sexta-feira, 3 de março de 2017 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidade Clube do Autor que os livrólicos não vão querer perder

Título: O Leitor do Comboio
Autor: Jean-Paul DidierLaurent
Tradução de Inês Castro
N.º de Páginas: 196 
PVP: 15,00€
Disponível a partir de 9 de Março

Leitura Obrigatória. L’ Express
A ideia original e o tom vivo fazem de O Leitor do Comboio uma obra cheia de encanto.
É de saudar esta homenagem à literatura e à leitura.
Lire
Um belo testemunho da universalidade do amor pelos livros. Livres Hebdo
Jean-Paul Didierlaurent escreveu uma das mais belas declarações de amor à leitura. La Razón

Faltam poucos dias para a publicação em Portugal do primeiro livro de Jean-Paul Didierlaurent, um romance de estreia cujos direitos de publicação já foram vendidos para mais de 30 países. O Leitor do Comboio é um livro sobre o amor pelos livros, uma história sobre vidas comuns tocadas pela força do amor e da literatura.

Guylain, o protagonista do livro, é um homem aparentemente simples, uma criatura de hábitos: faz sempre as mesmas coisas, nos mesmos horários. O comboio das 6h27, as pessoas que partilham a mesma carruagem, as paisagens que marcam o caminho, a leitura em voz alta, a rotina de volta da máquina de abate de livros, as folhas (sempre duas, arrancadas dos livros condenados), o peixe no aquário no seu regresso a casa. Um homem apaixonado pelas pequenas coisas, uma rotina com algo de Amelie Poulain, e um certo charme nessa simplicidade.

Até que dois acontecimentos inesperados alteram completamente o sentido da sua vida.

O Leitor do Comboio revela um universo singular, pleno de amor e poesia, em que as personagens mais banais são seres extraordinários e a literatura remedia a monotonia quotidiana. Herdeiro da escrita do japonês Haruki Murakami, dotado de uma fina ironia que faz lembrar Boris Vian, Jean-Paul Didierlaurent demonstra ser um contador de histórias nato.

Booktrailer