quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Porto Editora publica nova edição de "Os Anagramas de Varsóvia", de Richard Zimler

Título: Os Anagramas de Varsóvia
Autor: Richard Zimler
Tradução: Maria Abreu
Págs.: 352
PVP: 16,60 €

No dia 10 de setembro, a Porto Editora publica uma nova edição de Os Anagramas de Varsóvia, um sombrio e emocionante romance policial de Richard Zimler que tem como epicentro o gueto judeu de Varsóvia, local onde estiveram presas milhares de pessoas, nomeadamente alguns familiares do autor.
Explorando a inevitabilidade da perda, a injustiça e a crueldade, Zimler apresenta-nos duas carismáticas e corajosas personagens que irão unir esforços para encontrar o assassino que se esconde no gueto. Os Anagramas de Varsóvia é um romance negro, escrito com mestria e destreza, que revelará a essência da Natureza humana. Está já publicado em 11 países e desde a primeira edição que tem sido muito bem recebido pelos leitores e pela crítica. Em Portugal, a crítica literária Helena Vasconcelos, do jornal Público, chegou a nomeá-lo, aquando da primeira edição do romance, como um dos livros da década de 2000.

Sinopse:
Polónia, 1940. Os nazis isolam milhares de judeus num pequeno gueto em Varsóvia. Erik Cohen, um velho psiquiatra judeu, vê-se obrigado a partilhar um pequeno apartamento com a sobrinha e o adorado sobrinho-neto de nove anos, Adam.
Certo dia, porém, Adam desaparece e o seu corpo, estranhamente mutilado, só é encontrado na manhã seguinte, no arame farpado sobre o muro que rodeia o gueto. Quando um segundo cadáver aparece em circunstâncias muito similares – desta vez o de uma rapariga judia –, Erik e o seu velho amigo Izzy tentam obter respostas, lançando-se numa investigação tão sinistra quanto perigosa. O mistério adensa-se e as dúvidas também. Serão os próprios nazis responsáveis por aquelas mortes ou estará um traidor judeu envolvido nos crimes? Neste thriller histórico comovente e arrepiante, Richard Zimler conduz o leitor aos recantos mais sombrios de Varsóvia, num périplo pela própria alma humana.

Sobre o autor:
Richard Zimler nasceu em 1956 em Roslyn Heights, um subúrbio de Nova Iorque. Fez um bacharelato em Religião Comparada na Duke University e um mestrado em Jornalismo na Stanford University. Trabalhou como jornalista durante oito anos, principalmente na região de São Francisco. Em 1990 foi viver para o Porto, onde lecionou Jornalismo, primeiro na Escola Superior de Jornalismo e depois na Universidade do Porto. Tem atualmente dupla nacionalidade, americana e portuguesa. Desde 1996, publicou onze romances, uma coletânea de contos e três livros para crianças.
A sua obra encontra-se traduzida para 23 países.


Novidade Verso da História: História Prodigiosa de Portugal: Magias & Mistérios

Os fenómenos paranormais que ajudaram a construir a identidade portuguesa
Segundo volume  de História Prodigiosa de Portugal
Disponível a 9 de setembro
Editora: Verso da História
N.º de Páginas: 384
PVP: 19.90 €

A aguardada continuação da História “alternativa” de Portugal, pelo historiador Joaquim Fernandes. Um livro repleto de prodigiosas aventuras no reino da fábula, da imaginação e da crença, que dá a conhecer alguns aspectos menos conhecidos da
História de Portugal ligados ao sobrenatural.
História Prodigiosa de Portugal - Magias & Mistérios, segundo volume de uma visita guiada aos subterrâneos do inconsciente coletivo, que dá continuidade à fantástica viagem ao imaginário onírico e mítico do Portugal contemporâneo. Agora nos séculos XIX e XX, quando os antigos feiticeiros, profetas e teúrgicos se transformam em magnetizadores, magos e sugestionadores.
As primeiras práticas do Espiritismo em Portugal, fenómeno marcante de Oitocentos, são aqui pela primera vez historiadas, com revelações inéditas que ajudam a retratar a identidade essencial da «alma portuguesa».

Sobre o autor: 
Joaquim Fernandes é especialista em História da Cultura portuguesa com teses e livros sobre o imaginário extraterrestre e professor e cofundador do centro Transdisciplinar de Estudos da Consciência (CTEC), na Universidade Fernando Pessoa do Porto.

"É, pois, de curiosidades de Magias & Mistérios, que no meu entender, o livro trata, neste gabinete de curiosidades que é Portugal. Sim, mas de um modo sério, profundo." Mário Simões, do prefácio.


Novidade Guerra & Paz: Vamos Falar de Sexo de Bernardo Mendonça e Maria João Ruela

Título: Vamos Falar de Sexo
Autor: Bernardo Mendonça e Maria João Ruela
N.º de Páginas: 230
PVP: 15,50 €
Nas livrarias a 9 de Setembro
Guerra e Paz|Clube do Livro SIC

Pela primeira vez em Portugal, dois jornalistas mergulharam na intimida­de dos portugueses e fizeram um retrato vivo, expressivo e sem tabus da vivência da sexualidade no nosso país. Mais do que a porta de casa, estes homens e mulheres abriram a porta do quarto e revelaram a Bernardo Mendonça e Maria João Ruela os desejos mais cândidos ou sórdidos, os segredos até então nunca contados, as fantasias que sonham poder con­cretizar.

Sozinhos, bem acompanhados, a dois ou a três, de todas as idades, gos­tos e preferências se faz este livro, em que cada um de nós se revê, aqui e ali, em pessoas, situações e… sensações.

São 14 testemunhos reais e são centenas de episódios descritos sem inibições. Em discurso directo, porque, afinal, a liberdade parece ter chegado também à nossa cama, Portugal.

Nada melhor do que ler este livro e «escutar» as histórias destes 14 magníficos testemunhos para perceber a riqueza e diversidade dos pensamen­tos e fantasias eróticas e a importância de uma atitude positiva sobre a sexualidade para a vivência de uma sexualidade feliz. 
Do Prefácio de Pedro Nobre 


Esfera dos Livros publica Bala Perdida de Hugo Ernano

Bala Perdida, é a história, ainda sem desfecho, de Hugo Ernano, o militar da GNR que, em Agosto de 2008, disparou acidentalmente sobre um rapaz de 13 anos levado pelo pai, um foragido da cadeia, para um roubo.

A 11 de Agosto de 2008, a vida do agente da GNR Hugo Ernano mudou para sempre. A sua consciência e sentido de dever diziam-lhe que tinha de parar a carrinha que acelerava à frente do carro-patrulha onde seguia. A alguns metros de distância, no Largo da Igreja, em Santo Antão do Tojal, havia crianças a brincar e o condutor da carrinha parecia não olhar a meios para fugir da polícia depois de ter cometido um assalto.

Hugo Ernano optou por disparar para os pneus da carrinha para a imobilizar, mas uma bala perdida ditou o seu destino ao atingir um jovem. A partir desse momento tudo mudou: foi afastado do serviço, ameaçado de morte, julgado por homicídio qualificado e condenado em primeira instância a uma pena efectiva de 9 anos de prisão bem como ao pagamento de uma indemnização de 80 mil euros aos pais da criança.

Mas como compreender a condenação de um polícia cuja actuação teve como objectivo defender os cidadãos?

Como se explica que se pague uma indemnização a um pai que levou o próprio filho para um assalto?

Será que nos podemos sentir seguros, quando um polícia é condenado por ter cumprido o seu dever e evitado uma desgraça maior?

Até que ponto um polícia pode usar a sua arma de fogo em serviço?

Estas são algumas das questões que nos colocamos ao ler este relato impressionante do guarda Hugo Ernano, que, na primeira pessoa, nos apresenta a sua visão dos factos sobre um caso que não deixa ninguém indiferente.


quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Cidade sem Alma - Ramson Riggs [Opinião]

Título: Cidade sem Alma
Autor: Ransom Riggs
Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 392
Editor: Bertrand Editora
PVP: 18,80€

Sinopse
Jacob Portman chegou ao Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares em busca de respostas para a misteriosa morte do seu avô - mas encontrou ainda mais mistérios… 
Depois de viajar no tempo até 1940, Jacob conhece as crianças peculiares - rapazes e raparigas com poderes sobrenaturais -, e a senhora Peregrine, que toma conta delas e as protege das perigosas criaturas que parecem determinadas a exterminá-las. Quando o lar é destruído e a senhora Peregrine fica em perigo, Jacob, com os seus recém-descobertos poderes, junta-se aos seus novos amigos para tentarem salvá-la. Contudo, as ruas de Londres durante a Segunda Guerra Mundial não são nada seguras para um grupo de crianças sozinhas… 
A aventura d'O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares continua em Cidade sem Alma, onde Jacob e os seus amigos têm de enfrentar desafios inimagináveis para se salvarem.

A minha opinião:
Depois de ter visto um artigo num jornal (não me lembro qual, confesso), fiquei curiosa com este "Cidade sem Alma". Sabia que este era o segundo livro de Ramson Riggs mas arrisquei lê-lo, mesmo sem ter pegado no primeiro, com a curiosidade de descobrir mais sobre estas crianças peculiares, até porque as fotografias que o artigo mostrava me aguçaram a curiosidade. As fotografias estranhas, quer de crianças, quer de objectos, quer de adultos, sempre se suscitaram interesse, e sempre pesquisei sobre estas pessoas peculiares, que sempre foram exploradas e serviram, muitas delas, como atração em circos.

A história de várias pessoas e das suas particularidades foi bem retratada por Irving Wallace no livro "O Maior Espectáculo do Mundo" onde conta a história de Phineas Taylor Barnum, um notável empresário do mundo espectáculo, na América do século XIX, que reunia pessoas esquisitas como meio de atração para o seu "circo de horrores."



Levada um pouco por essa fantasia, e erroneamente, acabei por me decepcionar com a narrativa de Ramson Riggs que leva o livro mais para o campo do fantástico, da fantasia estilo Harry Potter, que não é de todo "a minha praia", levando-me a abandonar o livro ao fim de pouco mais de 130 páginas. Deixei-me entusiasmar pelas fotografias verídicias que fui vendo ao longo da história.

Gostei do facto de saber que o autor foi coleccionando as fotografias em feiras e mercados antigos, que foi criando uma história através delas, gosto da forma como o livro está construído, mas a história realmente não me cativou como tem cativado a maior parte dos leitores.

O defeito será meu de certeza em ter escolhido o género errado de leitura.



Gostava de saber a vossa opinião.



Mesmo Antes da Felicidade - Agnès Ledig [Opinião]

Título: Mesmo Antes da Felicidade 
Autor: Agnès Ledig
N.º de Páginas: 296
PVP: 15,99 €

Guerra e Paz|Clube do Livro SIC

Sinopse:
Das lágrimas ao riso, um romance que nos faz regressar à essência da vida.

Há muito que Julie deixou de sonhar. Caixa num supermercado, mãe solteira, aos 20 anos passa os seus dias num trabalho mal pago à mercê de um patrão abusador. Não tem escolha: para dar o melhor que pode ao filho de três anos, Lulu, que é a luz dos seus olhos, a caixa Julie encaixa tudo isto e mais, se preciso for.

Mas um dia, o seu destino cruza-se com o de Paul, um cliente sexagenário que fala com ela, se comove com a sua situação e lhe estende a mão. Aos seus olhos, Julie não é uma mulher invisível, um robô que debita frases e suscita indiferença ou desprezo, mas uma mulher inteira, interessante, respeitável e respeitada. É este homem que, comovido com a sua história, a convida a ela e a Lulu para se juntarem a ele e ao seu filho Jérôme na sua casa de praia, na Bretanha. Magoada e abandonada pelo pai e por todos os homens que passaram pela sua vida, Julie desconfia de tanta generosidade. Mas por Lulu, para que o seu menino veja o mar e faça castelos de areia, ela acaba por aceitar…

Será que a felicidade encontrou finalmente o caminho da vida de Julie? Ou estará o destino apenas a preparar-se para lhe puxar o tapete – outra vez?

A minha opinião:
Este livro foi uma excelente surpresa. Chegou à minha caixa de correio sem ter dado por ele antes (não tinha visto a sinopse, não tinha chegado press), e surpreendeu-me logo. Acompanhado com um barquinho de papel e com uma capa linda quis logo lê-lo. Obrigada à Guerra & Paz, mas sobretudo à Vânia pela oferta :)

Li-o, mas a opinião só chegou agora.

Não porque o livro fosse mau. Pelo contrário. O livro é emotivo, e para quem tem uma criança com a idade próxima de uma das personagens ainda mais. Toca-nos no fundo. Faz-nos pensar ainda mais.

Quando somos mães pensamos as coisas de outra forma. Vemos o mundo de uma outra maneira. Lemos sobre um outro prisma.



Todos nós temos como rotina ir ao supermercado e quem repara na rapariga da caixa? O que é certo é que Paul, um sexagenário, acaba por reparar em Julie, uma jovem de 20 anos, que no seu posto de trabalho, atende cliente a cliente como uma máquina esperando que chegue ao fim o seu dia de trabalho, para poder estar com o seu filho de quase três anos. Ganha uma ninharia, mas esse pouco dinheiro serve para poderem subsistir. Mãe solteira, sem mais ninguém para a ajudar, vive o dia a dia, triste, com um emprego que odeia, pensando que podia ter um futuro mais risonho se pudesse ter continuado o seus estudos.

Quando Paul enceta conversa com ela, Julie pensa que ele se está a insinuar, até porque Paul podia ser pai dela, mas vê nele uma âncora, nem que seja por pouco tempo e acaba por aceitar o convite dele para almoço, e depois disso para passar férias com ele e com o seu filho, na praia...

Estas férias vão servir um pouco de terapia para cada uma das personagens, até porque cada uma delas tem um sofrimento interior. O que é certo é que o sofrimento não ficará apenas naquela casa de praia...

Aquele grupo de amigos continuará a ser posto à prova, mesmo parecendo que tudo está a compor-se.

Esta foi uma leitura magnífica e deveras surpreendente. Recomendo sem reservas.

4,5*




A estante está mais cheia #31

Sempre que sai um novo livro de Ken Follett, que vai diretamente para a minha lista de desejos. Logo que apanhei uma promoção, juntamente com um vale da wook (ficou por apenas 2,88€), Uma Fortuna Perigosa veio cá para casa e foi lido num ápice. A opinião será feita brevemente. Adorei e, apesar de se passar no século XIX, continua atual.


Arquipélago de Joel Neto foi oferecido pela Marcador e será uma das próximas leituras. Depois de ter lido uma reportagem do livro na revista Sábado fiquei ainda mais curiosa e a vontade de o ler é cada vez maior.

Francisco Moita Flores é também daqueles autores que gosto sempre de comprar. O Dia dos Milagres veio cá para casa no fim do mês de agosto.

20l20 Editora: "De comboio a alta velocidade, aqui estão as novidades da rentrée"

A maior surpresa para o segundo semestre de 2015 é mesmo para os leitores mais jovens, com a digressão mundial de Jeff Kinney a ter Lisboa como paragem obrigatória. Depois de ter participado na FLL em 2014, com mais de 300 crianças presentes para o conhecer, o autor da coleção infantojuvenil mais vendida em Portugal vai estar em Lisboa de 20 a 22 de novembro. Jeff Kinney vem apresentar o novo livro da série, O Diário de um Banana 10: Dantes É que Era, que chega às livrarias a 3 de novembro.

Por falar de visitas ao nosso país, Martin Pistorius será, sem dúvida, um autor que captará as atenções. Com uma história de vida absolutamente incrível, Pistorius vai estar em Portugal de 13 a 16 de outubro para apresentar o livro Quando Eu Era Invisível (Ghost Boy).

SETEMBRO

Em setembro, com a chancela Booksmile, chega às livrarias Quando Hitler Roubou o Coelho Cor-de-Rosa um clássico da literatura juvenil, em tempos publicado pela Caminho, mas esgotado há muito tempo.

Uma Bicicleta à Chuva é o 1.º volume de uma nova coleção de uma das autoras portuguesas mais queridas dos jovens leitores, Margarida Fonseca Santos. Uma coleção que aborda temáticas atuais e delicadas, como o bullying ou o divórcio. São histórias contadas pelos próprios adolescentes e jovens, que descrevem a sua experiência, os seus medos, angústias, conquistas e a forma como cada situação influencia e condiciona a sua vida.

Arranha-Céus, considerado pelo Times o melhor romance de J. G. Ballard, é uma das grandes apostas da Elsinore, a chancela literária da 20l20 Editora. Para 2016 está prevista a publicação de mais dois livros do conhecido autor: Crash e Kingdom Come.

Da Nascente, o destaque vai para Quando Eu Era Invisível, de Martin Pistorius. Este livro conta a história de Martin que, aos 12 anos, adoeceu gravemente, entrando em estado vegetativo.
Recuperaria a consciência lentamente, porém, a sua mente estava encurralada dentro de um corpo inútil, imóvel e mudo — padecia da síndrome de encarceramento, no qual uma pessoa está presa dentro do próprio corpo. Martin sentia-se invisível, suportando o seu segredo como uma testemunha silenciosa do mundo que o rodeava, vendo a vida passar numa sucessão de dias idênticos. Depois de 12 anos de encarceramento, Martin conheceu uma terapeuta que viu para além do corpo preso a uma cadeira de rodas, reconhecendo sinais de um ser humano na plena posse das suas faculdades mentais. Este foi apenas o princípio de um extraordinário renascimento e o primeiro impulso para que Martin despertasse, gradualmente, para a vida.
Êxito de vendas em todo o mundo, traduzido para mais de 25 idiomas, o testemunho de Martin Pistorius, que hoje comunica através de um computador, é uma lição de vida e um hino à força interior e à coragem. Martin Pistorius estará em Portugal para nos contar a sua história de 13 a 16 de outubro

Da Vogais chegam aos escaparates títulos atuais e polémicos: Portugueses nos Campos de Concentração Nazis, de Patrícia Carvalho; Alerta Vermelho: Corrupção, Crime e Violência na Rússia do Século xxi, de Bill Browder; e A História Não Contada dos Estados Unidos, de Oliver Stone e Peter Kuznick.

Partindo de uma investigação publicada em 2014 pelo jornal Público, vencedora de vários prémios, Patrícia Carvalho conta a história dos portugueses que, apesar de naturais de um país neutral, tiveram passagem, muitas vezes fatal, pelos infames campos disseminados pelas forças nazis.

Bill Browder foi o maior investidor estrangeiro na Rússia até 2005, quando se viu subitamente proibido de entrar no país, tornando-se o inimigo público #1 de Vladimir Putin. Em Alerta Vermelho revela lado mais atroz do regime russo. Fraude, corrupção, chantagem, perseguição, extorsão e tortura são termos que surgem recorrentemente neste livro corajoso, explosivo e revelador, que denuncia os segredos mais obscuros do poder na Rússia contemporânea.

Em A História Não Contada dos Estados Unidos, o premiado realizador Oliver Stone juntou-se ao historiador Peter Kuznick para escrever a história política dos Estados Unidos no século xx, num texto que questiona o discurso oficial desta superpotência — centrando-se nos erros, pois as grandes conquistas são naturalmente glorificadas — e desmistifica a no­ção corrente segundo a qual este país foi sempre uma força em prol do bem no mundo.

Na Topseller, destaque para As Lágrimas da Princesa, o segundo romance histórico de Maria João Fialho Gouveia, filha do malogrado apresentador Fialho Gouveia. Para os amantes de thrillers intensos, chegam às livrarias As Gémeas do Gelo, de S. K. Tremayne, um livro arrepiante que vem sendo comparado ao título de Paula Hawkins, A Rapariga no Comboio, e Génesis, terceiro volume de uma série que consolidou Karin Slaughter como uma das melhores autoras do género.
Ainda na Topseller, Philippa Gregory, a rainha do romance histórico, regressa com Ouro Alquimista, o sucedâneo de Filhas da Tempestade.

OUTUBRO
Em outubro, a grande novidade da Booksmile é o lançamento de um dos mais célebres e criativos autores americanos de literatura infantil: Dr. Seuss. Para 2015 estão previstos dois livros: The Cat in the Hat e What Pet Should I Get? Este último é um inédito que só muito recentemente foi lançado nos EUA, subindo diretamente ao top dos livros mais vendidos. Em 2016, a Booksmile publicará outros dois títulos de Dr. Seuss.
Ainda em outubro, José Fanha apresenta o seu mais recente projeto: De onde Vêm as Ideias?

Na Elsinore, destaque para O Primeiro Muçulmano, de Lesley Hazleton. A partir das fontes mais fiáveis da época e de uma narração que combina política, história e religião, traça-se um retrato psicológico da figura de Maomé, bem como da sua vida, reconstituindo igualmente as condições e razões que permitiram a génese de uma religião que marca os nossos dias, tantos séculos depois.

Pela Topseller chega às livrarias Peregrino, de Terry Hayes, um dos livros mais badalados de 2014 e que será finalmente publicado em Portugal. Multipremiado, e com estreia garantida nas salas de cinema – direitos comprados pela MGM, este é um thriller de espionagem com «reviravoltas na história lembram uma cobra fechada dentro de um saco. O estilo é visceral, corajoso e cinematográfico… Um livro convincente e ambicioso, escrito com habilidade e entusiasmo.» - The Times

«Peregrino é simplesmente um dos melhores romances de suspense que já li. Terry Hayes tem uma prosa forte, diálogos credíveis e uma soberba trama original que daria para três livros. Tudo isto com o toque de mestre que o autor claramente possui.» - David Baldacci

Eu, o Earl e a Tal Miúda, livro aclamado pela crítica e adaptado ao cinema — num filme premiado pelo Sundance Film Festival 2015 e com estreia agendada para 12 de novembro —, será um dos títulos que fará furor entre os leitores mais jovens, mas também entre o público adulto.

De James Patterson, o autor mais bem-sucedido em todo o mundo, com 305 milhões de livros vendidos, chega um novo livro da série que o tornou mundialmente famoso, Alex Cross (Alex Cross: Fogo Cruzado).

Na Vogais, destaque para Educação Sexual para Adultos, livro de Carmo Gê Pereira, terapeuta sexual e mestre em estudos femininos. Esta é uma obra arrojada e sem pudores sobre educação e aconselhamento sexual, direcionada para o público feminino, e que promete dar que falar.

A Vogais junta-se, ainda, ao lançamento mundial de Oceano Perdido, o novíssimo projeto de Johanna Basford, a grande pioneira dos livros de colorir para adultos, cujo Jardim Secreto está há vários meses consecutivos nos tops em todo o mundo, incluindo o português.

NOVEMBRO

A 3 de novembro a Booksmile publica O Diário de um Banana 10: Dantes É que Era, certamente um dos livros deste Natal. Em 2014, O Diário de um Banana 9 foi mesmo o 2.º título mais vendido, atrás da novidade de José Rodrigues dos Santos.

Na Topseller, M. J. Arlidge e a sua heroína, a detetive Helen Grace, estão de volta com mais um thriller macabro e de leitura imparável: A Casa das Bonecas. Às livrarias chega, ainda, The Revised Fundamentals of Caregiving. Aclamado pela crítica e considerado um dos livros do ano por diversas publicações, narra a história cativante, comovente e com sentido de humor agridoce sobre um homem que perdeu tudo (a mulher, a família, a casa, a alegria de viver) e se dedica a ajudar um rapaz de 19 anos que sofre de distrofia muscular e se desloca numa cadeira de rodas.

Uma Rapariga é uma Coisa Inacabada, de Eimear McBride, considerada a grande revelação de língua inglesa da última década, é destaque em novembro na Elsinore: um livro elogiadíssimo por, entre outros críticos, James Wood e Ron Charles. Publicado numa pequena editora inglesa após nove anos de recusa de muitos outros editores devido à exigência do texto, Uma Rapariga é uma Coisa Inacabada rapidamente ganhou vários dos mais importantes prémios literários do Reino Unido e da Irlanda. Escrito «num estilo de fluxo de consciência que reflecte a psique fragmentada e perturbada do narrador» (The Washington Post), este texto é «um clássico instantâneo» (The Guardian), «tremendamente desafiante» (The New Yorker), que «sujeita a linguagem externa que o mundo espera de nós às sintaxes internas naturais aos nossos pensamentos» (The New York Times).


terça-feira, 1 de setembro de 2015

Eça de Queiroz na rentrée literária da Guerra e Paz

A casa que os Maias vieram habitar em Lisboa, no Outono de 1875, era conhecida na vizinhança da Rua de S. Francisco de Paula, e em todo o bairro das Janelas Verdes, pela casa do Ramalhete…

Este é, provavelmente, o arranque mais conhecido e reconhecido de qualquer romance português. A partir de 23 de Setembro, essa entrada e esse romance passam também a constar do catálogo da Guerra e Paz Editores. Os Maias, a mais importante obra de Eça de Queiroz, é primeiro livro de uma nova colecção de clássicos da Literatura que a Guerra e Paz se orgulha de inaugurar nesta rentrée literária.

A edição apresenta uma nova fixação do texto, da responsabilidade de Helder Guégués, actualizando o texto do romance segundo os mais rigorosos critérios ortográficos e tipográficos. Esta nova aposta da Guerra e Paz está ainda enriquecida com posfácio do bisneto de Eça, António Eça de Queiroz:

«A meu ver, em Os Maias, o seu autor consegue a façanha de construir um espantoso edifício literário e, em simultâneo, um mecanismo de sublimação do seu maior drama existencial. Estes são os meus Maias


Com capa de Ilídio Vasco, a obra faz parte do Plano Nacional de Leitura e inclui alguns preciosos auxiliares para o leitor: uma árvore geneológica da "família Maia", uma caracterização das principais personagens, a lista das personagens secundárias, e um descritivo dos principais locais em que se desenrola a acção.


Novidades Planeta para setembro

FICÇÃO
Título: A Iniciação - A Vingança 2
Autor: Malenka Ramos
N.º de Pàginas: 384

PVP: 18,85 €

Uma história de vingança, que explora o sexo alternativo e o lado possessivo de um homem.
Quer saber o que está além de uma iniciação?
Descobrir as regras dos seus jogos de dor?

Se é assim, entre no palácio do delírio e seja bem-vindo à Quimera.
Neste segundo livro, Dominic continua a seguir o seu plano de vingança, embora não consiga deixar de amar Samara. Esta está entre dois mundos, por um lado sente o amor de Dominic, por outro o estranho mundo da Quimera divide-a.
Com Dominic, Samara conheceu uma vida que nada tem a ver com a realidade e uma família que se rege pelas suas próprias regras, pelas suas parafilias e por uma sexualidade atrevida e pouco compassiva.
Ainda que Samara passe os dias com rasgos de normalidade, a Quimera alberga a história de pessoas más, com as suas inquietações e demónios, que depressa farão parte do seu dia-a-dia.
A mansão demonstrará uma vez mais que tudo à sua volta está fundido com finos fios de um destino que todos têm de designar para um fim, enquanto Dominic, o homem que mais dor lhe causou e o que mais amor lhe deu, continuará a demonstrar-lhe o seu controlo absoluto e de tudo o que a rodeia.

Sobre a autora
A autora nasceu nas Astúrias em 1978 e a sua paixão pela literatura foi herdada do pai, que esteve sempre rodeado pela sua biblioteca particular. Um dos primeiros livros que leu com dez anos foi A Ilíada, e a partir daí os clássicos tornaram-se a sua paixão.
Escritora em fóruns de narrativas e contos criou a trilogia Vingança por uma simples aposta, a de escrever textos pertencentes a um género tão difícil como apaixonante: o romântico-erótico. E diz difícil porque, afinal, acabou por se tornar num trabalho de seis anos, feito à base de narrativas que tiveram um milhão de leitores na Internet.

Título: Mulheres que Correm 
Autor: Cristina Mitre
N.º de Páginas: 232
PVP: 15,50 €
Disponível a partir de 2 de Setembro

Todos os conselhos práticos para runners, sejam iniciadas ou as que já treinam para a maratona, pela criadora do movimento mulheres que Correm e directora da revista Women’s Health.

«Correr ajudou-me a viver sem medo. Com os ténis calçados sentes-te poderosa!» Cristina Mitre

O que aconteceria se um dia uma mulher convidasse todas as mulheres da sua cidade a correrem com ela?
Foi isso que perguntou a si própria a jornalista espanhola Cristina Mitre, antes de acabar por liderar o movimento solidário Mulheres que Correm, do qual fazem parte hoje mais de dez mil pessoas.
Runner apaixonada, Cristina Mitre oferece aqui os conselhos para começar a correr e para superar uma competição, partilha connosco informação para escolha do equipamento e dos produtos de beleza apropriados.
Incentiva-nos com música de fundo e o agradável sabor das corridas em grupo. Orienta-nos com métodos de treino e exercícios de alongamento e de força.
Alimenta-nos com receitas saudáveis e motiva-nos com os benefícios físicos e psicológicos que o running proporciona às mulheres.
Ajuda-nos a organizarmo-nos com esse grande problema das mulheres de hoje: conciliar.
Inspira-nos com o relato de outras corredoras e ilumina-nos com o espírito solidário do movimento Mulheres que Correm.
Um livro especificamente pensado para mulheres que correm ou querem iniciar-se no running, que já vai na 6.ª edição em Espanha.

O movimento Mulheres que Correm – que deu origem ao livro – tem um cariz solidário: recolhe fundos para a investigação da leucemia infantil e é um sucesso nas redes sociais.

Sobre a autora
Cristina Mitre, licenciada em Jornalismo pela Universidade de Navarra, é directora da revista Women’s Health para Portugal e Espanha. Especializada em comunicação de moda e beleza, foi editora de beleza da revista InStyle e directora de beleza da revista Elle Espanha. Runner e bloguer (blogs.womenshealth.es/thebeautymail), com intensa actividade nas redes sociais, lidera o primeiro movimento  social 2.0 de running feminino, Mujeres que Corren (www.mulheresquecorrem.com)
Além de escrever, adora dançar, ouvir música, representar e viajar e ainda espera viver muitas coisas para contá-las através da escrita.






Livros do Brasil publica pela primeira vez A Aldeia, de William Faulkner, e lança uma nova edição de O Processo, de Franz Kafka

No dia 3 de setembro, a Livros do Brasil publica A Aldeia, de William Faulkner, o primeiro romance da trilogia sobre a ardilosa família Snopes, que até hoje nunca foi publicada na sua totalidade em Portugal. Os volumes seguintes, A Cidade e A Mansão, serão lançados já no próximo ano. A Aldeia foi considerado pela crítica como um marco na obra do autor e revela a sua capacidade excecional para narrar com humor episódios assustadores.
No mesmo dia, chega também às livrarias uma nova edição de O Processo, provavelmente o romance mais famoso de Franz Kafka, cuja primeira edição ocorreu há precisamente 90 anos. A tradução é de Álvaro Gonçalves, a primeira em Portugal a ser feita a partir da versão alemã baseada no manuscrito original de Kafka, que anula as alterações introduzidas pelo amigo e testamenteiro do autor, Max Brod.

Título: A Aldeia
Autor: William Faulkner
Tradução: Jorge Sampaio
N.º de Páginas: 368
PVP: 16,60 €

Jody Varner, filho do grande proprietário do Velho Domínio do Francês, está a cortar corda no armazém quando vê chegar um homem baixo, de chapéu de abas largas e casaco demasiado grande.
«O meu nome é Snopes. Ouvi dizer que tem uma quinta para alugar.»
Sobre os Snopes correm histórias de um passado sombrio, com indícios criminosos que à primeira vista os tornam vítimas fáceis em jogos de poder. Mas rapidamente a enigmática família de jornaleiros dá provas de que a sua presença naquela aldeia do sul dos Estados Unidos será tudo menos passiva. Numa sucessão de incidentes assustadores contados com humor retorcido, A Aldeia marca o arranque da trilogia construída por William Faulkner em torno da família Snopes. Um romance surpreendente e um empolgante predecessor de A Cidade, o segundo momento da saga.

Sobre o autor:
William Faulkner nasceu a 25 de setembro d e 1897 em New Albany, Mississípi. A decadência do sul dos Estados Unidos da América, onde sempre viveu, está no centro de grande parte dos seus romances, entre os quais se destacam O Som e a Fúria (1929), Luz em Agosto (1932) e Absalão, Absalão! (1936). Distinguido com o Prémio Nobel da Literatura em 1949, recebeu por duas vezes o Prémio Pulitzer de Ficção, com A Fábula (1954) e Os Ratoneiros (1962). Autor central da literatura norte-americana e um dos maiores escritores do século xx, morreu a 6 de julho de 1962.

Título: O Processo
Autor: Franz Kafka
Tradução e Prefácio: Álvaro Gonçalves
N.º de Páginas: 256
PVP: 15,50 €

Um belo dia, Josef K., um bem-sucedido gerente bancário, é subitamente preso no seu próprio quarto, sem saber porquê nem por quem. Vê-se então envolvido num labiríntico e absurdo processo que decorre secretamente em obscuras secretarias instaladas em sótãos, conduzido por juízes menores que têm a mera incumbência de o inquirir. Concebido em 1914, o romance O Processo constitui para Kafka a forma ideal para expressar a fragmentação do mundo e da realidade em que vive o homem moderno.

Sobre o autor:
Franz Kafka nasceu em 1883, em Praga, numa família da pequena burguesia judia de expressão alemã. Tendo concluído os estudos jurídicos com o título de Doutor em Direito em 1906, começou no ano seguinte a escrever os seus primeiros contos, revelados em revistas literárias. A Metamorfose, novela que viria a afirmar-se como uma das suas obras de referência, foi publicada em 1915. Publicou em vida apenas sete pequenos livros, três deles antologias de textos e contos.
A 3 de junho de 1924, não resistindo à tuberculose que havia contraído em 1917, morreu num sanatório em Kierling, a poucos quilómetros de Viena, deixando três romances fragmentários que seriam publicados postumamente pelo seu amigo e testamenteiro Max Brod: O Processo (1925), O Castelo (1926) e América (1927). A sua obra, centrada no homem solitário moderno, refém de uma vida absurda, tornar-se-ia uma das mais influentes do mundo literário do século xx.




segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Fernando Fernandes publica Paititi - O último segredo dos Incas


Título: Paititi - O último segredo dos Incas
Autor: Fernando Fernandes
Edição/reimpressão:2015
Páginas: 414
Editor: Edições Vieira da Silva

Sinopse:
1628

Dois meses após a captura da incalculável Frota da Prata pelos Holandeses em Havana, Filipe IV de Espanha e Portugal, ao receber a notícia, refugia-se durante três dias na biblioteca do seu palácio. Por um mero acaso, descobre uns papéis catalogados como secretos por um dos seus antecessores. Aprofundando a leitura dos mesmos, verifica tratar-se de, entre muitas coisas ligadas à vida pessoal, uma espantosa confissão do famoso humanista frei Bartolomeu de Las Casas. No leito da morte, o clérigo confessa ao seu escriba o facto de ter visto, com os próprios olhos, a lendária cidade perdida dos Incas: Paititi. Sem demoras, o monarca espanhol envia ao Novo Mundo, mais concretamente a Chiapas, o capitão Garmendia Gutierrez, com o objectivo de descobrir o máximo de informações e, se possível, a localização da cidade. Mas numa época de intrigas e, principalmente, de espiões, a informação chega com celeridade a alguém que a recebe com tremendo desagrado: o Papa Urbano VIII. Resta-lhe agir de imediato, fazendo uso da sociedade secreta criada para o efeito, a Imperatoris Custodes (Guardiães do Imperador), dado que um dos segredos mais bem guardados da Igreja vai ser vasculhado por Espanha. A (há muito) conhecida localização de Paititi por parte de Roma, e não só...

Sobre o autor:
Natural de Viana do Castelo, o gosto pela escrita surgiu há pouco mais de oito anos: Paititi, surgiu depois de dois anos de pesquisa e para o autor "valeu a pena."

Páginas:



Novidades Planeta para o 2.º semestre de 2015

ROMANCE

A Maldição do Rei, de Philippa Gregory
Nas livrarias: Setembro
Este é o sexto volume da série histórica A Guerra dos Primos, magistralmente escrita por Philippa Gregory. Um drama de família que é narrada sempre do ponto de vista das mulheres da família envolvidas nesta época sangrenta da história de Inglaterra.

A Minha Cor Preferida é Ver-te, de Pilar Eyre
Nas livrarias: Outubro
O romance finalista do Prémio Planeta 2014 da conhecida autora e jornalista espanhola. Um livro autobiográfico, em que Pilar Eyre conta a história de uma mulher madura que se apaixona por um homem mais novo e que leva ao limite a sua paixão, pondo a nu as suas inseguranças, fragilidades e emoções.

Saudade, de Linda Holeman
Nas livrarias: Outubro
Da mesma autora de O Pássaro de Caxemira, uma fascinante história de perda, romance e traição passada no Portugal do século XVIII. Neste romance há feitiços e curas, muitas garrafas de vinho provadas e bebidas, diamantes extraídos e depredações coloniais no Brasil, padres venais, maridos traidores e filhos ilegítimos, o horrendo terramoto que quase destruiu Lisboa e, uma história de amor.

O Misterioso Senhor G, de Daniel Sánchez Pardos
Nas livrarias: Outubro
O romance deste autor espanhol, que tem como pano de fundo Barcelona do século XIX, durante a restauração dos Bourbon e o regresso do rei Afonso do exílio, e Gaudí, enquanto jovem, como protagonista, que se vê envolvido numa trama e segredos letais que marcarão a sua vida para sempre. A recriação da sociedade, assim como os costumes da burguesia, partidos, teatros, arte, o papel da mulher, o planeamento urbano, o ocultismo, a tecnologia moderna estão descritos de uma forma pormenorizada.

A Mão Esquerda de Deus (reedição), de Pedro Almeida Vieira
Nas livrarias: Outubro
Reedição do romance de Pedro Almeida Vieira em torno da mítica figura do burlão andaluz Alonso Pérez de Saavedra, que terá estado, no século XVI, no reinado de D. João III, na origem da Inquisição em Portugal, fazendo-se passar por núncio ao serviço da Santa Sé. É uma história que retrata um período de grandes convulsões sociais e religiosas, questionando também a conduta da Igreja e de Deus perante a Inquisição, uma das páginas mais negras da nossa História.

ROMANCE ERÓTICO
Deixa-te Levar, de Megan Maxwell
Nas livrarias: Outubro
Da mesma autora das séries de grande sucesso Pede-me o que quiseres e Adivinha quem Sou, chega um novo romance, fiel ao seu estilo que seduziu os leitores portugueses, e com personagens fortes, algumas que faziam parte do elenco da série Adivinha Quem Sou.
A Vingança – Iniciação + Sem Compaixão, Malenka Ramos
Nas livrarias: Setembro e Outubro
Os dois últimos livros da série erótica mais arrojada de sempre. Dura, polémica e cruel a trilogia A Vingança é desconcertante e roça o proibido.

FANTÁSTICO
O Rapaz que Falava com os Corvos, de Jacob Grey
Nas livrarias: Outubro
Uma história diferente, dirigida aos leitores que gostam de um argumento mais obscuro, baseada em animais que podem comunicar com os humanos e, se alguém tiver herdado essa capacidade pode ter acesso a um mundo diferente e mágico.

Magisterium 2, de Cassandra Clare e Holly Black
Nas livrarias: Novembro
O segundo livro da saga regressa com mais uma aventura do jovem aprendiz de feiticeiro que prende magia numa escola muito especial: o Magisterium.

Danças na Floresta (reedição), de Juliet Marillier
Nas livrarias: Novembro
Mais um grande livro desta autora best-seller, reeditado pela Planeta. A história de cinco irmãs intrépidas, em luta com quatro criaturas sinistras, três misteriosos presentes mágicos, dois amantes proibidos e um sapo enfeitiçado.

NÃO FICÇÃO
A Mulher com Sete Nomes, de Hyeonseo Lee
Nas livrarias: Setembro
A história real e emocionante contada na primeira pessoa por Hyeonseo Lee, uma norte-coreana, que aos 17 anos fugiu do seu país quando descobriu as atrocidades que a rodeavam desde que nasceu. “Sair da Coreia do Norte não é como sair de outro país qualquer. É como sair de um universo para outro”, é um dos excertos presente neste livro, cujo título se deve às várias mudanças de identidade da jovem para permanecer clandestina. Actualmente é uma defensora dos direitos humanos, e vive na Coreia do Sul.

Eu fui a Espia que Amou o Comandante, de Marita Lorenz
Nas livrarias: Outubro
Marita Lorenz, uma alemã actualmente com 75 anos, revela neste livro a sua história de vida, que começou com o seu encarceramento num campo de concentração aos 5 anos. Aos 19 foi amante de Fidel Castro, de quem ficou grávida, mas foi forçada a abortar. Como agente da CIA, foi a responsável pela tentativa de assassinato do histórico líder cubano. Marita foi amante do ditador venezuelano
Marcos Pérez Jiménez de quem teve uma filha, foi party girl da máfia nova-iorquina e informadora da polícia. Actualmente vive em Baltimore, nos EUA.

Pares Difíceis, de Sandra Duarte Tavares & Sara Almeida Leite
Nas livrarias: Setembro
Este livro não é um dicionário, mas está organizado como um, para facilitar a consulta dos 320 pares de palavras listados. As autoras, reconhecidas especialistas da Língua Portuguesa, esclarecem as dúvidas sobre as diferenças entre pares de palavras, os parónimos da nossa língua.

Mulheres que Correm, de Cristina Mitre
Nas livrarias: Setembro
Já com seis edições em Espanha, este livro é escrito por uma jornalista e runner convicta dos benefícios que a corrida proporciona às mulheres. A espanhola Cristina Mitre conta neste livro a sua experiência como corredora, inspira-nos com o relato de outras corredoras, enquanto esclarece sobre temas básicos para a prática do running no feminino, uma actividade que tem cada vez mais adeptas.

Os Grandes Traidores da História de Portugal, de Sérgio Luís de Carvalho
Nas livrarias: Outubro
Do mesmo autor de Dicionário de Insultos, este livro recorda-nos a vida de muitos traidores portugueses...e uma traidora. Homens (e mulher) que, num determinado momento da nossa História, tomaram o partido dos que se opuseram à nação, ao governo ou ao rei. Por interesse, por calculismo, por lucro, por regalias, por privilégios ou meramente por uma mera lealdade antiga ou por um entranhado idealismo. Enfim, temos neste livro uma plêiade de traidores que despertarão o nosso desprezo, a nossa pena ou até a nossa solidariedade. É que isto de trair tem muito que se lhe diga…

Isto Não É Um Livro, de Kery Smith
Nas livrarias: Outubro
Novo livro da já arqui-famosa autora de Destrói Este Diário, livro que tem sido, tal como em todo o mundo, um êxito notável em Portugal. Neste novo objecto (que não é um livro!) de Keri Smith, são dados ao leitor/ utilizador desafios, horizontes, heresias e infindáveis hipóteses de criar, inventar, descobrir, desbravar, experimentar, a partir de um objecto que parece um livro....mas é afinal mil coisas!

ESPECIAL MINECRAFT
O jogo de Minecraft é um sucesso imparável, e os livros que ajudam a contornar dificuldades e a encontrar soluções para progredir nesse universo são auxiliares preciosos para todos os jogadores.
Na sequência dos anteriores, a Planeta continua a editar livros não-oficias, escritos por Mestre do jogo com truques realmente engenhosos e muito bem explicados.
Para além disso, dando um impulso ao excitante mundo onde tudo pode acontecer, inicia uma linha de ficção com aventuras passadas no universo Minecraft, para leitores de 8 a 12 anos, que complementam e enriquecem a experiência do jogo.

. Truques para Minecraft – Especial Construção
Nas livrarias: Agosto
. À Procura da Espada de Diamante
Nas livrarias: Outubro
. Truques para Minecraft – Especial Redstone
Nas livrarias: Outubro
. À Caça do Griefer
Nas livrarias: Outubro
. Truques para Minecraft – Especial Command Blocks
Nas livrarias: Novembro

ESPECIAL STAR WARS
. Guia Visual Definitivo
Nas livrarias: Setembro
. As Aventuras de Luke Skywalker
Nas livrarias: Setembro
. Episódios I – VI
Nas livrarias: Outubro
. Star Wars Rebels – o Guia Visual
Nas livrarias: Outubro
. Boa Noite Darth Vader
Nas livrarias: Outubro
Para coleccionadores e amantes da saga, mais um livro que se junta a dois outros de enorme êxito: Darth Vader e Filho e Darth Vader e a sua princesinha. O lado humano do eterno vilão da saga, é aqui explorado com muito humor.

INFANTO-JUVENIL
Guinness World of Records 2016
Nas livrarias: Outubro
Os mais espectaculares recordes do mundo, com fotos verdadeiramente surpreendentes e tecnologia 3D com mais e melhores realidades aumentadas, do livro anual mais vendido em todo o mundo. Um livro de referência que reflecte sobre o que está a acontecer à nossa volta.

A Dupla Terrível, de Jorry John e Mac Barnett
Nas livrarias: Outubro
Miles Murphy é conhecido por uma coisa, e só por uma coisa: é o maior a pregar partidas. É o melhor pregador de partidas que a escola dele já viu. Quando é forçado a mudar-se para Vale do Bocejo acha que irá ser o melhor pregador de partidas da sua nova escola. Mas há um problema. A escola já tem um pregador de partidas. E que é bom. Mesmo muito bom. Da dupla de amigos e autores de best-sellers, chega-nos uma nova série maquiavelicamente divertida sobre as dificuldades da integração, a ideia de deixar uma marca e o encontrar um amigo onde menos se espera. Depois de Diário de Um Banana, nada faz soltar mais gargalhadas aos leitores do que esta Dupla Terrível!

As Aventuras do Jovem Jules Verne (2 volumes)
Nas livrarias: Setembro e Novembro
Uma série juvenil de aventuras que tem por protagonista o famoso escritor de livros visionários quando tinha a idade dos leitores e por narrador e «autor» uma das suas personagens mais famosas - o Capitão Nemo. Quando Jules Verne se tornou escritor inspirou-se, para criar o misterioso e fascinante Capitão Nemo dos seus romances, num marinheiro que os seus amigos e ele tinham conhecido muitos anos antes, quando andavam na escola. O Capitão Nemo foi testemunha das aventuras que os jovens viveram nessa época e conservou como um tesouro as narrativas escritas destas aventuras. É graças a ele que as podemos ler hoje!

A Feiticeira das Chamas + A Feiticeira do Som
Nas livrarias: Setembro e Novembro
Mais dois volumes com emocionantes aventuras, da série Princesas do Reino da Fantasia, que já conquistou o coração de muitas jovens leitoras.

Gatos Guerreiros (vol. 5), de Erin Hunter
Nas livrarias: Outubro
Uma saga que é um best-seller internacional, com dez milhões de livros vendidos e traduzido em 23 línguas. Aqui domina o mundo são os gatos.

A Casa de Hades, de Rick Riordan
Nas livrarias: Outubro
Mais um livro da série Os Heróis do Olimpo, onde o autor faz regressar o leitor ao universo de Percy Jackson, mas com novas personagens, novos desafios e novas aventuras.

Diário Rebigodudo, de Geronimo Stilton
Nas livrarias: Outubro
Os jovens fãs do rato mais famoso do mundo podem escrever todos os seus segredos e guardá-los neste fantástico diário, que tem ainda uma oferta-surpresa.

Agatha Mistery – Especial Natal, de Sir Steve Stevenson
Nas livrarias: Novembro
A miúda detective que adora resolver mistérios vai estar de volta para resolver mais um intricado enigma nesta edição especial de Natal.