sexta-feira, 22 de julho de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidades HarperCollins para setembro

Título: Albert regressa a casa
Subtítulo:
A história, de alguma forma real, de um homem, da sua mulher e do seu caimão.
Autor: Homer Hickam
PVP: 17,70€
Data de venda: 1 de setembro de 2016
Páginas: 432
Temática: Narrativa

Argumento:
A Grande Depressão converteu o sonho americano numa tragédia amarga e é aqui que começa a épica aventura de Elsie e Homer… Uma viagem de quase dois mil quilómetros com um caimão no banco de trás e com John Steinbeck como passageiro.

Nos Estados Unidos de 1930, a Grande Depressão encurtou os horizontes e Elsie Lavender encontra-se, mais uma vez, onde começou: numa povoação mineira da Virgínia Ocidental. Resta-lhe apenas uma recordação dos dias felizes passados em Orlando: um caimão bebé chamado Albert.

Mas tudo muda no dia em que acaba a proverbial paciência do seu marido e Elsie tem de escolher entre Homer e Albert. Depois de pensar no assunto durante algum tempo, Elsie decide que só há uma coisa a fazer: levar Albert de volta para a Florida, o seu verdadeiro lar.

Assim começa uma odisseia — uma viagem como nenhuma outra — em que Elsie, Homer e Albert se deparam com tudo, desde estrelas de cinema a revolucionários, Ernest Hemingway e furacões, na sua luta para encontrar o amor, a redenção e um lugar ao qual possam chamar lar.

Do autor de best-sellers Homer Hickmam chega-nos este maravilhoso romance sobre um homem, uma mulher e o seu caimão.

Sobre o autor:
Homer Hickam (conhecido também como Homer H. Hickam, filho) é o aclamado autor de numerosos livros, entre os quais o seu romance autobiográfico Rocket Boys, adaptado ao cinema com o título Céu de Outubro. Escritor desde os seus tempos de escola, foi também mineiro, militar destacado no Vietname, instrutor de mergulho, paleontólogo e engenheiro da NASA. Atualmente divide o seu tempo entre o Alabama e as Ilhas Virgens.

Título: A salvo com o teu amor
Autor: Stephanie Laurens
Publicação: Setembro 2016
PVP: 16,65 €
Páginas: 464

Três heróis, três resgates, três casamentos...

Solicita-se o prazer da vossa companhia no casamento da menina Eliza Cynster, mas não enquanto ela não for resgatada de um sequestro ousado pelo herói mais inesperado!

Quando Eliza Cynster é sequestrada no baile de noivado da sua irmã Heather e os seus raptores a levam rumo a Edimburgo, o seu desespero e o seu empenho em escapar levam-na a recorrer ao primeiro salvador que se cruza no seu caminho e que é Jeremy Carling, um cavalheiro erudito que vive concentrado nos seus estudos.

Lutar com vilões e levar a cabo resgates são tarefas às quais Jeremy não está minimamente habituado, mas não pode abandonar uma jovem dama em apuros. Eliza e ele embarcam juntos numa frenética fuga onde os perigos espreitam e os obstáculos abundam para escapar do misterioso nobre escocês que ordenou o sequestro. Uma última confrontação no frio cume de uma montanha revelará como poderia ser a sua vida futura em comum se tiverem a coragem necessária para se agarrarem ao inesperado amor que surgiu entre eles e admitir diante do mundo inteiro o que sentem um pelo outro.

«As irmãs Cynster mandam e os leitores STEPHANIE LAURENS triunfam.» Library Journal

«Uma leitura cheia de ação, um tórrido romance histórico cheio de aventuras, cheio de mistério, amor, personagens surpreendentes, “brincadeiras” através dos campos, diálogos inteligentes, um argumento intrigante, sequestros, reviravoltas surpreendentes no argumento e amor, muito amor… Não perca este livro tão intrigante.» Romanckjunkies.com

Sobre a autora:
Stephanie Laurens uma autora consagrada na lista de best-sellers do New York Times, começou a escrever como um escape ao mundo árido da ciência, um passatempo que rapidamente se tornou uma carreira.

Os seus romances, situados na época da Regência Britânica, têm cativado leitores ao redor do mundo, tornando-a numa das autoras mais queridas e populares de romance.

A salvo nos seus braços é o seu quadragésimo quinto trabalho e o décimo sexto da sua série de best-sellers Cynster.

Os leitores podem entrar em contacto com Stephanie Laurens via e-mail: slaurens@vicnet.net.au 





«A Ordem Oculta», de Brad Thor, nas livrarias a 5 de agosto

Título: A Ordem Oculta 
Autor: Brad Thor
Género: Thriller
Tradução: Pedro Santos Gomes
N.º de páginas: 416
Data de lançamento: 05 de agosto
PVP: € 17,70

Um thriller vibrante e atual. O livro A Ordem Oculta é considerado por muitos leitores internacionais e pela imprensa de renome, como o Washington Post, uma das melhores criações de Brad Thor e agora os fãs portugueses vão poder comprová-lo em breve, pois o livro está disponível nas livrarias a partir do dia 5 de agosto.
A Ordem Oculta é um thriller para fazer acelerar os batimentos cardíacos, como referiu o próprio autor em entrevista, pois são vários os elementos que tornam este enredo verdadeiramente emocionante e repleto de ação: conspiração, política e intriga internacional, organizações secretas, e o protagonista habitual, o ex-SEAL Scot Harvath, que acompanha as histórias de Brad Thor.

«Harvath sabia que não devia questionar o Velho, ou não fosse o homem uma lenda viva no mundo da espionagem. Com mais de três décadas ao serviço da CIA, ajudara a estabelecer o núcleo antiterrorista da agência antes de se reformar e decidir fundar a sua própria empresa. Se o Velho lhe fizera saber que precisava dele com urgência, é porque precisava dele com urgência.»

«Quem achar que a única coisa a temer é o próprio medo devia conhecer Brad Thor.» - Newsweek -

Sinopse:
A organização mais secreta da América age sem prestar contas aos americanos. Escondida na sombra, fingindo pertencer ao governo norte-americano, o seu poder é incomensurável. Mas agora esta organização acabou de ficar fora de controlo, e o futuro da nação está em perigo.
Quando os cinco candidatos a liderar esta agência desaparecem, Scot Harvath, agente de contraterrorismo, é chamado a Washington para liderar a perseguição mais feroz alguma vez levada a cabo em solo americano. Mas, à medida que os candidatos vão começando a aparecer mortos, esta perseguição transforma-se num espetáculo público.
Com o seu país à beira do colapso, Harvath tem de desvendar uma rede de conspiração secular e destruir a maior ameaça que a América alguma vez enfrentou.

Sobre o autor:
Brad Thor estudou Escrita Criativa na Universidade da Califórnia do Sul e trabalhou no Programa Analítico Célula Vermelha, do Departamento de Segurança Interna. É o fundador da Thor Entertainment, uma empresa premiada que exporta conteúdos para todo o mundo. Todos os seus livros são best-sellers do New York Times. www.BradThor.com


Marcador: O Segredo do Escritor de Liz Nugent já se encontra à venda

Título: O Segredo do Escritor
Autora: Liz Nugent
Editora: Marcador
Nº de Páginas: 240
PVP: 17,50€

O atraente e carismático Oliver Ryan é a imagem do sucesso. Ele e a mulher, Alice, levam uma vida invejável de privilégio e bem-estar. Invejável até que, certa noite, depois do jantar, Oliver agride Alice com tal violência que a deixa em coma.
O próprio Oliver fica aturdido com o seu gesto. No período que se segue, enquanto todos tentam perceber o que terá motivado esse surpreendente ato de selvajaria, Oliver conta a sua história. E o mesmo fazem aqueles com quem a sua vida se cruzou ao longo de cinco décadas. A verdade é ao mesmo tempo trágica e monstruosa, uma história de vergonha, inveja, fraude e manipulação.
Só Oliver sabe o que teve de fazer para alcançar a vida que ambicionava e a que sentia ter direito. Mas nem mesmo ele está preparado para o choque que a revelação do passado lhe reserva.
O Segredo do Escritor é uma história invulgar de tensão psicológica, um retrato complexo e empolgante sobre a génese de um sociopata, na tradição de Barbara Vine e de Patricia Highsmith.

«UM THRILLER MAGISTRAL COM UMA ESTRUTURA SURPREENDENTE.» Daily mail
«UMA OBRA DE LEITURA COMPULSIVA, ESCRITA POR UMA NOVA ARTÍFICE DA TENSÃO PSICOLÓGICA.» Sunday Independent

Sobre a autora:
LIZ NUGENT trabalhou durante a quase totalidade da sua vida adulta na televisão, no teatro e no cinema irlandeses. É autora premiada de teatro televisivo e radiofónico, e escreveu diversos contos para crianças e adultos. O Segredo do Escritor é o seu primeiro romance.
Já à venda


Novidade Casa das Letras: Outlander 4 - Os Tambores de Outono

Título: Outlander 4 – Os Tambores de Outono 
Autor: Diana Gabaldon
PVP: 26,90€ 
N.º de Páginas: 1056

Os Tambores de Outono tem início na Escócia, num ancestral círculo de pedras de Craig na Dun. Ali, uma porta abre-se para um grupo restrito, podendo levá-los para o passado – ou para a sepultura. Claire Randall sobreviveu à passagem, não uma mas duas vezes.

A sua primeira viagem no tempo levou-a para os braços de Jamie Fraser, um bravo guerreiro escocês do século xviii que tinha por ela um amor que se tornou lenda – um conto trágico de paixão que teve o seu fim quando Claire voltou ao presente carregando no ventre uma filha dele. A sua segunda viagem, duas décadas depois, voltou a uni-los na América colonial.

Mas Claire deixou alguém para trás no século xx… a sua filha Brianna. Agora Brianna faz uma perturbadora descoberta que volta a levá-la para o círculo de pedras e para um aterrador salto para o desconhecido. Na busca da mãe e do pai que nunca conheceu, arrisca o seu próprio futuro ao tentar mudar a história… para salvar as suas vidas. Mas quando Brianna mergulha no desconhecido, um encontro inesperado pode amarrá-la para sempre no passado… ou levá-la para o lugar onde deveria estar, onde pertence o seu coração…

Diana Gabaldon é uma escritora americana de ascendência mexicana e inglesa. Licenciada em Zoologia, mestre em Biologia Marinha e doutorada em Ecologia, foi professora universitária durante 12 anos, mas acabou por ser a escrita a conquistá-la. Gabaldon vive em Scottsdale, Arizona, com a família e dedica-se exclusivamente a escrever a sua série de sucesso Outlander, publicada em 26 países e 23 línguas.

A série está a ser adaptada à televisão por Ronald D. Moore e encontra-se em exibição, no nosso país, no canal TV Series.


«Solteira até Sábado», de Catherine Bybee, nas livrarias no dia 5 de agosto

Título: Solteira até Sábado é o novo
Autor: Catherine Bybee
Género: Romance|
N.º de páginas: 312
Data de lançamento: 05 de agosto
PVP: € 15,50

Um romance perfeito para este verão
Catherine Bybee está de volta com um romance perfeito para este verão: Solteira até Sábado. Este é o terceiro título da autora publicado em Portugal com o selo da Bertrand Editora. Solteira até Sábado é uma história romântica, mas com um ligeiro toque de erotismo, um género literário que tem um público muito fiel e que tem vindo a conquistar cada vez mais leitores.
A loura e bonita Karen Jones é a protagonista desta história, na qual vive um casamento de conveniência para esconder o segredo do marido, Michael Gardner, – uma estrela de Hollywood – mas que acaba por se apaixonar pelo seu cunhado Zach Gardner.

«Daí a meia hora, Karen entrou em contacto com Michael. Tinha as mãos a tremer enquanto fazia a chamada, mas Gwen tinha razão. Quanto mais tempo mantivesse aquele segredo fechado dentro dela, mais difícil seria libertá-lo. Se ela contasse a Michael aquilo que sentia por Zach e ele a odiasse por isso, pelo menos tinha sido ela a dizer-lhe, em vez de ele vir a descobrir através de outra pessoa.»

«Bybee descreve situações autênticas e exprime o bom e o mau de forma excelente… mantém os leitores em máxima expetativa…» - Reading Between the Wines -

Sinopse:
Ela gostava do seu casamento falso… até se apaixonar pelo cunhado.
Karen Jones
Loura e bonita, casada com uma estrela de Hollywood, afinal é Karen quem passa os seus dias a desempenhar um papel: o de esposa feliz. Há um ano, aceitou casar com um ator para calar rumores acerca da vida privada deste. Agora, o dia do divórcio aproxima-se e há um cheque de cinco milhões de dólares à sua espera. Mas quando se prepara para sair airosamente do seu casamento falso, o cunhado lindo de morrer entra-lhe pela porta… de casa e do coração.
Zach Gardner
Moreno de olhos azuis, Zach chega para celebrar o primeiro aniversário de casamento de Michael e Karen. Está ansioso por conhecer a mulher que o irmão escondeu da família. Mas mal Zach e Karen se encontram, surge uma faísca.
Quando o casal vai visitar todo o clã dos Gardner, Karen tem de manter o segredo do marido bem escondido de todos… até de Zach, que pode muito bem ser o grande amor da sua vida.

Sobre a autora:
Catherine Bybee é autora best-seller do New York Times. Nasceu em Washington, mas mudou-se para a Califórnia depois do liceu, na esperança de vir a tornar-se atriz. Em lugar disso, licenciou-se em enfermagem e fez a sua carreira sobretudo em urgências hospitalares. Atualmente, é escritora a tempo inteiro. Vive na Califórnia com o marido e os dois filhos. www.catherinebybee.com


As Memórias do Nosso Amor de Sally Hepworth é novidade Topseller:

Título: As Memórias do Nosso Amor 
Autor: Sally Hepworth
N.º de Páginas: 320
PVP: 17,69€
Saída a 18 de julho

«Um testemunho comovente do poder incomensurável do amor, que irá agradar a fãs de Jojo Moyes, Jodi Picoult e Lisa Genova.» Library Journal

As Memórias do Nosso Amor é um livro arrebatador e impossível de esquecer sobre o poder do amor, mesmo nas circunstâncias mais difíceis.
Anna Forster tem apenas 38 anos, mas a sua mente está a degradar-se lentamente. Ela sabe que a sua família está a fazer o que acredita ser o melhor para ela, ao levá-la para Rosalind House, uma instituição de vida assistida.
Ela também sabe que há apenas um outro residente da sua idade, Luke. O que Anna não esperava é que o amor florescesse entre ela e Luke. À medida que a sua doença lhe rouba cada vez mais memórias, Anna luta para as manter, incluindo as do seu novo amor.
Eva Bennett, ao ver-se subitamente empurrada para o papel da mãe solteira, é forçada a aceitar um emprego em Rosalind House. É lá que conhece Anna e Lucas, e fica comovida pelo vínculo que o par forjou.
Mas quando um trágico incidente leva as famílias de Anna e Lucas a separá-los, Eve começa a questionar-se sobre o que estará disposta a arriscar para os ajudar.

Sobre a autora:
Sally Hepworth começou a escrever romances após o nascimento do primeiro filho. Viveu em Singapura, no Reino Unido e no Canadá. Atualmente vive em Melbourne, com o marido e os dois filhos.
Saiba mais sobre a autora em www.sallyhepworthauthor.com



A Mancha Humana, de Philip Roth, prefaciado por Clara Ferreira Alves

Chega esta semana às livrarias portuguesas o romance A Mancha Humana, de Philip Roth, com prefácio de Clara Ferreira Alves. Trata-se do quarto livro da Coleção Essencial - Livros RTP que, em edição de capa dura, será disponibilizado aos leitores pelo preço de 10 euros.

Sobre o livro:
O segredo de Coleman foi guardado durante cinquenta anos: oculto da sua mulher, dos seus quatro filhos, dos seus colegas e dos seus amigos, incluindo o escritor Nathan Zuckerman, que – após a morte suspeita de Coleman, com a amante, num desastre de automóvel – resolve compreender como é que aquele homem eminente e íntegro, apreciado como educador durante quase toda a sua vida, forjou a sua identidade e como essa vida tão cuidadosamente controlada acabou por ser deslindada.

Situado nos Estados Unidos da América dos anos 90, onde princípios morais contraditórios e divergências ideológicas são trazidos à luz do dia através da denúncia pública e de rituais de purificação, A Mancha Humana completa a eloquente trilogia de Philip Roth sobre vidas americanas do pós-guerra tão tragicamente determinadas pelo destino da nação como pela «mácula humana» que marca de modo tão indelével a natureza do homem.

«Porque A Mancha Humana é uma obra-prima […]. E é o romance mais humano, humanista, humanizado e humaníssimo que ele escreveu e que se escreveu na América nas últimas décadas.»
Clara Ferreira Alves, autora do prefácio.


Sobre o autor:
Em 1997 Philip Roth ganhou o Prémio Pulitzer com Pastoral Americana. Em 1998 recebeu a Medalha Nacional de Artes da Casa Branca e, em 2002, o mais alto galardão da Academia Americana de Artes e Letras, a Medalha de Ouro da Ficção, anteriormente atribuída a John dos Passos, William Faulkner e Saul Bellow, entre outros. Ganhou três vezes o PEN/Faulkner Award e o National Book Critics Award. Em 2005 A Conspiração
contra a América recebeu o prémio da Sociedade de historiadores Americanos pelo «excecional romance histórico sobre um tema americano, relativo a 2003-2004». Roth recebeu dois dos mais prestigiados prémios do PEN: em 2006, o PEN/Nabokov «pelo conjunto da obra de originalidade constante e artisticamente perfeita» e, em 2007, o PEN/Saul Bellow de Consagração na Ficção Americana, dado ao escritor cujo apuro ao longo de uma carreira sustentada o coloca ao mais alto nível da literatura americana.

Roth é o único escritor americano vivo a ter a obra publicada numa edição completa e definitiva pela Library of America. Em 2011 Roth recebeu o Man Booker International Prize. Foi o quarto autor a receber esta distinção.


Sobre a Coleção
A “Coleção Essencial - Livros RTP” é um projeto cultural concebido pela RTP em parceria com a LeYa e que consiste na publicação de um conjunto de obras de ficção de autores de língua portuguesa e de outras línguas. O objetivo desta iniciativa é a promoção do gosto pela leitura através da descoberta (ou redescoberta) de alguns dos autores mais relevantes do século XX, colocando à disposição do público, por um preço reduzido (10 euros) e ao ritmo de um título por mês, algumas das obras-primas da literatura contemporânea, com prefácios assinados por destacadas personalidades da cultura. A curadoria da coleção é de Zeferino Coelho, um dos mais considerados editores do mundo de língua portuguesa, editor da Caminho, integrada na LeYa.

No âmbito desta coleção está prevista a publicação de 25 livros.

Calendário de publicação (dos primeiros 12 livros):

Abril 2016
Ensaio sobre a Cegueira, José Saramago
Prefácio: Zeferino Coelho

Maio 2016
A Guerra do Fim do Mundo, Mario Vargas Llosa
Prefácio: António Mega Ferreira

Junho 2016
Jesusalém, Mia Couto
Prefácio: Miguel Real

Julho 2016
A Mancha Humana, Philip Roth
Prefácio: Clara Ferreira Alves

Agosto 2016
Capitães da Areia, Jorge Amado
Prefácio: José Carlos de Vasconcelos

Setembro 2016
As Naus, António Lobo Antunes
Prefácio: Ricardo Araújo Pereira

Outubro 2016
Cem Anos de Solidão, Gabriel García Márquez
Prefácio: Alberto Manguel

Novembro 2016
O Grande Gatsby, F. Scott Fitzgerald
Prefácio: António-Pedro Vasconcelos

Dezembro 2016
Dinossauro Excelentíssimo, José Cardoso Pires
Prefácio: Carlos Reis

Janeiro 2017
A Insustentável Leveza do Ser, Milan Kundera
Prefácio: Inês Pedrosa

Fevereiro 2017
As Cidades Invisíveis, Italo Calvino
Prefácio: Nuno Júdice

Março 2017
A Geração da Utopia, Pepetela
Prefácio: Ondjaki


Novidade Quinta Essência: Querido Mundo, como estás? de Toby Little

Título: Querido Mundo, como estás?
Autor: Toby Little
Género: Biografias/Memórias
N.º de Páginas: 280 
PVP: €15,50

Sobre o livro: 
Em junho de 2013, Toby Little, um menino de cinco anos, ia a caminho de casa depois da escola e a pensar no longo verão que tinha pela frente.
Em vez de sonhar com viagens ao estrangeiro, andara a ler um livro, Letter to New Zealand, escrito por Alison Hawes, onde a autora explica o que acontece na viagem de um envelope desde Inglaterra até ao outro lado do mundo.

Quando se aproximavam de casa, Toby perguntou à mãe se também podia escrever uma carta à Nova Zelândia. Depois de mais alguns passos, teve uma ideia ainda melhor. «Posso escrever uma carta a todos os países do mundo?»

A verdadeira história de um menino com uma grande missão.

Sobre o autor: 
Quando Toby Little tinha cinco anos decidiu escrever a uma pessoa em todos os países do mundo.Com a ajuda da mãe, Toby começou a escrever à mão e a enviar cartas para todos, desde cientistas na Antártida a batedores de caça no Chade e até ao Papa. Não só Toby alcançou o seu objetivo, mas o mundo retribuiu as suas cartas. Querido Mundo, como estás? é uma coleção das cartas mais fascinantes e ternas que ele enviou e recebeu. Mostra que o mundo é tão grande como a nossa imaginação e está cheio de potenciais amigos à espera de serem descobertos, estejamos onde estivermos.

Para mais informações, visite: http://www.writingtotheworld.com/


Novidade Bertrand: «A Gravitação do Amor», de Sara Stridsberg

Título: A gravitação do amor
Autor: Sara Stridsberg
Género: Literatura / Romance
N.º de páginas: 304
Data de lançamento: 22 de julho
PVP: € 16,60

Desde hoje, 22 de julho, «A Gravitação do Amor», da escritora sueca Sara Stridsberg, está nas livrarias portuguesas, pela Bertrand Editora.
Este romance, vencedor do Prémio Selma Lagerlöf Literary Award 2016 e do Prémio Literário da União Europeia, conta a história da aproximação de Jackie ao seu pai, Jimmie, quando este é internado num hospital psiquiátrico. Jackie começa a passar cada vez mais tempo na instituição, até ela se tornar o seu mundo.

«Ao fim do dia, saem do hospital. Quando os portões elétricos se afastam para os deixar passar, abrem a primeira garrafa, no banco traseiro, sempre champanhe que ficou a refrescar na cave durante o dia. Edvard atravessa as pontes, a caminho da cidade, e percorre as ruas de bairros de moradias adormecidos. Às vezes há uma rapariga do hospital, outras vezes é Sabina que vai no banco de trás, outras vezes é outra pessoa, frequentemente meio adormecida pelos medicamentos. Os troncos das bétulas brilham no crepúsculo, um céu de tinta com manchas de rosa e dourado, ténues nuvens dispersas, aves, um desenho tosco dos céus. Edvard tem a convicção de que é bom para os pacientes saírem de vez em quando.»

Segundo o jornal dinamarquês Politiken, «É difícil encontrar palavras para descrever a prosa de Stridsberg. Como posso dar-vos a entender, caros leitores, a maneira fantástica como as trevas e a luz se fundem tão completamente na sua escrita, sem que a sua intenção seja consolar, nem criar um mero contraste? Não consigo descrevê-lo, terão de experimentar por vós próprios, é puro êxtase.»

Sinopse:
«Quando Jimmie Darling é admitido no hospital psiquiátrico Beckomberga, nos arredores de Estocolmo, a sua filha Jackie começa a passar cada vez mais tempo na instituição, até que esta se torna todo o seu mundo quando a mãe parte numa viagem de férias.
No hospital conhecemos o médico responsável, Edvard Winterson, que às vezes leva Jimmie e outros doentes a grandes festas na cidade. «Uma noite passada fora do recinto do hospital torna-vos novamente humanos», diz ele.
Conhecemos também Inger Vogel, uma «enfermeira angélica de socas», que parece habitar um mundo entre a ordem e a devastação, bem como a doente Sabina, objeto dos desejos tanto de Jimmie como de Edvard, com as suas contas coloridas e a sua obsessão com a liberdade e a morte.
A Gravitação do Amor, um livro de uma beleza arrasadora, explora o amor de Jackie por Jim e o modo como tenta aproximar-se dele, tanto em criança como em adulta e já mãe, tendo sempre como pano de fundo Beckomberga, na sua dimensão quase mítica de anjo punidor e redentor de espíritos atormentados.»

Sobre a autora:
Nascida em 1972, é uma das mais aclamadas escritoras e dramaturgas suecas, vencedora de diversos prémios e distinções literárias. Em 2016 foi eleita para a Academia Sueca, a entidade que atribui o Prémio Nobel. Vive em Estocolmo.



Novidade Topseller: Ama-me outra vez de Jill Shalvis

Título: Ama-me outra Vez 
Autor: Jill Shalvis
N.º de Páginas: 320
PVP: 17,69€
Saída a 18 de julho

«Jill Shalvis sabe exatamente o que as leitoras pretendem… Os disparates e os defeitos são hilariantes, o sofrimento é verosímil, e as faíscas voam neste romance sólido e irreverente.»
Publishers Weekly

«Cinco estrelas! O primeiro livro da série Cedar Ridge é perfeito! Esta autora conhece o romance de perto, e as leitoras podem sempre esperar livros recheados de humor e sensualidade.» RT Book Reviews

E se, ao fim de 10 anos, reencontrasse o homem que lhe partiu o coração?
Lily Danville acaba de regressar a Cedar Ridge, uma pequena cidade nas Montanhas Rochosas, no Colorado.
Ninguém sabe por que motivo ela está de regresso à cidade onde cresceu, tanto tempo depois de partir sem qualquer aviso. E Lily está determinada a ficar por pouco tempo, pois não quer reabrir feridas antigas.
Mas o seu primeiro encontro é precisamente com a pessoa que mais queria evitar: Aidan Kincaid, bombeiro, voluntário na equipa de Buscas & Resgates e quebra-corações. E se, quando era adolescente, Lily não conseguia resistir àquele sorriso sedutor…
Lily tenta lutar contra as recordações que a sua terra natal lhe traz, mas acaba por se deixar encantar pelo feitiço das montanhas do Colorado… e do único homem que nunca conseguiu esquecer.
Perfeito para fãs de Jill Mansell, Debbie Macomber e Nora Roberts, Ama-me outra Vez vai conquistá-la com o humor, romantismo e sensualidade que caraterizam a obra de Jill Shalvis.

Sobre a autora:
Autora norte-americana bestseller do New York Times e do USA Today, já publicou dezenas de livros e foi vencedora por duas vezes do Prémio RITA de Melhor Romance Feminino.
Vive na Califórnia com o marido e os três filhos.
Saiba mais sobre a autora em www.jillshalvis.com



quarta-feira, 20 de julho de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Passatempo Viver depois de ti

No próximo dia 11 de agosto estreia nos cinemas Viver depois de ti, adaptação do romance homónimo de Jojo Moyes.

Nesse sentido, o blogue Marcador de Livros, em conjunto com a Porto Editora tem para oferecer, em passatempo, um exemplar de Viver depois de ti, de Jojo Moyes

Mais informações sobre o livro aqui
E a minha opinião sobre o mesmo aqui


«A Canção de Susannah» chega às livrarias dia 22 de julho

Título: A Canção de Susannah
Autor: Stephen King
Género: Literatura Fantástica
N.º de páginas: 416
Data de lançamento: 22 de julho
PVP: € 18,80

Os fãs da série A Torre Negra, de Stephen King, vão poder continuar a vibrar com as aventuras de Roland Deschain, o protagonista desta saga que é considerada a obra mais visionária do escritor norte-americano. A Canção de Susannah chega às livrarias no dia 22 de julho, sendo o sexto volume desta série de fantasia.
A série já está a ser adaptada ao cinema, com o ator Idris Elba – conhecido pelo seu papel na série de televisão Luther – no papel do pistoleiro Roland Deschain. A Torre Negra é comparada por muitos à trilogia O Senhor dos Anéis devido ao elemento fantasia. Porém, esta série combina ainda motivos western e ficção científica.

«O pistoleiro deixou que ele desse uma última sacudidela para ajeitar o manto negro e começou a fazer a sua pergunta, mas percebeu que não era preciso. Quarenta ou cinquenta metros à frente, do lado direito da estrada, havia um amplo monte de espigas de milho desenraizadas, onde no dia anterior não havia monte nenhum. Era uma pira funerária, percebeu Roland, construída sem qualquer respeito.»

«Um misto hipnótico de suspense e sentimento. Uma história rica de demónios, monstros, fugas por um triz e portas mágicas.» - New York Times Book Review -

Sinopse:
Na sua viagem em direção à torre, Roland e o seu ka-tet enfrentam adversidades sem fim: Susannah Dean foi levada por um demónio elemental e usa a Treze Negra para ir para Nova Iorque. Mas quem é o pai da criança? E que papel desempenha o Rei Rubro nesta história? Roland envia Jake para tentar desviar Susannah do seu terrível destino, ao passo que ele próprio se dirige ao Maine para conversar com um certo Stephen King, autor de ‘Salem’s Lot: A Hora do Vampiro.
Um livro surpreendente que deixará os leitores desesperados pelo capítulo final desta série…

Sobre o autor:
Stephen King é um dos mais populares autores contemporâneos. Escreveu mais de quarenta livros, incluindo Carrie, A História de Lisey e Cell, Chamada para a Morte. Recebeu diversos prémios literários ao longo da sua carreira, incluindo o Bram Stoker Award, o World Fantasy Award, o Nebula Award e o prestigiado National Book Award. Conta hoje com mais de trezentos milhões de exemplares vendidos em cerca de trinta e cinco países. Números e um currículo impressionantes a fazerem jus ao seu estatuto de escritor mais bem pago do mundo.
www.stephenking.com


Nova edição do livro «Mulherzinhas» disponível a 22 de julho, pela Bertrand Editora

Título: Mulherzinhas
Autor: Louisa May Alcott
Género: Infantojuvenil / Juvenil
N.º de páginas: 400
Data de lançamento: 22 de julho
PVP: € 9,90

A Bertrand Editora lança, pela primeira vez, «Mulherzinhas», de Louisa May Alcott. Traduzido por Maria da Graça Moura Brás, este grande clássico da literatura juvenil chega às livrarias portuguesas no próximo dia 22 de julho.
Publicado originalmente em 1868, este livro que se mantém intemporal e que continua a permanecer como uma das leituras preferenciais entre jovens, conta com personagens marcantes e com um enredo distinguido pela união familiar e o amor.
«Como as raparigas eram demasiado jovens para irem ao teatro com frequência, e não tinham posses para espectáculos em casa, puseram em prática a sua esperteza e – uma vez que a necessidades é a mãe da invenção – fizeram tudo o que precisavam. Algumas das suas produções eram deveras engenhosas: guitarras feitas de papelão, candeeiros a óleo antigos feitos de manteigueiras já fora de moda forradas com papel prateado, trajes pomposos feitos de algodão usado e adornados com tirinhas de lata de conversa dos picles para lhes dar brilho, e armaduras cobertas de pedaços desse mesmo metal em forma de diamante, que sobravam do corte das tampas dos frascos de compota. A mobília já estava habituada a ser virada do avesso devido ao número de vezes que a grande sala se tornava palco de folias inocentes.»
«Mulherzinhas» acompanha a história de quatro irmãs, Jo, Meg, Amy e Beth, num cenário de pobreza e austeridade, depois de verem o seu pai partir para a guerra.

Sinopse:
As irmãs Meg, Jo, Beth e Amy passam por um período difícil depois de verem o pai partir para a guerra e de se confrontarem com problemas económicos inesperados. No entanto, a união familiar e o espírito lutador que conseguem manter juntamente com a mãe ajudam-nas a ultrapassar todas as dificuldades. Quer em casa quer nas relações com os amigos e vizinhos, conseguem surpreender e continuar a ser fiéis aos seus sonhos, vivendo todos os dias com esperança e boa disposição.
Um livro que nos dá o retrato de uma família de classe média americana do seu tempo, sublinhando os seus principais valores morais, e em que o amor e a coragem se revelam mais fortes do que todas as dificuldades.

Sobre a autora:
Louisa May Alcott é uma autora norte-americana que sonhava ser atriz mas que acabou por se tornar uma figura incontornável no panorama da literatura juvenil. Criada com a família na Nova Inglaterra, cresceu rodeada de reconhecidos intelectuais, tais como Nathaniel Hawthorne e Henry David Thoreau, amigos do seu pai, que era filósofo e professor. Além da sua notoriedade como escritora, tornou-se muito popular pelas posições que assumiu em defesa da abolição da escravatura e do direito de voto para as mulheres.





terça-feira, 19 de julho de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

A Casa da Morte - James Patterson e David Ellis [Opinião]

Título: A Casa da Morte
Autor: James Patterson e David Ellis
Editor: Topseller
N.º de Páginas: 416

Sinopse:
Uma casa com vista para o mar e um segredo mortal que teima em não ficar enterrado

O n.º 7 da Ocean Drive é uma propriedade multimilionária nos Hamptons, com vista para o mar, onde o dinheiro e o estatuto social não conhecem limites. Mas a sua fachada em magnífico estilo gótico esconde um passado terrível: a casa foi palco de uma série de homicídios sádicos e brutais que nunca foram resolvidos. Conhecida como «A Casa da Morte», encontra-se agora abandonada, e os habitantes locais preferem passar à distância. Um casal assassinado e segredos chocantes revelados.
Quando um homem influente e poderoso e a sua amante são encontrados mortos naquela propriedade, a violência do local do crime choca a detetive Jenna Murphy. E o que a princípio parece ser um caso simples acaba por revelar tantos segredos chocantes como a própria Casa da Morte.
Só há uma escolha possível: a verdade ou a morte
À medida que mais cadáveres vão surgindo, Jenna descobre que os segredos que a Casa da Morte encerra remontam ao seu próprio passado. E antes que a fatídica casa faça mais uma vítima, a detetive percebe que terá de arriscar a própria vida para descobrir a verdade. A Casa da Morte é um thriller arrepiante e de leitura compulsiva sobre homicídio e vingança, que não vai deixar o leitor indiferente.

A minha opinião: 
A parceria com David Ellis veio trazer um outro tipo de leitura aos já milhões de leitores de James Patterson. Mais mistério, mais sangue, não esquecendo a investigação policial, característica dos romances do autor norte-americano. Se já tinha ficado fã do livro Invisível, da dupla, este consolidou o que sentia pela escrita a duas mãos.

Com capítulos curtos, habituais em Patterson, de leitura rápida, excelente para levar nas férias (como fiz), A Casa da Morte é um thriller que nos prende depressa, tal a força da história.

Alternando entre o passado e o presente, característica que gosto nos livros, vamos acompanhando a vida da detective Jenna Murphy, uma workaholic, que regressa à sua terra natal depois de vários anos em Nova Iorque. Jenna trabalha como subalterna do seu tio, Langdon James, que é chefe do departamento, e começa a trabalhar com um caso macabro. Os corpos de um homem e a sua amante são encontrados no n.º 7 da Ocean Drive, mais conhecida com A Casa da Morte.

Mas a senda de mortes não termina aqui e mais cadáveres vão surgindo, levando a um único suspeito. Mas Jenna teima em querer continuar com a investigação, que continua com pontas soltas, e acaba por descobrir mais do que o que estava à espera, algo relacionado com o seu próprio passado.

Apesar de ter topado logo o assassino, gostei bastante da história em volta da detective e da casa da morte, dos rituais estranhos que por lá se passavam e do próprio historial da casa, desde que foi mandada erigir.

A Casa da Morte reúne tudo o que deve ter um bom trhiller: suspense, sangue, investigação e um excelente assassino com alguns requintes de malvadez.

Muito bom.






Novo livro da incontornável autora de romance erótico - J. Kenner: Recebe-me

Título: Recebe-me
Autor: J. Kenner
N.º de Páginas: 304
PVP: 17,69€
Saída a 18 de julho

Depois da publicação de Chama-me, o primeiro livro da série Stark International, Recebe-me desvenda uma nova história ardente que tem como grandes protagonistas a paixão e o desejo.
Da autora vencedora do prémio Melhor Romance Erótico, atribuído pela Associação Americana de Escritores de Romance.
Ela nunca pensou que fosse perder o controlo da sua vida, mas o desejo dele levou-a à loucura.
«Parte de mim acha que o devo seguir — que devo ir atrás dele e tomá-lo nos meus braços, segurando-o depois como se fosse uma criança, beijando-o e murmurando palavras doces até a dor desaparecer. Agora, as coisas mudaram. E desta vez é de mim que ele está a fugir.»
Poderoso, ambicioso e extraordinariamente sexy, Jackson Steele era diferente de qualquer outro homem que Sylvia conhecera. Ele sempre teve tudo o que quis na vida e quando foi a jovem o alvo do seu desejo era óbvio que esta não conseguiria resistir-lhe.
Tanto Jackson como Sylvia têm segredos, e as histórias do passado ameaçam seriamente o presente de ambos. A redenção chega na paixão e no desejo que os une, mas será isso o suficiente para que Sylvia se entregue plenamente a este homem poderoso? Será ela capaz de confiar em alguém pela primeira vez?

Sobre a autora:
J. Kenner é uma autora norte-americana cujas obras estão em todas as listas de bestsellers do seu país, incluindo as do New York Times e do USA Today. Entre os mais de quarenta romances, novelas e contos que já publicou, a série Stark – Liberta-me, Deseja-me, Ama-me, Possui-me e
Captura-me, todos publicados pela Topseller – é a que tem maior êxito. Deseja-me venceu em 2014 o Prémio RITA para Melhor Romance Erótico, atribuído pela Associação Americana de Escritores de Romance.
J. Kenner vive no interior do Texas com o marido e as duas filhas.
Saiba mais sobre a autora em www.juliekenner.com