sábado, 3 de junho de 2017

Porto Editora: Isabel Allende dá cor à "Ninfa de porcelana"

Título: A ninfa de porcelana
Autora: Isabel Allende
Ilustrações: Ana de Lima
Tradução: Ângela Barroqueiro Págs.: 96
Capa: mole com badanas
PVP: 14,90 €

No próximo dia 8 de junho, a Porto Editora faz chegar a todas as livrarias A ninfa de porcelana, uma única e belíssima incursão de Isabel Allende ao mundo dos livros para colorir. As páginas do conto da autora chilena são ilustradas com o traço encantador e naïf de Ana de Lima, o que promete transformar esta obra num objeto de culto para leitores de todas as idades.
Ao longo do livro, a narrativa segue Don Cornelio, um homem cinzento em todos os aspetos. Vestia um fato cinzento e todos os dias saía de casa às 08:03 em ponto, o que servia para que os seus vizinhos acertassem os relógios à sua passagem. No entanto, quando os seus caminhos de sempre se cruzam com os de Fantasia, a ninfa de porcelana, a sua vida parece destinada a mudar. Com a ajuda dos leitores e da sua imaginação, esta personagem muito especial pode, por fim, dar cor à vida de Don Cornelio.
Os proveitos da autora correspondentes a esta obra revertem integralmente para a Fundação Isabel Allende, cuja missão é ajudar mulheres e crianças em situação de risco.

Sinopse: 
Esta é a história de um homem cinzento, cuja vida dá uma reviravolta maravilhosa num dia de outono: conheceu alguém. Mas não é um alguém qualquer. É uma ninfa chamada Fantasia, que parece decidida a dar cor à sua vida.
Percorre as páginas desta mágica aventura de Isabel Allende e começa também tu a colorir o universo de Don Cornelio. Seguindo os seus passos, não só verás com outros olhos o mundo que nos rodeia como poderás dar asas à tua imaginação e libertar o artista que há em ti.

Sobre a autora:
Isabel Allende, nascida em 1942, de nacionalidade chilena-americana, viveu no Chile entre 1945 e 1951, quando começou a viajar seguindo o seu padrasto, um diplomata chileno. Iniciou no Chile a sua carreira como jornalista. Após o golpe militar de 1973, refugiou-se na Venezuela, onde residiu treze anos, e aí começou a escrever. Desde 1988 vive na Califórnia.
Em 1982, o seu primeiro romance, A casa dos espíritos, transformou-se num dos títulos míticos da literatura latino-americana. Desde então escreveu vinte e dois livros, que se tornaram êxitos internacionais. A sua obra foi traduzida para trinta e cinco línguas e vendeu mais de sessenta e sete milhões de exemplares. Recebeu mais de cinquenta prémios internacionais e treze doutoramentos honorários. Em 2010 foi galardoada no Chile com o Prémio Nacional de Literatura, e em 2014 recebeu a Medalha da Liberdade, o galardão civil mais importante dos Estados Unidos.
Mais informações sobre a autora estão disponíveis em www.isabelallende.com e www.facebook.com/isabelallende.
Sobre a ilustradora:
Ana de Lima nasceu na Corunha, em 1977. Licenciou-se na Escuela Superior de Diseño de Moda Goymar, na sua cidade natal, e realizou diferentes formações na área da ilustração na Escola BAU de Barcelona e na Central Saint Martins, em Londres. Durante nove anos trabalhou para diferentes marcas como designer de moda, especializando-se em estampados. Entre os seus clientes estão: Caramelo, Zara, Women’s Secret,
Pull&Bear, Bershka e Adidas. A sua obra foi exposta em numerosas ocasiões, tanto em Espanha como na Alemanha. As suas ilustrações são fortemente inspiradas pela natureza. O mar, as flores, os animais, as montanhas, as árvores, assim como os objetos quotidianos fazem parte da sua iconografia.




Sem comentários: