sexta-feira, 16 de maio de 2014

Assirio & Alvim publica novo livro de Javier Cercas

Título: As Leis da Fronteira
Autor:
Javier Cercas
Tradução: Helena Pitta
N.º de Páginas: 416
PVP: 17,70 €
Coleção: Peninsulares

As Leis da Fronteira confirma o autor como uma das figuras indispensáveis da narrativa contemporânea
No próximo dia 23 de maio chega às livrarias nacionais o mais recente livro de Javier Cercas, um dos mais conceituados autores espanhóis da atualidade. As Leis da Fronteira é uma impetuosa história de amor e desamor, de enganos e violência, de lealdades e traições, de enigmas por resolver e de vinganças inesperadas.
No verão de 1978, com Espanha a sair ainda do franquismo e sem ter entrado definitivamente na democracia, quando as fronteiras sociais e morais parecem mais porosas do que nunca, um adolescente chamado Ignacio Cañas conhece por acaso Zarco e Tere, dois delinquentes da sua idade, e esse encontro mudará para sempre a sua vida. Trinta anos mais tarde, um escritor recebe o encargo de escrever um livro sobre Zarco, transformado nessa altura num mito da delinquência juvenil da Transição. O  que acaba por encontrar não é a verdade concreta de Zarco, mas uma verdade imprevista e universal, que nos diz respeito a todos. Assim, através de um relato que não dá um instante de trégua, escondendo a sua extraordinária complexidade sob uma superfície transparente, o romance transforma-se numa pesquisa apaixonada sobre os limites da nossa liberdade, sobre as motivações impenetráveis dos nossos atos e sobre a natureza inapreensível da verdade.
Escrevendo um romance que pinta, por um lado, um panorama complexo, cruel e detalhado de Espanha na segunda metade do século xx e que, por outro, decompõe esse panorama num número infinito de fragmentos de um caleidoscópio em mudança, Cercas oferece aos seus leitores uma obra prima da narrativa.

Sobre o Autor
Javier Cercas nasceu em Ibahernando, Cáceres, em 1962. Os seus livros foram traduzidos para mais detrinta línguas e obtiveram diversos prémios, de que destacamos: Prémio Nacional de Literatura, Prémio Cidade de Barcelona, Prémio Salambó, Prémio da Crítica do Chile, Prémio Llibreter, Prémio Qué Leer, Prémio Grinzane Cavour, Prémio The Independent Foreign Fiction, Prémio Arcebispo Juan de San Clemente, Prémio Cálamo, Prémio Mondello, Prémio Internacional Terenci Moix e The European Athens Prize for Literature. Em 2011 foi-lhe atribuído o Prémio Internacional do Salão do Livro de Turim pelo  onjunto da sua obra.


Sem comentários: