quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Porto Editora - O inédito de Saramago e outras grandes novidades para a "rentrée"

A Porto Editora apresentou, esta manhã, no Museu da Fundação Oriente, em Lisboa, as novidades das várias chancelas para a rentrée literária. O grande destaque vai para a publicação do inédito de José Saramago: Alabardas, alabardas, Espingardas, espingardas.
Foram anunciadas também obras de grandes autores portugueses, como Gonçalo M. Tavares, na ficção, Mário de Carvalho num registo de não ficção, e Valter Hugo Mãe na literatura infantil.
A sessão começou com uma retrospetiva do primeiro semestre de 2014, no qual foram publicadas obras de autores tão importantes como Aleksandr Soljenítsin, Herberto Helder, Isabel Allende, Miguel Esteves Cardoso, Richard Ford ou Teolinda Gersão. No que respeita a novidades para a rentrée, Cláudia Gomes destacou o lançamento, pela Porto Editora, de uma coleção de livros infantis da autoria de Valter Hugo Mãe, cujo primeiro título será O paraíso são os outros, e a publicação de uma nova obra do famoso chef inglês Jamie Oliver.
Também no âmbito da Porto Editora, Manuel Alberto Valente evidenciou, naturalmente, Alabardas, alabardas, Espingardas, espingardas, o inédito do Prémio Nobel José Saramago, o mais recente romance de Gonçalo M. Tavares, Uma menina está perdida no seu século à procura do pai, e ainda Quem disser o contrário é porque tem razão, de Mário de Carvalho, um guia prático para a escrita de ficção.
João Rodrigues salientou a publicação, pela Sextante Editora, de uma nova obra do grande escritor brasileiro Rubem Fonseca, intitulada Amálgama.
Pela Assírio & Alvim, Vasco David deu ênfase a Poesia Presente – Antologia, de António Ramos Rosa, uma antologia preparada pela filha do poeta, com um prefácio de José Tolentino  Mendonça, e a uma nova edição do Livro do Desassossego. Foram apresentados 50 títulos, distribuídos por quatro chancelas: Porto Editora, 5 Sentidos, Sextante Editora e Assírio & Alvim.

Sem comentários: