quinta-feira, 13 de abril de 2017 | By: Maria Manuel Magalhaes

Vem aí o apocalipse e viva Portugal

Título: Apocalipse | Apocalipse
Autor:
D.H. Lawrence | João de Patmos
N.º de Páginas: 296
PVP: 17,50 €
Nas livrarias a 19 de Abril
Guerra e Paz Editores

Sinopse
Eis Jesus Cristo, resplandecente, em toda a sua glória. É com essa visão, literária, que este livro começa.

Aqui se inaugura um género novo, como com a Ilíada se inaugurou o poema épico. Que género é este? Apocalíptico, como diz Helder Guégués no breve ensaio que justifica terem-se juntado, neste livro, o texto que o apóstolo João (foi ele?) terá escrito em Patmos e o texto que sobre esse texto escreveu D.H. Lawrence?

E que coisa quer dizer apocalíptico que não seja a Revelação, essa revelação que nos chega, não pelo pensamento e pela razão, mas pelas VISÕES FULGURANTES EM QUE ESTE LIVRO É PRÓDIGO, a começar na visão do Trono onde, semelhante à pedra jaspe e sardónica, Um está sentado, esse Um, que guarda o Livro escrito por dentro e por fora, selado a sete selos, ao seu redor quatro animais cheios de olhos, por diante e por detrás.

Este é um livro profético por ser também o livro de triunfo de seres e coisas imaginárias, das coisas que nunca vimos, mas que hão-de vir, livro da Besta e da obscuridade. Eis um texto seminal, um protolivro, e o que um grande autor, D.H. Lawrence, escreveu sobre esse mesmo livro.

Sobre a coleção:
Os textos falam uns com os outros. Amam-se, negam-se, tocam-se uns aos outros. livros amarelos é o paparazzo da história da literatura e do pensamento: revela as relações comprometedoras de textos célebres.