quinta-feira, 6 de novembro de 2014 | By: Maria Manuel Magalhaes

Os rapazes voltam à estrada - apresentenção do livro em Coimbra

No próximo sábado, 8 de novembro, pelas 17:00, Adelino Gomes e Alfredo Cunha vão estar em Coimbra para apresentar Os Rapazes dos Tanques.
Depois de uma viagem ao Canadá para realização de um encontro com a comunidade portuguesa e de duas apresentações em universidades de Toronto, pode-se dizer que o livro Os Rapazes dos Tanques volta à estrada para a realização de mais duas sessões dedicadas a esta obra.
Assim, no próximo sábado, 8 de novembro, pelas 17:00, os autores Alfredo Cunha e Adelino Gomes vão estar na livraria Bertrand do Shopping Dolce Vita Coimbra para a apresentação de Os Rapazes dos Tanques, numa sessão que contará também com a presença de vários dos protagonistas cujas histórias são contadas no livro.
Considerada como uma das obras mais importantes e significativas relacionadas com o 40.º aniversário do 25 de Abril, Os Rapazes dos Tanques coloca o leitor no Terreiro do Paço e no Carmo, em Lisboa, na madrugada e manhã daquele dia de 1974, dando a conhecer, através das fotografias de Alfredo Cunha e das entrevistas conduzidas por Adelino Gomes, o que viveram os homens (oficiais, sargentos e praças) que estiveram frente a frente naqueles locais e naquelas horas. E a conhecer, também, o olhar que esses homens têm sobre o país, quarenta anos depois. Este trabalho de Alfredo Cunha e Adelino Gomes foi apresentado pela primeira vez em Lisboa, a 25 de março deste ano. Ao longo destes meses, os autores e muitos dos “rapazes” que são os protagonistas no livro têm estado um pouco por todo o país em encontros e sessões a convite de diferentes instituições. Em finais de setembro, Adelino Gomes e dois dos “rapazes” (o ex-alferes Fernando Sottomayor e o ex-cabo apontador José Alves da Costa) deslocaram-se a Toronto para ali participarem em três sessões distintas, integradas nas comemorações dos 40 anos do 25 de Abril: duas tiveram lugar nas universidades de York e de Toronto e destinaram-se a alunos de língua e cultura portuguesas; a outra aconteceu na Casa dos Açores do Ontário.
Até ao final do ano, está confirmada mais uma sessão: será em dezembro, no dia 6, às 21:30, no Fórum Actor Mário Viegas, em Santarém, no que se espera vir a ser um grande evento dedicado a Os Rapazes dos Tanques que, importa sublinhar, simboliza em Salgueiro Maia e em todos eles a homenagem que Portugal presta, quarenta anos depois, aos militares que derrubaram a ditadura.