segunda-feira, 26 de dezembro de 2011 | By: Maria Manuel Magalhaes

Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil - Leandro Narloch [Opinião]


Título: Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil
Autor:
Leandro Narloch
PVP: 12,90 €
Editora: Livros d'Hoje
Data de Lançamento: Novembro 2011
ISBN: 9789722048460
Dimensões: 15,5 x 23 cm
Nº Páginas: 368
Encadernação: Capa mole

Sinopse:


É impossível falar da história do Brasil sem referir Portugal. Por mais voltas que se dê, é impossível contar a história do Brasil sem falar de Portugal. A vida dos dois países sempre se cruzou mais do que se podia supor. Um enfoque novo e original. É hora de atirar tomates à historiografia politicamente correta. Este guia reúne histórias que chocam diretamente com ela. Neste livro mencionamos os erros das vítimas e dos heróis da bondade, bem como as virtudes daqueles que são considerados vilões. Alguém poderá dizer que se trata de um esforço semelhante ao dos historiadores militantes, só que na direção oposta. É verdade. Quer dizer, mais ou menos. Este livro não quer ser um falso estudo académico, como o daqueles estudiosos, e sim uma provocação. Uma pequena coletânea de pesquisas históricas sérias, irritantes e desagradáveis, escolhidas com o objetivo de enfurecer um bom número de cidadãos.

A minha opinião:
Aquando da sua publicação no Brasil Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil criou alguma polémica porque levanta temas que poderão chocar o brasileiro mais defensor do seu país. No entanto, Leandro Narloch sustenta o seu livro em pesquisas várias e vai citando alguns historiadores ao longo da narrativa que comprovam o que ele escreveu.
No entanto, não deve ser fácil para muitos que tinham uma certa ideias de diversas personalidades brasileiras ficarem com outra completamente diferente, deitando completamente por terra actos de heroísmo de que foram alvo ao longo da História.
Basta citar alguns exemplos como o caso da escravatura. O Brasil foi dos últimos países a abolirem a escravatura. Esta foi perpetrada até pelos próprio negros que viram que comércio de escravos vindos de África lhe poderia trazer bom dinheiro. Exemplo disso foi José Francisco dos Santos que conquistou a liberdade por volta de 1830. conhecido como Zé Alfaiate o ex-escravo voltaria a África e tornar-se-ia traficante de escravos, mandado-os para a América e Europa.
Pensar-se que autores brasileiros, alguns deles reconhecidos internacionalmente, têm o passado completamente limpo de coisas más, também é ilusão. Narloch cita vários exemplos: Machado de Assis que foi agente da censura; o escritor José de Alencar que tentou convencer D. Pedro II a deixar de insistir na abolição da escravatura; Jorge Amado que chegou a fazer propaganda pelo nazismo de Adolf Hitler e a apoiar José Estaline...
O autor dá ainda a conhecer que a maioria das apresentações modernas do Carnaval começaram com o fascismo. No Brasil as regras foram instituídas pelo ditador Getúlio Vargas.
E pensar que Santos Dumont foi o inventor do avião é completamente errado. Quem o fez foram os irmãos Orville e Wilbur Wright.
Ao contrário do que se possa pensar, este livro não é nada maçador e lê-se de uma assentada. Muito bem dividido por capítulos, e com vários apartes que complementam a História é um livro que recomendo para quem gosta do tema e sobretudo da História brasileira.
sexta-feira, 23 de dezembro de 2011 | By: Maria Manuel Magalhaes

O Último Segredo - José Rodrigues dos Santos [Opinião]


Título: O Último Segredo
Autor:
José Rodrigues dos Santos
Editora: Gradiva
Data de Lançamento: 20-10-2011
ISBN: 9789896164461
Nº Páginas: 564
Encadernação: Capa Mole
PVP: 22€

Sinopse:
Uma paleografa é brutalmente assassinada na Biblioteca Vaticana quando consultava um dos mais antigos manuscritos da Bíblia, o “Codex Vaticanus”. A polícia italiana convoca o célebre historiador e criptanalista português, Tomás Noronha, e mostra-lhe uma estranha mensagem deixada pela assassino ao lado do cadáver.

A inspectora encarregada do caso é Valentina Ferro, uma beldade italiana que convence Tomás a ajudá-la no inquérito. Mas a sucessão de homicídios semelhantes noutros pontos do globo leva os dois investigadores a suspeitarem de que as vítimas estariam envolvidas em algo que as trascendia. Na busca da solução para os crimes, Tomás e Valentina põem-se no trilho dos enigmas da Bíblia, uma demanda que os conduzirá à Terra Santa e os colocará diante do último segredo do Novo Testamento.

A minha opinião:
Juntar José Rodrigues dos Santos e assuntos da igreja num livro logicamente que resulta em polémica. Mas será que é caso para tanto? Será que há necessidade de a Igreja Católica se manifestar relativamente a uma obra de ficção que, apesar de poder levantar algumas questões sobre a vida de Jesus Cristo, não é nada mais que isso? Uma obra de ficção? Não é nenhum estudo aprofundado do tema, ou será? Porquê tanta celeuma?
Como já vem sendo habitual nos seus livros de ficção, Rodrigues dos Santos coloca como protagonista o historiador e criptanalista Tomás de Noronha para investigar primeiro a morte de uma amiga, que é brutalmente assassinada na Biblioteca do Vaticano. No entanto, depressa se seguem mais duas mortes em tudo semelhantes: um outro historiador aparece degolado à entrada do Chester Beatty Library em Dublin onde o espólio de Bíblias é ainda melhor do que no Vaticano e um conceituado professor também aparece morto com o mesmo modus operandi junto à casa Balabanou. Junto aos cadáveres é sempre deixado um enigma que Tomás desvenda facilmente não fosse ele um mestre em descobrir esse tipo de charadas. Num instante ele liga esses enigmas às fraudes inseridas no Novo Testamento e a uma seita religiosa denominada Sicarii.
Pelo meio junta-se a história de Virgem Maria, de Jesus Cristo, da descoberta dos ossários de Talpiot, nada de novo até porque já foi feito um documentário sobre essa descoberta por James Cameron, onde se diz poder estar José, Jesus Cristo Maria, Maria Madalena, Judas filho de Jesus e até Tiago. E até de clonagem...
Gostei bastante.

Concurso Literário Breve História de Amor



O autor Tiago Rebelo e a Asa, em conjunto com alguns blogues decidiram lançar um concurso literário de pequenas histórias de amor intitulado “Concurso Literário Breve História de Amor“. A ideia principal é que os seguidores do Marcador de Livros e de outros blogues do género puxem pela criatividade e escrevam a sua história de amor e concorram a um prémio.

Regras do concurso:
A breve história de amor deve ter um máximo de 3000 carateres, não sendo aceites as que excedam este limite;

O prazo para o envio das histórias será o dia 31 de janeiro de 2012;

Os participantes deverão enviar a sua história para o email: brevehistoriadeamor@gmail.com;

No dia 14 de fevereiro, dia dos namorados, será anunciado o vencedor através da publicação da história e do nome do seu autor em todos os blogs aderentes e ainda no site da LeYa e no site e página de Facebook do autor, bem como nos blogs da ASA;

O vencedor receberá uma colecção completa e autografada dos livros do Tiago Rebelo publicados pela ASA.

Não percam esta oportunidade de participar e boa sorte :)


segunda-feira, 19 de dezembro de 2011 | By: Maria Manuel Magalhaes

Peto - Paula Cairo [Opinião]



Título: Peto
Autor: Paula Cairo
Editora: Livros d’Hoje
N.º Páginas: 200
Preço: 15,00 €
ISBN: 978-972-20-4872-9
1ª Edição: Novembro de 2011

Sinopse:
O Peto apareceu na rua, ainda bebé, e lá viveu durante doze longos anos, comendo dos caixotes do lixo. A certa altura, duas senhoras repararam nele e foram-no protegendo como podiam, dando-lhe comida e água. E ele por ali foi ficando. Foi recolhido duas vezes por pessoas que o voltaram a abandonar porque, afinal, era grande demais ou deixava a casa cheia de pelos. Na sua vida na rua, foi agredido diversas vezes e durante muito tempo teve dificuldade em usar as patas traseiras. Foi também atropelado mais do que uma vez. Chegou a ser esfaqueado na barriga. Tinha Leishmaniose, e por dormir tantos anos ao relento sofria ainda de artrite, passando a ter de tomar medicação quatro vezes ao dia. Foi atacado diversas ocasiões por cães com «donos perigosos» e o seu corpo ficou marcado por várias cicatrizes. Enfrentou duas denúncias de vizinhos, que não o queriam ali. Numa das vezes acabou num canil para ser abatido, como tantos outros cães vadios. Mas foram buscá-lo e ele voltou à sua rua. A sua sorte mudou quando, um dia, Paula, reparou no cão meigo e triste que se arrastava cheio de sangue, terra e pó. Começou por lhe limpar as feridas. Acabou por saber a sua história e seis meses depois, em Novembro de 2005, levou-o para casa e encheu-o de amor. Peto escapou da morte nesse inverno.

A minha opinião:
Esta é a história de um cão de rua sortudo que apanhou pela frente Paula Cairo uma defensora dos animais como há poucas. Foi levado para casa da autora do livro com doze anos e que, apesar de nunca ter tido cães e ter já alguns gatos em casa, não hesitou e acolheu o cão de olhos doces e que precisava de carinho e de cuidados. E até se ter transformado numa grande amizade foi um passo. A partir daí nunca mais se largaram. Peto foi o seu companheiro até à morte deste, aos 18 anos. Por tê-lo adoptado foi olhada por diversas vezes de lado e criticada, teve de mudar de casa porque os seus vizinhos não aceitaram bem aquela adopção, mas mesmo assim Paula não esmoreceu e levou a sua ideia avante: não iria largar Peto. E foram muito felizes juntos, vivendo várias aventuras com outros animais que foram vivendo também nas suas casas.
Também eu adoro animais e não consigo ver ninguém a maltratá-los, mas admiro a coragem da autora e adoptá-los e dar o seu amor pelos seus amigos de quatro patas. Também eu tenho uma gatinha e esta também faz parte da família. É tratada como tal por toda a gente e é assim que deve ser. Infelizmente nem todos pensam assim e a lei não pune os infractores...

Excerto:
“Assim ando vacilante e trémulo numas patas que já não sinto”
“É igualmente um olhar diferente e outro modo de ver um ser vivo”

Publicações Europa-América editam mais um livro de Robin Cook

Título: Cura
Autor: Robin Cook
Colecção: Obras de Robin Cook
Preço: 19.75€
Pp.: 368

Agora que o neuroblastoma, potencialmente fatal, que tomou conta do seu filho parece estar em plena remissão, a médica legista de Nova Iorque, Laurie Montgomery, volta às suas funções, no Gabinete de Medicina Legal, onde trabalha há mais de duas décadas.
Preocupada com a incerteza de ainda ter, ou não, capacidade para o seu trabalho depois da longa ausência, Laurie depara-se com um primeiro caso, que é nada menos do que um puzzle altamente perigoso e da maior importância, que envolve o crime organizado e duas empresas recém-criadas de biotecnologia, num jogo de audazes. Apesar dos conselhos e avisos dos seus colegas e do seu marido, o também colega Jack Stapleton, Laurie está determinada a resolver o mistério que este caso representa.
Satoshi Machita, um ex-investigador da Universidade de Quioto, é o detentor de uma patente extremamente valiosa que diz respeito às células estaminais induzidas pluripotentes, que serão a base para a construção de uma indústria de triliões de dólares na área da medicina reconstrutiva. Quando este morre numa plataforma do metropolitano de Nova Iorque, cheia de pessoas, Laurie terá de decidir se a sua morte se deve a causas naturais, ou a algo… mais diabólico.
Nas sombras, escondem-se pessoas que gostariam de ver Laurie bem longe da morte de Satoshi. Apesar das ameaças que recebe, ela insiste, até que estas começam a tornar-se bem reais e afectam a pessoa que ela mais ama no mundo: o seu filho J. J.
Subitamente, Laurie não terá outra escolha senão resolver o crime e salvar o filho.

Sobre o autor:
O Dr. Robin Cook é um prestigiado médico norte-americano, especializado em Oftalmologia, doutorado em Harvard. É reconhecido como o fundador do género literário «thriller médico» e há trinta anos que se mantém como o autor de maior sucesso deste género a nível mundial. Este é o seu 30.º livro publicado na Europa-América.
domingo, 18 de dezembro de 2011 | By: Maria Manuel Magalhaes

Dei-te o Melhor de Mim - Nicholas Sparks [Opinião]


Título: Dei-te o Melhor de Mim
Autor: Nicholas Sparks
P.V.P.: 17,50 €
Colecção: Grandes Narrativas
Nº na Colecção: 517
Data 1ª Edição: 22/11/2011
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4704-4
Nº de Páginas: 304
Sinopse:
Dei-te o Melhor de Mim, o novo e aclamado romance de Nicholas Sparks, conta a história emocionante de Amanda e Dawson, dois adolescentes envolvidos na mágica experiência do primeiro amor. Contudo, sob a pressão familiar e social, são obrigados a seguir vidas distintas. Somente vinte e cinco anos mais tarde voltam a encontrar-se, por altura da morte do único homem que tinha protegido o jovem casal apaixonado. E se para ambos o amor de outrora se revela intacto, confrontam-se inevitavelmente com as escolhas feitas e os compromissos assumidos. Qual então o sentido daquele encontro, se nada podia mudar o passado?
A minha opinião:
Como vem sendo habitual nos livros de Sparks, existe sempre uma história de amor intensa, mas que por alguma razão, algo o vai destruir. Em Dei-te o Melhor de Mim não é excepção. Amanda e Dawson vivem um grande amor, mas que se vêem obrigados a separar-se face ao estrato social completamente diferente. Enquanto Amanda vem de uma família abastada, Dawson é oriundo de uma família disfuncional, com parentes bêbados e que arranjam permanentemente confusão com as autoridades a começar pelo pai e a terminar nos primos. Mas Dawson é um rapaz complemente diferente. E por ser assim, vai surgir uma amizade intensa com Tuck, uma amizade que chega quase a ser de pai para filho. Tuck dá-lhe a atenção e carinho que o seu pai nunca lhe deu, e é aí que ele arranja guarida e trabalho. No entanto, os pais de Amanda, continuam a não ver com bons olhos a relação de ambos e Dawson decide pôr termo à relação.
Porém, vinte e cinco anos depois, o destino e o próprio Tuck, quis que o antigo casal de namorados se voltasse a juntar e tudo vai ser questionado: as decisões passadas, as suas vidas presentes, o valor da amizade e do primeiro amor, o valor da família…
Mais uma vez Sparks não desilude dando aos leitores um romance forte, de emoções fortes, embora um pouco previsível para o final. De realçar a capa, que nos faz transportar para o local mágico descrito no livro, e para o título que não poderia ser mais adequado.
Excerto:
“O amor, afinal, dizia sempre mais acerca de quem o sentia do que acerca da pessoa amada”
sexta-feira, 16 de dezembro de 2011 | By: Maria Manuel Magalhaes

Convite «Mina e as Coincidências»

Convite Lançamento Livro "Simão"

Amanhã às 18h30: Vânia Beliz apresenta livro e discute sexologia no feminino na Bulhosa

A especialista em psicologia clínica e sexologia, Vânia Beliz, apresenta, esta sexta-feira, 16 de dezembro, às 18h30, na Bulhosa de Entrecampos, o livro – com a chancela da editora Objectiva - Ponto Quê? Prazer no Feminino. A sessão será seguida de palestra sob o tema “Sexualidade Feminina”.
Vânia Beliz é psicóloga clínica e mestre em Sexologia pela Universidade Lusófona de Lisboa. Colaboradora da empresa Sensualemotion, tem a rubrica semanal (todas as sextas-feiras) ‘Ponto Quê’ no programa Curto Circuito da SIC Radical e assina a rubrica ‘Consultório do Sexo’ na secção ‘Família e Relações’ do novo website Público/Life & Style.

Ljubomir Stanisic e Henrique Sá Pessoa distinguidos pelos Gourmand World Cookbook Awards

Os livros " Papa Quilómetros ", de Ljubomir Stanisic e “Ingrediente Secreto” de Henrique Sá Pessoa foram distinguidos pela organização Gourmand World Cookbook Awards como os melhores publicados em Portugal. As duas edições irão agora concorrer com as melhores escolhas de todo o mundo.

Gourmand World Cookbook Awards: livros de chefs Ljubomir Stanisic e Henrique Sá Pessoa distinguidos
Dois livros de culinária portugueses, ambos publicados pela Casa das Letras, editora do grupo LeYa, foram esta semana distinguidos pelos prestigiados Gourmand World Cookbook Awards. O livro de culinária lançado recentemente pelo Chef Ljubomir Stanisic, “Papa Quilómetros”, valeu-lhe a distinção na categoria Culinary Travel Guide, enquanto o livro “Ingrediente Secreto” de Henrique Sá Pessoa, foi premiado na categoria TV Celebrity Western Europe. Os dois livros foram considerados os melhores publicados em Portugal na área da culinária e irão agora concorrer com as melhores escolhas literárias internacionais na área gastronómica, cujos resultados serão conhecidos a 6 Março de 2012, em Paris, no âmbito da Paris Cookbook Fair.

Papa Quilómetros – Uma Caminhada Pela Gastronomia Portuguesa é um livro de culinária. Não só, mas também. Uma obra que teve vários formatos e acabou por ser aquilo que tinha de ser: uma homenagem às coisas boas da vida, a Portugal, aos produtos portugueses, ao povo, aos amigos, à família, às viagens… à cozinha.

Ingrediente Secreto é uma obra singular, pelos seus 13 ingredientes e 6 receitas em torno de cada um. Baseado no seu programa de televisão, o Chef Henrique Sá Pessoa, dá-nos dicas secretas para as 78 receitas inesperadas e imprevisíveis, que cortam com a rotina e estimulam a imaginação gastronómica.

Fundado em 1995 o Gourmand World Cookbook Awards distingue, anualmente, os melhores livros de gastronomia e vinhos de todo o mundo. O concurso integra 41 categorias para livros de culinária e 18 para livros de bebidas.
quarta-feira, 14 de dezembro de 2011 | By: Maria Manuel Magalhaes

O Caso Rembrandt - Daniel Silva [Opinião]


Título: O Caso Rembrandt
Autor:
Daniel Silva
PVP: 17,76€
Editora: Bertrand Editora
Data de Lançamento: Outubro 2011
ISBN: 9789722523585
Dimensões: 15 x 23,5 cm
Nº Páginas: 448
Encadernação: Capa mole


Sinopse:
Decidido a cortar os laços com o Departamento, Gabriel Allon refugiou-se nos penhascos da Cornualha com a sua bela mulher, Chiara. Mas, uma vez mais, esse isolamento é interrompido por alguém vindo do seu complexo passado: Julian Isherwood, o sedutor e excêntrico negociante de arte londrino. Como de costume, Isherwood tem um problema. E apenas Gabriel o pode resolver. Em Glastonbury, um restaurador de arte é brutalmente assassinado e um quadro de Rembrandt, há muito desaparecido, é misteriosamente roubado. Apesar da sua relutância, Gabriel é persuadido a utilizar os seus talentos singulares para encontrar o quadro e os responsáveis pelo crime. Mas, ao seguir meticulosamente um rasto de pistas com início em Amesterdão, passagem por Buenos Aires e fim numa villa nas margens graciosas do Lago Genebra, Gabriel descobre que há segredos mortíferos associados ao quadro. E homens malévolos por trás deles. Uma vez mais, Gabriel vai ser atraído para um mundo que pensava ter deixado para sempre e deparar-se-á com um elenco extraordinário: uma deslumbrante jornalista londrina, determinada a desfazer o pior erro da carreira, um esquivo ladrão de arte, atormentado pela sua consciência, e um influente multimilionário suíço, conhecido pelas suas boas ações mas bem capaz de estar por trás de uma das maiores ameaças que o mundo enfrenta.


A minha opinião:
Mais uma vez Daniel Silva brinda-nos com um excelente romance policial tendo como protagonista Daniel Allon, o restaurador de arte que, apesar de querer afastar-se do departamento é sempre chamado para investigar o caso. Penso que aí, Daniel Silva peca pela repetição do início de cada livro seu, o que pode começar a deixar os seus leitores da saga Allon aborrecidos com a óbvio início de cada aventura.
Refugiado nos penhascos da Cornualha com a sua bela mulher e a chorar o ter perdido o filho que Chiara carregava no ventre fruto da sua última investigação, Gabriel quer tudo menos ser chamado para uma nova investigação. Mas “O retrato de uma jovem” de Rembrandt há muito dado como desaparecido é misteriosamente roubado de casa de uma crítico de arte, que é barbaramente assassinado convence o restaurador de arte a investigar o crime e a voltar a trabalhar para o departamento.
Quando a investigação se aprofunda, Allon descobre o desaparecimento do quadro esteve relacionado com os crimes da 2.ª Guerra Mundial, envolvendo uma família judia e um nazi que se apoderou dele, contas na Suíça, e o abastecimento de armamento nuclear no Irão.
Com muita acção à mistura, os amantes de policiais e do autor não ficarão desiludidos com mais este volume, como eu também não fiquei. Venha o próximo.
Excerto:
“Às vezes, a melhor maneira de encontrar um quadro é descobrir onde é que ele esteve.”

Novidades Papiro Editora

Título: Ecos de uma mente obscura
Autor: Roberto Valente
Género: Poesia
N.º de Páginas: 88
Formato: 15x23cm
PVP: 11,80€
Mês de edição: Dezembro 2011

Sobre o livro:
Ecos de Uma Mente Obscura aborda temas polémicos, através de um regurgitar de ideias e emoções. Assumindo o processo de escrita como algo doloroso, consequência da sua complexidade e genuinidade — se assim não fosse, o poeta não se empenharia na sua construção — Roberto Valente incita a nova geração a não baixar os braços. Ecos de uma mente obscura instiga a imaginação do leitor sem jamais o separar da mensagem real que subjaz a seus versos.

Sobre o autor:
Roberto Valente nasceu em Vale de Cambra a 29 de Maio de 1980. Passou grande parte da sua infância no estrangeiro, mais precisamente no Luxemburgo. Aprendeu a falar alemão, francês, luxemburguês.
Aos treze anos chega a Portugal, país pelo qual se apaixona e cuja História o fascina, e é nessa altura que aprende a falar português. Escreve diariamente e encara a literatura como um escape.
Ecos de Uma Mente Obscura é o seu primeiro livro.

Título: O Tesouro do Mar de Mansores
Autor: José Santos
Género: Romance
N.º de Páginas: 192
Formato: 15x23cm
PVP: 14,80€
Mês de edição: Novembro 2011

Sobre o livro:

Em Mansores, Arouca, existe um imponente vale verde com nascentes de água límpida. Quando o rio Arda transborda, o nevoeiro permanece no fundo do vale e forma-se um mar em Mansores, sobre o qual existem várias lendas. Passados seis anos, Amélia e Mário reencontram-se para finalmente viver o amor que tinham sido impedidos de viver no passado. Com o incentivo da família de Mário, este casal e outros jovens ousados e liberais vão revitalizar uma seita e um culto herdados dos seus antepassados, descobrindo o prazer e a liberdade que só existem no mar de Mansores. O Tesouro do Mar de Mansores é uma história repleta de mistério e erotismo a que o leitor vai adorar abandonar-se.

Sobre o autor:
José Pinho dos Santos nasceu em 1956 em Lobão, Stª Maria da Feira, Aveiro. Licenciado em Belas Artes foi estudante trabalhador, dirigente e funcionário político, professor de geometria e educação visual.

Hoje, como sempre, dedica-se ao desenho técnico ou artístico, à pintura e à escrita (poesia e prosa). Escreve crónicas em jornais locais e alguns dos seus poemas foram declamados numa rádio local. Já participou em várias exposições de pintura, colectivas e individuais.
O Tesouro do Mar de Mansores é o seu primeiro romance, fruto do fascínio do autor por Arouca, herdado dos seus familiares maternos.



Título: Chama fria ou Lucidez
Autor: Sara Timóteo
Género: Poesia
N.º de Páginas: 36
Formato: 15x23cm
PVP: 7,80€
Mês de edição: Dezembro 2011

Sobre o livro:

Canto homens, deuses e mundos
dotada da mesma visão:
uma paixão fremente toldada pela mágoa
de uma férrea e altiva desilusão.


Poesia humanista e naturalista.

Sobre a autora:

Sara Timóteo nasceu em 1979 e vive em Povoa de Santa Iria. Este é o seu segundo livro.
A minha vida consiste no trabalho que exerço relativamente ao que me rodeia. A Poesia é uma consequência do labor de distanciamento e depuração da Palavra. Neste caminho, encontro o dom de mim e momentos límpidos de vivência para além da dimensão do quotidiano.
Segundo livro de poesia da autora com a Papiro. O Primeiro foi “Deixai-me Cantar a Floresta”.


Título: Saga Liberté
Autor: Monny Esmerallda
Género: Romance
N.º de Páginas: 160
Formato: 15x23cm
PVP: 14,90€
Mês de edição: Dezembro 2011

Sobre o livro:

Seria o passado a razão do nosso destino ou este o resultado da nossa verdade? No final do século XVIII, dois jovens rompem as barreiras das imposições sociais da sua época e rendem-se à busca incessante pela verdade dos seus destinos. Movidos pela força de um sonho, Luzia e Simão mudam as suas vidas, lapidando a coragem em busca da razão de ser e viver feliz. As cidades de Vila do Conde, em Portugal, e Santo Amaro da Purificação, na Bahia, Brasil, são o palco de uma misteriosa e envolvente trama. Assim como Luzia e Simão, todos possuímos um destino, começo, meio e fim e, independente de raça, credo ou nacionalidade, somos caçadores de nós mesmos, em busca das nossas verdades, frutos das nossas escolhas, compreendidas por uns e rejeitadas por outros.

Sobre o autor:

Monny Esmerallda é brasileira naturalizada holandesa, nascida na cidade de Salvador da Bahia.
Amante do desporto, optou por cursar a Faculdade de Educação Física na Universidade do Salvador no Brasil.
O seu profundo interesse pelas línguas estrangeiras e a sede de desbravar novos horizontes, culminaram na sua partida para a Holanda em 2002, país onde estudou Fisioterapia na Faculdade de Sáude na Holanda, na cidade de Utrecht.

Um interessante romance sobre a luta contra a escravatura no Brasil.

Título: Joquinha na nuvem da Mafalda
Autor: Anne Caroline Soares
Género: Infanto-Juvenil
N.º de Páginas: 28
Formato: 21,5x21,5cm
PVP: 10€
Mês de edição: Dezembro 2011

Sobre o livro:

Nesta aventura, o Joquinha será levado até às nuvens numa bolinha de sabão e lá conhecerá a menina Mafalda e outros fantásticos personagens que enfatizam os valores da amizade, da solidariedade e do respeito.

Sobre a autora:

Anne Caroline Soares nasceu em São Carlos, São Paulo, em 1978. Mudou com os pais e dois irmãos para Portugal quando tinha 14 anos. Formou-se em Comunicação na Escola Superior de Educação de Coimbra. Aos 24 anos teve um acidente de viação e ficou tetraplégica. Realiza a hora do conto para crianças e lança agora seu segundo livro infantil: a segunda aventura do Joquinha!
A primeira aventura foi “Joquinha na Cidade de Miau”

Apresentação do Livro:
A Papiro Editora e a autora Anne Caroline
Soares vão lançar o livro Joquinha na nuvem de Mafalda, dia 17 de Dezembro pelas 16h00 na Junta de Freguesia de Espinho.

Título: A Rena Verde e o Segredo do Tempo
Autor: Adelina Andrês
Género: Infanto-Juvenil
N.º de Páginas: 72
Formato: 21x21cm
PVP: 9€
Mês de edição: Dezembro 2011

Sobre o livro:

Depois de “ Nasceu uma Rena Verde!” e “ Os Caminhos de Voar da Rena Verde” vamos agora descobrir “ A Rena Verde e o Segredo do Tempo” em mais este livro de encantar.


Sobre a autora:

Adelina Andrês é licenciada e mestre em Ciências da Educação pela universidade do Porto. Depois de “ Nasceu uma Rena Verde!” e “ Os Caminhos de Voar da Rena Verde” vamos agora descobrir “ A Rena Verde e o Segredo do Tempo” em mais este livro de encantar.


Apresentação do livro:
A Papiro Editora e a autora Adelina Andrês vão apresentar o livro A rena verde e o segredo
do tempo no próximo dia 17 de Dezembro pelas 17h30, na Livraria Bulhosa Books & Living
do C.C. Cidade do Porto.
A apresentação estará a cargo de Avelina Ferraz.

Estreia de Nuno Markl na literatura infantil

Esfera dos Livros - Próximas sessões de autógrafos

15 de Dezembro , 16h30 – Joana Roque autora de Feito em Casa – Feira do Livro da biblioteca da Sertã
16 de Dezembro, 18h30 – Júlio Magalhães autor de Por Ti Resistirei – El Corte inglés de Gaia
17 de Dezembro, 11h00 – Fátima Lopes autora de Amigas para Sempre – Pingo Doce do Barreiro
17 de Dezembro, 15h00 – Fátima Lopes autora de Amigas para Sempre - Jumbo de Setúbal
terça-feira, 13 de dezembro de 2011 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidades Europa-América para Dezembro

Título: Os Apóstolos de Fénix
Autores: Lynn Sholes e Joe Moore
Colecção: Contemporânea
Preço: 19.75€
Pp.: 380

Um novo policial dos autores de A Conspiração do Graal

A jornalista Seneca Hunt está a assistir à abertura do túmulo de Montezuma na Cidade do México quando a equipa de escavação, chefiada pelo seu noivo, descobre que os restos mortais do imperador desapareceram. Poucos minutos depois, todos os que ali estão são mortos — com excepção de Seneca, que escapa à carnificina por um triz.
Decidida a descobrir quem está por detrás das mortes, Seneca junta-se ao romancista Matt Everhart. Juntos, eles fazem a arrepiante descoberta de que alguém está a roubar restos mortais dos mais famosos assassinos em massa da história — enquanto seguem um trilho letal que vai recuar até à morte de Jesus Cristo.

Elogios a Os Apóstolos de Fénix:

«O que é que se obtém quando se cruza Indiana Jones com o Código Da Vinci?
Os Apóstolos da Fénix, uma viagem emocionante, com tantas reviravoltas que mal temos tempo para recuperar o fôlego» — Tess Gerritsen, autora do êxito Ice Cold.

«Sholes e Moore criaram um policial apocalíptico espectacular, uma história épica de ouro, arqueologia, assassinos em massa, profecias antigas e terrorismo.» — Douglas Preston, autor do êxito Impact.

«Um romance empolgante, fascinante.» Carla Neggers, autora do êxito Cold Dawn.

Título: Submundo
Autor: Robert Finn
Colecção: Contemporânea
Preço: 11.90€
Pp.: 144

A prequela do Perito…

Quando se é ladrão, é difícil conhecer a rapariga certa. E, quando isso acontece, há sempre alguma coisa a atrapalhar. Como ficar preso no Metro, apanhado no meio de um tiroteio, perseguido pela polícia e só com um assassino com poderes sobrenaturais para nos proteger. E, se se conseguir sobreviver a tudo isso, ainda é preciso convencê-la a dar o seu número de telefone.
Submundo é um policial curto, terno, tenso, que se desenrola ao ritmo de um comboio de alta velocidade.
segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 | By: Maria Manuel Magalhaes

Sorteio de livros no blogue da escritora Deana Barroqueiro

O blogue da escritora Deana Barroqueiro já não está longe do número mágico de visitantes 11111 número que a própria gostaria de atingir ou mesmo ultrapassar este mês. Por isso mesmo, todos os visitantes que visitem o espaço e deixem um comentário que diga o livro que gostariam de receber e a razão da escolha, a autora tem a sortear um ou dois livros (dependerá do número de participantes).
"Se gostam dos meus livros ou se me querem conhecer participem aqui: http://deanabarroqueiro.blogspot.com/2011/12/quase-11111-visitantes-sorteio-de-livro.html,
convida.
Participem ;)

No anexo - Sharon Dogar [Opinião]


Título: No anexo
Autor:
Sharon Dogar
PVP: 16,50 €
Editora: Edições Asa
ISBN: 9789895579112
Dimensões: 15,5 x 23,5 cm
Nº Páginas: 336
Encadernação: Capa mole


Sinopse:
Peter van Pels e a família estão escondidos com os Franks, e Peter vê tudo com um olhar diferente. Como será ser-se obrigado a viver com Anne Frank? Odiá-la e depois dar por si apaixonado por ela? Saber que é tema do seu diário dia após dia? Como será ficar sentado à espera, olhar por uma janela enquanto outros morrem e desejar estar a combater? O diário de Anne termina a 4 de Agosto de 1944, mas, nesta história imaginada, a experiência de Peter continua para além da traição e chega aos campos de extermínio nazis. "Está aí alguém?", pergunta ele. "Está alguém a ouvir?" Nós devíamos estar.
A minha opinião:
Li O Diário de Anne Frank no início da minha adolescência e foi aí que tomei consciência, pela primeira vez, dos horrores do Holocausto. Depois disso, foram muitos os livros, que me forma mostrando de diversas formas como esses horrores foram perpetrados. Em No Anexo, Sharon Dogar, quis mostrar, embora de forma ficcionada, o que foi viver no anexo durante aquele tempo entre 1942 e 1944 sob o mesmo tecto dos Frank's, mas do olhar de Peter, o apaixonado de Anne. Será que se não tivessem estado juntos no anexo as suas vidas se teriam cruzado da mesma forma e se teriam apaixonado na mesma? Provavelmente não. Mas a autora, leu e releu os diários de Anne e não teve a menor dúvida que eles se apaixonaram no anexo e viveram pelo menos uma história de amor debaixo do mesmo tecto. Eu também quero acreditar que sim, quero acreditar que estes dois jovens, antes do destino trágico que tiveram, pelo menos viveram uma história de amor, a sua primeira e única história de amor.
Ao longo destes dois anos, Peter vai descrevendo a vida monótona que vão levando as oito pessoas no anexo, e o medo que têm em ser descobertas. Ao mesmo tempo, vai descrevendo as suas vontades e desejos próprios de um adolescente de 15 anos.
Até que tudo se desmorona e são descobertos e levados pelos nazis. A viagem até ao campo de concentração e a separação de Peter da mãe, de quem é muito ligado, e a posterior morte do pai, no campo de concentração, é de tal forma descrita, que apesar de não ser real, leva-nos a pensar em muitas histórias que os prisioneiros, tiveram que viver às mãos dos nazis até serem libertados, os que conseguiram sobreviver.
Dos oito ocupantes do anexo, só o pai de Anne, Otto Frank, conseguiu sobreviver.

Excerto:
“De dia éramos animais. Mas nos nossos sonhos não podíamos deixar de ter esperança de que alguém, algures, poderia ouvir-nos”

Clara de Sousa lança livro hoje

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011 | By: Maria Manuel Magalhaes

Convite Lançamento - Simão o Fantástico!

Tiago Rebelo leva histórias de amor a livraria do Porto

O escritor Tiago Rebelo vai estar, no próximo domingo, 11 de dezembro, às 17h, na livraria Leitura do Shopping Cidade do Porto, para uma apresentação do seu novo livro, Breve História de Amor (ASA), numa sessão que incluirá a leitura de algumas das histórias do livro, seguida de sessão de autógrafos. Breve História de Amor é o desfile de retratos autênticos sobre relações quotidianas. Caminhos do acaso que levam homens e mulheres a cruzarem os seus destinos, por vezes, nas circunstâncias mais surpreendentes. Pessoas que se encontram, ou se reencontram, que se unem ou se separam, sentimentos intensos e irreprimíveis que determinam as suas vidas e alteram bruscamente e sem aviso os seus destinos. Através de uma descrição intensa e cirúrgica, Tiago Rebelo conduz-nos aos pensamentos mais íntimos das personagens que tantas vezes se confundem com os nossos.
Autor de romances bem conhecidos do público, como O Tempo dos Amores Perfeitos, O Último Ano em Luanda ou Uma Noite em Nova Iorque, Tiago Rebelo oferece aos leitores a versão original das melhores histórias publicadas ao longo de mais de um ano na revista Domingo, do Correio da Manhã, e ainda o conto inédito Amores indeléveis.

Amanhã, venha conhecer e aprender sobre produtos gourmet, chocolates e vinhos nacionais (FNAC do Colombo)

Lançamento do livro "Levante-se o Véu!" de Álvaro Laborinho Lúcio, José António Barreiros e José Braz

Sessões de autógrafos de Fátima Lopes; Diana de Cadaval, Charles Philippe d’Orléans e Júlio Magalhães

Fátima Lopes Amigas para sempre
8 de Dezembro, 15h00 – Jumbo de Almada
10 de Dezembro, 11h00 – Jumbo do Arrábida Shopping
10 de Dezembro, 15h00 – Pingo Doce de Aveiro (antigo Feira Nova)
10 de Dezembro, 18h00 – Continente do Coimbra Shopping

Diana de Cadaval – Maria Francisca de Sabóia e Charles Philippe d’OrléansReis no Exílio
8 de Dezembro, 16h00 - Livraria do El Corte Inglés

Júlio Magalhães – Por Ti Resistirei
8 de Dezembro, 15h30 – Media Market do Parque Nascente em Gondomar
8 de Dezembro, 17h30 – Media Market de Gaia
9 de Dezembro, 18h30 – Media Market Porto Plaza
10 de Dezembro, 11h30 – Media Market Aveiro

Novo título Guerra & Paz «Contradança - Cartas e Poemas de Camões»

Título: «Contradança - Cartas e Poemas de Camões»
Autor: Luís de Camões
Ideia e Selecção de poemas: Gil de Carvalho
Organização: Manuel S. Fonseca
Nº de páginas: 144
PVP: 25,00
O mais perfeito presente de Natal. Um livro de Camões

Pela primeira vez numa edição única, as Cartas de Camões que falam de tudo: da valentia, das mulheres, de Ceuta e Oriente, da Glória e mesquinhez humanas. Estas cartas são um retrato de Camões a si mesmo. Das lutas de rua, às noites boémias, das mais genuínas aspirações às maiores frustrações, Camões tudo confessa numa linguagem vida, emotiva e acessível a qualquer leitor contemporâneo. Complementando-as um texto de Camilo e outro de Cervantes sobre Lisboa. Uma obra de alto valor estético, com reprodução de 30 pinturas raras do século XVI que evocam aos lugares da época das Descobertas.

Convite - Livros ao Palco- Dias 8, 10 e 11






Convite Portal do Tempo

«A Minha Guerra», um relato sentido contado na primeira pessoa por Alcino Ferreira publicado pelo Clube do Autor

Título: A Minha Guerra
Autor: Alcino Ferreira
PVP: 14€
N.º de Páginas: 208

«Este livro foi escrito por vontade e necessidade de divulgar factos até agora nunca publicados e por solicitação de muitos camaradas de luta com quem convivi.»
Alcino Ferreira


A Guerra Colonial por quem a viveu. A recruta. O combate. Os horrores. As amizades. A Minha Guerra é um testemunho de factos reais ocorridos no período conturbado da Guerra Colonial. Alcino Ferreira, o único oficial miliciano do Exército Português com uma comissão de serviço na Guerra Colonial, internamento de mais de dois anos em vários hospitais militares e interveniente activo na Revolução de 25 de Abril, divulga factos até agora nunca publicados. Como o próprio autor confessa, «senti o dever de partilhar com terceiros as experiências que vivi no “outro lado da guerra”, principalmente os tempos passados com extrema tristeza e em convívios de extenuante loucura e diversão junto de centenas de companheiros estropiados de corpo e alma pelo conflito que afectou, por completo, a maneira de ser, sentir e reagir dos, agora, veteranos.»
Num registo autêntico, sem meias-tintas, o leitor acompanha a versão da Guerra Colonial por quem a viveu.
«Este livro foi escrito por vontade e necessidade de divulgar factos até agora nunca publicados e por solicitação de muitos camaradas de luta com quem convivi. Fui oficial miliciano do Exército Português com uma comissão de serviço na Guerra Colonial, estive internado mais de dois anos em vários hospitais militares e, sobretudo, interveniente activo na Revolução de 25 de Abril de 1974.»

Sobre o autor:
Alcino dos Santos Paula Ferreira nasceu a 29 de Março de 1950 na freguesia de Longa, concelho de Tabuaço, Trás-os-Montes e Alto Douro. Fez o Curso do Liceu, em regime de internato, no Colégio de Lamego. É licenciado em Administração e Gestão de Empresas pelo ISLA, em Psicologia Social e do Trabalho pelo ISPA, em Gestão de Empresas Turísticas e Hoteleira pela UI, bacharel no Curso Superior de Gestão Hoteleira pelo ISPI. Foi oficial miliciano do Exército, com comissão de serviço em Moçambique. Profissionalmente, foi inspector tributário até 1995, transitando, por convite, para o Instituto do Desporto, onde viria a exercer funções de director do Centro de Estágio de Desportistas da Cruz Quebrada, no Jamor, e coordenador do 3.º Quadro Comunitário de Apoio - Medida Desporto, para a Região de Lisboa e Vale do Tejo.

Sessão de lançamento de A Minha Cozinha

Daniel Oliveira em Santa Maria da Feira e Viseu para apresentar «Alta Definição»

Este quinta-feira, 8 de Dezembro, às 17h00, Daniel Oliveira apresenta o seu livro na FNAC do Centro Comercial Palácio do Gelo, em Viseu.
No mesmo dia, às 11h30, o autor estará a autografar «Alta Definição - O que dizem os teus olhos» no Pingo Doce de Santa Maria da Feira.

Reportagem dedicada à Herança Humanitária de Nelson Mandela

No próximo dia 14, pelas 21 horas, é transmitida em simultâneo na RTP1 E NA RTPÁfrica uma grande reportagem dedica à Herança Humanitária de Nelson Mandela.

Um trabalho inserido no programa semanal da RTP1 "Linha da Frente" A Herança Humanitária de Mandela" é assinada pelo jornalista e escritor António Mateus, autor do livro MANDELA - A construção de um Homem (Oficina do Livro) e que acompanhou Nelson Mandela durante uma década enquanto correspondente estrangeiro destacado na África do Sul.

Sinopse:
Um testemunho de vida sobre alguém que se tornou um dos símbolos mundiais do último século e que utilizou o exemplo da descolonização portuguesa para transformar um país à beira da guerra civil em símbolo de reconciliação e tolerância entre quem pensa diferente. A HERANÇA DE MANDELA relata a forma como Madiba (nome como é conhecido afectuosamente pelos mais próximos) se transformou primeiro a si próprio, como ser humano, para tirar depois o melhor de todos à sua volta.Pela primeira vez, uma equipa de reportagem filmou a última prisão de Mandela (Victor Verster, que funciona até hoje como cadeia de alta segurança, alojando mais de dois mil sentenciados.


Inclui ainda, entre outras, entrevistas com Ahmed Kathrada (o melhor amigo de Mandela ainda vivo e seu companheiro de prisão em Robben Island), de Albie Sachs (juiz vitima de atentado), Roelof Meyer (negociador-chefe do último governo branco) e Graça Machel (sua mulher).Com imagem de Manuel dos Santos e edição de Pedro Pessoa, uma reportagem assinada por António Mateus e que é resultado de três anos de investigação documental e de registos de som, fotografia e vídeo.
terça-feira, 6 de dezembro de 2011 | By: Maria Manuel Magalhaes

Fumo Azul - Nora Roberts [Opinião]

Título: Fumo Azul
Autor: Nora Roberts
O incêndio que destruiu o negócio da família da jovem Reena Hale mudou a sua vida para sempre. Vizinhos e amigos ajudaram os Hale a reconstruir o que perderam, mas ao testemunhar a beleza destruidora do fogo, Reena decide dedicar-lhe a sua vida. Mas ela não é a única a sentir-se fascinada pelas chamas. Há mais alguém seduzido por esse poder, alguém obcecado não só em conquistar o fogo, mas em o usar para uma vingança brutal.Quando a jovem realiza o sonho de se tornar bombeira, descobre que é o maior desafio que alguma vez viveu… com excepção da sua vida amorosa,claro. Até que conhece Bo Goodnight. Ele é diferente e, agora que encontrou Reena, não a quer deixar ir. Infelizmente há outro homem interessado nela.Alguém que a persegue com uma série de crimes horrendos. E enquanto Reena tenta localizar a origem de tanto ódio contra si, terá que enfrentar um inferno, mil vezes pior do que o fogo.
A minha opinião:
Para os amantes de Nora Roberts que gostam de uma história apaixonada, com muito romance à mistura, esqueçam este livro. Fumo Azul é um livro um pouco diferente daquilo que nos habituou a autora norte-americana.
Joey Pastorelli é um incendiário, mas não daqueles incendiários comuns. O seu alvo pretende atingir apenas uma única pessoa, a jovem Reena Hale, que em pequena destruiu completamente a sua família. Oriundo de uma família completamente disfuncional, vítima de violência doméstica por parte do pai, que batia na mulher e também nele próprio, Joey acabaria por tentar violar Reena na escola resultando daí uma acusação e consequente advertência deste ao pai de Joey. Violento por natureza e procurando vingança Joe, pai, decide incendiar o restaurante dos pais de Reena e é aqui que tudo começa. O fascínio pelas chamas muda completamente a vida destas duas crianças prestes a entrar na adolescência. Reena transforma-se em polícia de investigação de incêndios, e Joey um pirómano, delinquente e assassino que a persegue até à idade adulta.
Gostei imenso de ler este livro, talvez por não ter abusado no carácter da lamechice, da paixão, do romance e ter apostado mais na parte da investigação e ficção. Se juntarmos a isso, uma família italiana com fortes laços, e tendo como base um restaurante italiano... tem tudo para ser mais uma enorme sucesso.
sexta-feira, 2 de dezembro de 2011 | By: Maria Manuel Magalhaes

Para levar um sorriso a crianças no IPO:: Bulhosa e Leitura lançam campanha de Natal solidária


As livrarias Bulhosa/Leitura, em parceria com a Mind Source e a Operação Nariz Vermelho, lançaram este mês a campanha solidária Este Natal ofereça um livro com a Bulhosa/Leitura Books & Living e a Mind Source. Na compra ou doação de um livro nas lojas Bulhosa e Leitura, de 14 de novembro e 14 de dezembro, ajude a que crianças internadas nas alas pediátricas do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa e do Porto e no Hospital de Santa Maria tenham um Natal com mais cor e alegria. A entrega dos livros será efetuada pelos Doutores Palhaços da Operação Nariz Vermelho na próxima segunda-feira, 5 dezembro, no Hospital de Santa Maria e no IPO Lisboa e na quinta-feira, 15 de dezembro, no IPO Porto. A campanha inclui ainda a comercialização de merchandising alusivo ao Natal e os característicos narizes vermelhos da ONV, disponíveis em todas as lojas Bulhosa/Leitura, cujas vendas revertem na totalidade para a instituição. Seja o protagonista de um conto de Natal com a Mind Source, a Bulhosa e a Operação Nariz Vermelho.

Lojas Bulhosa presentes na Campanha de Oferta de Livros:

 Bulhosa books & Living Entrecampos

 Bulhosa books & Living Amoreiras

 Bulhosa books & Living Campo de Ourique

 Bulhosa books & Living Twin Towers
 Bulhosa books & Living Linda-a-Velha

 Bulhosa books & Living Cascais Villa
 Leitura books & Living Rua de Ceuta
 Leitura Books & Living Shopping Cidade do Porto

 Leitura Books & Living Museu de Serralves

 Leitura Books & Living Edificio do Lago II