segunda-feira, 20 de junho de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Maria do Rosário Pedreira e Álvaro Magalhães levam a Viagem Literária a Aveiro

No próximo dia 7 de julho, a Viagem Literária ruma a Aveiro. O Teatro Aveirense é a paragem escolhida para a 16.ª etapa deste festival literário itinerante, à boleia de Álvaro Magalhães, um dos grandes escritores para crianças do nosso país, e de Maria do Rosário Pedreira, editora reconhecida por lançar jovens talentos e um dos principais nomes da poesia portuguesa contemporânea. Neste evento de entrada gratuita (sujeita a levantamento de bilhete), a conversa de 90 minutos entre os dois convidados é conduzida pelo jornalista João Paulo Sacadura e tem início marcado para as 21:30. Durante esta 16.ª etapa, falar-se-á, certamente, das emblemáticas coleções juvenis O Triângulo Jota (de Álvaro Magalhães) ou O Clube das Chaves (de Maria do Rosário Pedreira, em parceria com Maria Teresa M. González) e também sobre outros pontos relevantes dos percursos artísticos e biográficos destes autores, assim como sobre questões da atualidade. No final, há ainda espaço para questões do público e, depois de terminada a conversa, para a habitual sessão de autógrafos e contacto mais direto entre os escritores e os leitores.

Álvaro Magalhães nasceu no Porto, em 1951. A sua obra para crianças e jovens, que integra poesia, conto, ficção e textos dramáticos, repartindo-se por cerca de 80 títulos, caracteriza-se pela originalidade e invenção, quer na escolha dos temas quer no seu tratamento. Foi várias vezes premiado pela Associação Portuguesa de Escritores e pelo Ministério da Cultura. Em 2002, O limpa-palavras e outros poemas foi integrado na Honour List do Prémio Hans Christian Andersen e, em 2004, Hipopóptimos – Uma história de amor foi distinguido com o Grande
Prémio Calouste Gulbenkian. Várias das suas publicações integram o
Plano Nacional de Leitura e constam do corpus das Metas Curriculares
de Português. Parte da sua obra está publicada em Espanha, França,
Brasil e Coreia do Sul.

Maria do Rosário Pedreira nasceu em 1959, em Lisboa. Fez os estudos superiores na Universidade Clássica de Lisboa, onde se licenciou, em 1981, em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Franceses e Ingleses. Iniciou a sua carreira literária em 1996, escrevendo o seu primeiro livro de poesia A Casa e o Cheiro dos Livros, cuja edição se esgotou de imediato.
Distinguida com vários prémios literários, é detentora de uma obra diversificada, em prosa, poesia, ensaio e crónica, constituindo a literatura juvenil - grosso da sua ficção - um veículo de transmissão de valores humanos e culturais. As coleções juvenis Detective Maravilhas e O Clube das Chaves (esta em parceria com Maria Teresa M. González) entraram já no universo ficcional da adolescência portuguesa.
Na estrada desde abril de 2015, a Viagem Literária completou já 13 etapas em Portugal Continental e 2 grandes sessões nas Regiões Autónomas. Depois de Aveiro, a Viagem Literária entra na sua reta final e segue para Braga, para a penúltima sessão deste festival literário itinerante. Esta sessão irá decorrer no Theatro Circo, no dia 5 de agosto, à boleia de Alberto S. Santos e José Tolentino Mendonça.
A Viagem Literária tem espaços próprios de contacto com o grande público: no site da Porto Editora, no Facebook e no Instagram.