quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Novidade Temas e Debates: «Lenine no Comboio» de Catherine Merridale

Título: Lenine no Comboio
Autor: Catherine Merridale
Género: História
N.º de páginas: 344
PVP: 19,90€
Em livraria: 3 fevereiro 2017

Em plena Primeira Guerra Mundial, o relato empolgante de como o maior revolucionário russo foi levado num comboio selado através da Europa para mudar a história do mundo.
Em 1917, a guerra na Europa parecia ser eterna. Os dois contendores procuravam armas, táticas e ideias novas para quebrar o impasse. No governo alemão, um pequeno grupo de homens teve uma ideia brilhante: porque não semear a confusão numa Rússia cada vez mais caótica? E se se arranjasse uma maneira de Vladimir Ilitch Lenine, o mais célebre extremista revolucionário, que se encontrava então retido na Suíça neutra, voltar a casa?
Este livro recria a extraordinária viagem de Lenine a partir do exílio em Zurique, cruzando uma Alemanha a desmoronar-se devido às privações da guerra, em direção ao norte até à orla da Lapónia, até à extática receção final, pelas multidões de revolucionários, na Estação Finlândia de Petrogrado.

«Catherine Merridale é uma das principais especialistas na história da Rússia, combinando visões irónicas com uma simpatia profunda pelos seres humanos vítimas das tragédias sobre as quais escreve.» The Economist
«Uma história preciosa, que parte de um episódio do penúltimo ano da Grande Guerra para lançar luz sobre um continente, uma revolução e uma série de personagens num período de cataclismo e consegue-o com argúcia, equilíbrio e sensibilidade [...]. Catherine Merridale é uma historiadora cuja obra nos permite compreender sempre algo mais sobre o mundo que habitamos.» The Times

Sobre a autora:
Catherine Merridale, historiadora, publicou títulos como Night of Stone: Death and Memory in Russia (Heinemann Prize of Literature, selecionado para o Samuel Johnson Prize), Ivan’s War: The Red Army, 1939-45 e Fortaleza Vermelha: O Coração Secreto da História da Rússia publicado pela Temas e Debates/ Círculo de Leitores e distinguido com o Wolfson Prize for History e o Russian Book Prize da Pushkin House.


Sem comentários: