segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Dois Guardam um Segredo - Karen M. McManus [Opinião]

Título: Dois Guardam um Segredo
Autor: Karen M. McManus
Editor: Edições Gailivro
Páginas: 312

Sinopse:
Echo Ridge é uma pequena cidade, perto da fronteira com o Canadá, onde Ellery nunca esteve, mas de que já ouviu falar. Foi lá que, aos dezassete anos, a irmã gémea da sua mãe desapareceu. E foi também lá que, há cinco anos, o assassinato da rainha do baile de boas-vindas pôs a cidade na boca do mundo, fazendo manchetes em todos os jornais. Agora, Ellery e o seu irmão gémeo têm de ir viver para Echo Ridge, com uma avó que mal conhecem.

A cidade é perfeita, mas esconde segredos. E ainda antes do início do ano escolar, alguém ameaça tornar o baile de boas-vindas tão perigosamente inesquecível como o de há cinco anos.

De repente, quase como prova de que o aviso é para ser levado a sério, uma rapariga desaparece. Ellery está habituada a segredos. A sua mãe tem-los e a sua avó também. E quanto mais tempo passa em Echo Ridge, mais claro se torna para ela que toda a gente na cidade os tem.

Mas os segredos são perigosos e a maioria das pessoas não consegue guardá-los.
Por isso, em Echo Ridge, é mais seguro cada um não revelar os seus.

A minha opinião: 
Li o primeiro livro de Karen M. McManus em julho do ano passado e gostei imenso. Tanto que o tenho recomendado aos jovens que gostam de iniciar na leitura de policiais, mas também aos "cotas" como eu que gostam de ler um bom livro deste género.

A autora de Um de Nós Mente leva-nos neste segundo livro a uma pequena cidade, junto ao Canadá, cidade essa que tem sido palco de umas mortes misteriosas.

Mais uma vez McManus coloca jovens como investigadores principais de um crime e essa poderá ser a sua fórmula secreta. Desta vez temos como protagonista Ellery e o jovem Malcom que partilha com ela o relato dos acontecimentos.

Ellery e Ezra, gémeos, caem de pára-quedas na pequena cidade quando a sua mãe é internada numa clínica de reabilitação. Já há uns anos a sua mãe tinha perdido a sua irmã gémea, Sarah, de uma forma misteriosa e nunca se descobriu o assassino. Este assassinato foi o impulsionador para que  tivesse saído de Echo Ridge para nunca mais regressar.

Ellery sempre teve queda para a investigação. Fã de leituras, sobretudo de livros policiais, vê naquela ida para Echo Ridge uma forma de tentar saber o que se terá passado com o desaparecimento, há cinco anos, da rainha do baile de boas-vindas, e saber se está relacionado também com a morte da tia.

Malcom é um jovem típico de liceu. Não é do grupo dos populares, e desde que o seu irmão foi "acusado" de ter matado a rainha do baile há cinco anos que vê a sua vida ainda mais complicada na escola.

Logo que se conhecem, Ellery e Malcom criam empatia e juntos procuram desvendar a verdade.

"Cada um de nós está preso num dos mistérios ainda por resolver de Echo Ridge. A única diferença é que a família dela perdeu alguém e a minha tem um suspeito."

Apesar de ser de uma qualidade inferior relativamente ao anterior livro, gostei imenso desta história e da forma como está escrita. A meio do livro confesso que já desconfiava de quem estava por detrás de todos os crimes, mas os acontecimentos que iam surgindo paralelamente à investigação continuaram a prender-me e a não conseguir largar a sua leitura.

Mais uma leitura que recomendo.



Sem comentários: