segunda-feira, 21 de maio de 2018

Porto Editora: Maria Dueñas regressa com "As vinhas de La Templanza"

Título: As vinhas de La Templanza
Autor: Maria Dueñas
Tradução: Carlos Romão
Págs.: 536
Capa: mole com badanas
PVP: 18,80 €

É um regresso há muito esperado. De Maria Dueñas, a autora espanhola mais lida em todo o mundo, a Porto Editora faz chegar às livrarias de todo o país As vinhas de La Templanza, no próximo dia 24 de maio.
Neste livro, a autora dá a conhecer Mauro Larrea, um empresário que, num revés do destino, perde toda a fortuna conquistada nas duras minas do México. Sem nada, ruma a Havana, na tentativa de se reerguer. Aí, começa um turbilhão de acontecimentos e emoções na sua vida. Parte para Espanha, troca o negócio do minério pelo da vinha e deixa-se encantar por Soledad Montalvo, uma mulher lutadora e antiga proprietária de La Templanza.
Maria Dueñas regressa ao género que a celebrizou com o seu romance de estreia, O tempo entre costuras, e apresenta um relato histórico e de costumes, pleno de cenários exóticos e sedutores que conduzem o leitor ao longo da segunda metade do século XIX, numa viagem entre a jovem república mexicana e a cosmopolita Jerez de La Frontera.
À semelhança do que aconteceu com o sua primeira obra (O tempo entre costuras foi uma das séries mais vistas na Antena 3), também As vinhas de la Templanza terá uma adaptação ao pequeno ecrã, que já está a ser produzida por esta mesma estação televisiva, responsável, por exemplo, por êxitos mundiais como A Casa de Papel.

Sinopse:
Uma história de coragem perante as adversidades e de um destino marcado pela força de uma paixão.
Nada fazia supor a Mauro Larrea que a fortuna que tinha conquistado fruto de anos de luta e perseverança se desmoronaria de um dia para o outro, graças a um inesperado revés.
Asfixiado com dívidas e afogado em incertezas, aposta os últimos recursos numa jogada temerária na esperança de se reerguer. Até que a perturbadora Soledad Montalvo, mulher dum negociante de vinhos inglês, entra na sua vida para o arrastar rumo a um futuro inesperado. Da jovem república mexicana à radiante Havana colonial, das Antilhas à Jerez da segunda metade do século XIX quando o comércio de vinhos com Inglaterra converteu a cidade andaluza num enclave cosmopolita e lendário, por todos estes cenários se desenrola As vinhas de La Templanza, um romance que fala de glórias e derrotas, de minas de prata, intrigas de família, vinhas e cidades fascinantes cujo esplendor se desvaneceu com o tempo.

Sobre a autora:
Doutorada em Filologia Inglesa, Maria Dueñas é professora titular da Universidade de Murcia depois de ter já passado pela docência em várias universidades norte-americanas. É autora de trabalhos académicos e de muitos projetos educativos, culturais e editoriais.
Maria Dueñas nasceu em Puertollano (Ciudad Real) em 1964, é casada, tem dois filhos e reside em Cartagena.
O Tempo entre Costuras foi o seu primeiro romance, publicado pela Porto Editora, tendo sido adaptado à televisão e exibido em Portugal pela TVI.



Sem comentários: