segunda-feira, 30 de março de 2020

O Segredo da Minha Mãe - Clare Swatman [Opinião]

Título: O Segredo da Minha Mãe
Autor: Clare Swatman
Editor: Editorial Planeta
N.º de Páginas: 312

Sinopse:
Uma história pungente e emocional, repleta de amor, perda, obscuridade, sofrimento e perdão.

Jan ficou viúva muito cedo e como mãe solteira tornou-se demasiado protectora em relação às filhas, principalmente em relação à mais nova, Georgie.

De casamento marcado, Georgie precisa da sua certidão de nascimento e após fazer uma busca exaustiva na casa da mãe, apenas encontra recortes de jornais e a sua vida transforma-se numa realidade em que mal pode acreditar.

Um livro comovente e um segredo devastador que ameaça os laços de uma família.

A minha opinião:
Georgie sempre achou estranho não ter acesso à sua certidão de nascimento. Sobretudo porque a irmã, Kate, a tinha. Jan sempre foi muito protetora em relação às suas filhas  mas as duas irmãs atribuiriam essa protecção ao facto de Jan ter ficado viúva muito nova, quando ainda carregava Georgie na barriga.

Com feitios completamente diferentes, as duas irmãs mesmo assim sempre se deram bem e a cumplicidade delas estava latente nas suas vidas. Kate é extrovertida, amante de viagens e da aventura. Georgie é mais pacata, nunca viajou, nunca tirou carta e nunca casou, apesar de ter um companheiro e uma filha. Passando a sua vida em retrospectiva, Georgie começa a perceber que nunca fez essas coisas não porque nunca quis, mas porque sempre foi demovida pela sua mãe. 

Em busca do mistério que assola a sua família, Georgie vai desvendar um segredo do seu passado que vai mudar completamente a sua vida. E é a partir desta premissa que vamos viajar até 1975 e conhecer a juventude de Jan. 

Vamos então conhecer a história sombria de Jan, quer através da investigação que a sua filha mais nova enceta, quer através de partes expostas pela própria autora. O mistério que envolve esta família vai sendo revelado a meio do livro, mas isso não fez com que o interesse pela história diminuísse. 

Este não é um livro fácil, e mostra que a vida pode ser feita de escolhas, e que essas escolhas vão influenciar a vida de terceiros. Centra-se sobre a importância da amizade, do amor, do desgosto e de uma depressão profunda que pode levar a que se cometa erros com implicações para toda a vida.

Gostei muito. 

 

Sem comentários: