sábado, 6 de março de 2021

As Vingadoras - Fern Michaels [Opinião]

Título: As Vingadoras
Autor: Fern Michaels
Editor: Marcador
N.º de Páginas: 224

Sinopse: 
Hoje, elas começam a lutar...

Aparentemente, as sete mulheres da Irmandade são muito diferentes. no entanto, cada uma teve a sua dose de azar, desde maridos traidores a colegas sexistas e um sistema jurídico que, muitas vezes, não funciona. Agora, unidas pela tragédia, forjam um vínculo que as ajudará a reparar os erros cometidos contra elas e a descobrir uma força interior que não sabiam possuir. Ficando mais ousada a cada ato de justiça, a Irmandade está a aprender que quando coisas más acontecem, uma pessoa pode fingir-se de morta... ou pode levantar-se e lutar.

A vida é injusta. a maioria das mulheres sabe-o, mas o que pode fazer quanto a isso?
Milagres... se pertencerem à Irmandade.

Destroçada pela morte trágica da filha, atropelada por um condutor demente que beneficiou de imunidade diplomática, Myra Rutledge decide formar um círculo secreto: a Irmandade. Este grupo reúne sete mulheres muito diferentes umas das outras, mas que partilham uma cólera nascida dos preconceitos de que são vítimas. Propõem-se fazer justiça pelas próprias mãos... e o fim justifica os meios!

Se na adversidade alguns caem, outros levantam-se e entram em ação… ou vão para a guerra!

A minha opinião: 
A morte da filha, vítima de atropelamento e fuga, vai fazer com que Myra, a sua mãe, vá completamente abaixo, como seria de esperar.

Dois anos depois, ao ver uma notícia na televisão, Myra "renasce" das cinzas e jura fazer vingança pela morte da sua filha e por outros crimes cometidos a outras mulheres.


Decide criar uma espécie de irmandade onde todas se juntam para vingar os crimes cometidos a cada uma e nasce assim o primeiro livro de uma série que muito me fez lembrar Uma Gaiola de Ouro de Camilla Lackberg.

A primeira a ser vingada será Katherine, violada por três motards enquanto o seu marido, inválido, foi obrigado a assistir. Este episódio leva-nos a concluir que se vai tratar de uma série uma vez que há muitas mais mulheres pertencentes à irmandade a desejar vingança, o que nos leva a querer seguir as suas histórias. 

Achei uma história bastante interessante, embora não original, e desejei que estivesse um pouco mais desenvolvida. Se tivesse umas páginas a mais não se perdia nada.

No entanto, é uma série a seguir.



Sem comentários: