quinta-feira, 8 de agosto de 2019

O Livro dos Gatos - Cláudia Cabaço [Opinião]

Título: O Livro dos Gatos
Autor: Cláudia Cabaço
Editor: Editora Guerra & Paz
N.º de Páginas:132

Sinopse: 
Neste livro, descobrimos histórias incríveis e apaixonantes de gatos que conseguiram marcar não só a vida dos seus donos mas também toda uma comunidade, nas mais diversas partes do mundo.

Conheça os gatos favoritos de Ernest Hemingway, Mark Twain ou Abraham Lincoln.

Descubra a primeira gata astronauta, um gato que assinou um artigo científico e até outro que pressentia a morte.

Há gatos que se tornaram conhecidos pelo incrível charme que esbanjaram por avenidas, autocarros, bibliotecas, teatros ou até pubs escoceses, arrebatando corações à sua passagem.

A minha opinião: 
Hoje, Dia Mundial do Gato, não podia deixar de recomendar O Livro dos Gatos da Cláudia Cabaço. Um livro que fala de gatos famosos como o gato da biblioteca Dewey, mas também os gatos dos famosos como Hemingway ou Abraham Lincoln.

De facto, é sabido que há muitos artistas que têm como companhia o gato, um animal mais independente, mas com bastante importância nas suas vidas.

Este livro é uma pequena enciclopédia, composto por várias histórias de gatos famosos, que apesar de algumas bastante conhecidas, acabam por apaixonar todos os amantes destes felinos.

Das muitas histórias fantásticas, a que mais me atraiu, talvez porque a desconhecia completamente, foi a do gato que trabalhava numa clínica para pessoas em estado terminal ou com doenças degenerativas. Óscar é um gato tão especial que quando sentia que o paciente estava a poucas horas de vida, queria estar presente e mesmo ao lado do doente. Quase como que uma espécie de vidente, quando Óscar se acercava do doente, toda a comunidade médica já sabia que aquele paciente estava prestes a morrer.

A minha infância e adolescência sempre foram povoadas e tiveram a companhia de cães, mas desde que tive o primeiro gato, que acabou por ficar com os meus pais quando saí de casa, que me apaixonei por estes felinos que, apesar de independentes, se mostram fiéis e amigos do seu companheiro humano.

A Betinha está sempre presente nos bons momentos da minha vida familiar e é mesmo um membro muito importante cá de casa.

A quem tem gatos ou que gosta dos mesmos leiam este livro. Vão gostar imenso.



Sem comentários: