sexta-feira, 7 de novembro de 2014 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidades Assírio & Alvim - Sophia de Mello Breyner Andresen e Papiniano Carlos

Título: Dual
Autor:
Sophia de Mello Breyner Andresen
Prefácio: Eduardo Lourenço
N.º de Páginas: 112
PVP: 13,30 €

No próximo dia 7 de novembro, a Assírio & Alvim publica a nova edição de Dual, de Sophia de Mello Breyner Andresen, com prefácio de Eduardo Lourenço.
Publicado pela primeira vez em 1972, os poemas deste livro evocam uma luta dramática contra a injustiça, opondo a um real turvo e opaco um outro, idealizado como um espaço claro e transparente.
Como bem nota Eduardo Lourenço, «Em nenhum dos nossos poetas, antigos ou modernos, a sombra de tudo o que chamamos morte, sabendo que nada a exorciza por ser ela o absoluto exorcismo, é tão familiar e luminosa como em Sophia. Aquela a quem os deuses deram cedo um jardim só seu como paraíso privado nunca o viveu como perdido. Apenas como espaço de memória que nem a morte pode devastar. Como o mar, e antes dele o jardim, esse lugar da sua infância privilegiada não lhe foi só espaço de sonho e nostalgia. Ou só o foi como figura e presença da revelação original da vida, com o sol no centro, e lugar de eterno retorno de si por ele sempre encantada e de si mesmo senhora.»


Sobre a autora:
Sophia de Mello Breyner Andresen nasce a 6 de novembro de 1919 no Porto, onde passa a infância. Entre 1936 e 1939 estuda Filologia Clássica na Universidade de Lisboa. Publica os primeiros versos em 1940, nos Cadernos de Poesia. Casada com Francisco Sousa Tavares, passa a viver em Lisboa. Tem cinco filhos. Participa ativamente na oposição ao Estado Novo e é eleita, depois do 25 de abril, deputada à Assembleia Constituinte.
Autora de catorze livros de poesia, publicados entre 1944 e 1997, escreve também contos, histórias para crianças, artigos, ensaios e teatro. Recebeu entre outros, o Prémio Camões 1999, o Prémio Poesia Max Jacob 2001 e o Prémio Rainha Sofia de Poesia Ibero-Americana. A sua obra está traduzida em várias línguas. Faleceu a 2 de julho de 2004, em Lisboa.

Título: A Menina Gotinha de Água
Autor:
Papiniano Carlos
Ilustração: Henrique Cayatte
N.º de Páginas: 48
Coleção: Assirinha
Acabamento: encadernado
PVP: 14,40 €

No próximo dia 7 de novembro chega às livrarias nacionais, com chancela da Assírio & Alvim, a novíssima edição de um dos maiores clássicos da nossa literatura infantil — A Menina Gotinha de Água, de Papiniano Carlos. Publicado pela primeira vez nos anos 60, esta obra constituiu o maior êxito editorial do autor e foi lida por diferentes gerações de portugueses, entrando indelevelmente no nosso imaginário.
Agora numa edição ilustrada por Henrique Cayatte, este livro está recomendado pelo PNL para o 2.º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada — Grau de Dificuldade II, e integra as Metas Curriculares de Português para o ensino básico (2.º ano).

Sobre o autor:
Papiniano Carlos nasceu em Lourenço Marques, em 1918. Cedo se fixou no Porto, onde chegou a cursar Engenharia, sem no entanto terminar o curso. É autor de uma vasta obra hoje mais conhecida, talvez, pelos seus livros para a infância. Faleceu em dezembro de 2012, em Pedrouços.