sexta-feira, 4 de março de 2016

«Velhas Traições», de Olen Steinhauer, disponível nas livrarias a partir do dia 11 de março

Título: Velhas Traições
Autor: Olen Steinhauer
Género: Literatura / Thriller
Tradutor: Sofia Gomes
N.º de páginas: 216
Data de lançamento: 11 de março de 2016
PVP: € 15,50

«Um thriller estupendo.» - Publishers Weekly -

Considerado pela crítica como sendo o novo John Le Carré, o autor norte-americano Olen Steinhauer chega-nos com o empolgante thriller Velhas Traições, que está disponível nas livrarias a partir do dia 11 de março.

Henry e Celia são os dois protagonistas deste inquietante romance de espionagem, repleto de flashbacks que nos vão revelando lentamente a verdade do passado. O autor lançou-se ao desafio de escrever toda uma história a partir da qual a ação decorresse praticamente do início ao fim à mesa de um restaurante, ou seja, enquanto decorre o jantar entre Henry e Celia, que outrora foram amantes e colegas na CIA em Viena.
Olen Steinhauer tem a capacidade de tornar uma situação que à partida se julgaria monótona, num jantar em que a tensão e a expetativa vão sempre aumentando, numa mistura de paixão e espionagem. Qual deles sairá vivo deste jantar?
Um enredo que se desenvolve a partir de um episódio do passado. Um avião foi sequestrado no aeroporto por terroristas e uma tentativa de resgate, delineada no interior da agência, é mal sucedida, culminando com a morte de todos os passageiros. Qual foi o papel de cada um em toda a situação? Será que o agente infiltrado estava comprometido?

Velhas Traições vai ser adaptado ao cinema. Os direitos foram vendidos à Chockstone Pictures (A Estrada, A Árvore da Vida) e Nick Wechsler, produtor de Serena e Magic Mike. Neil Burger está indicado para realizador do filme. O guião será escrito pelo próprio autor, Olen Steinhauer.

Sinopse:
Há seis anos, Henry e Celia eram amantes e colegas, e trabalhavam na CIA em Viena. Até que os terroristas sequestraram um avião no aeroporto. Uma tentativa de resgate, delineada no interior da agência, correu terrivelmente mal. Todos os passageiros morreram.
Essa noite continua a assombrar todos os que a viveram; para Henry e Celia, foi o fim da sua relação. Celia decidiu mudar de vida, deixou a CIA, casou e teve filhos. Agora vive uma vida normal nos subúrbios da Califórnia. Henry continua a ser analista na agência e viaja até aos Estados Unidos para se encontrar com ela: para reviver o passado, talvez, ou para o deixar definitivamente para trás.
Mas nenhum dos dois pode esquecer as perguntas: será que o agente infiltrado estava comprometido? Qual é o papel de cada um em toda a situação?
Um livro intenso, emocionante e inquietante que o vai manter refém até à última página.

Sobre o autor:
Olen Steinhauer cresceu na Virgínia e viveu em várias cidades norte-americanas, bem como na Croácia, na República Checa e em Itália. Viveu também um ano na Roménia, uma experiência que o inspirou para a escrita dos seus primeiros cinco livros.
É frequentemente comparado a John le Carré e os seus livros têm conhecido grande sucesso junto da crítica e dos leitores, estando dois deles a ser atualmente adaptados ao cinema.
Vive na Hungria com a mulher e a filha.
http://www.olensteinhauer.com
«Até os leitores mais versados em romances de espionagem serão agradavelmente surpreendidos.» - Kirkus Reviews -


Sem comentários: