minha opinião: 
Foi com grande expetativa que peguei no novo livro de Pedro Garcia Rosado. O autor já há alguns anos que não publicava, mas os seus livros tornaram-se nos meus favoritos, dentro do género policial/thriller.
Se nos anteriores livros Pedro Garcia Rosado se centrou nos policiais, com mortes por investigar, em O Último Refúgio vamos mergulhar nos meandros da Máfia que nos transportam entre Nova Iorque e Lisboa, onde o amor pode esconder muita coisa perigosa.

Castello, detective em Nova Iorque, encontra-se a braços com um grave problema. O seu enteado está acusado de um crime e a sua companheira tenta de tudo para o ilibar, o que acaba por esfriar a relação de ambos.
 
Até que Castello conhece a advogada Maria DeMeira, uma luso-descendente que muda completamente a sua vida. Por amor Castello é capaz de tudo, até de se tornar um polícia corrupto, acabando enredado numa espiral descendente que o leva ao mundo do crime.
 
Gosto imenso da escrita de Pedro Garcia Rosado e dos seus enredos, embora a temática da Máfia não seja a parte do thriller que mais goste.
 
Contudo, só posso ficar feliz pelo seu regresso. Venham mais livros!




Sem comentários: