sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Saga de um cavaleiro renegado em busca das relíquias sagradas da Cristandade chega dia 12 às livrarias

Título: O Templário Negro
Autor: Roberto Genovesi
Tradução de Inês Guerreiro
N.º de Páginas: 400 
PVP: 17,50€

A saga de um cavaleiro renegado  em busca das relíquias sagradas da Cristandade

Chegaram, mataram, queimaram, roubaram, desapareceram… Antigo verso persa

O Templário Negro é um romance épico que dá vida a um período histórico marcado pelas guerras em nome da fé. Nele acompanhamos a saga de um templário renegado que tem como missão preservar a todo o custo uma insignificante lasca de madeira. Deus, ou o destino, escolheram-no para guiar a mão cheia de heróis que combaterá a última e definitiva batalha em nome da fé.

A narrativa tem início nas colinas de Nimrim, na Palestina, no 25º dia do Rabi al-Thani no ano 583 da Hégira. Neste romance, habilidosamente ambientado na época medieval, alternam-se datas do calendário gregoriano e datas do calendário islâmico. A escolha foi feita com base nos protagonistas dos capítulos de referência. Segundo Roberto Genovesi, o autor que agora damos a conhecer aos leitores portugueses, foram muitos os livros, os documentos e os textos originais consultados para a realização deste romance.

«Um romance bastante original, de largo folego, cheio de personagens, rico em descrições e invenções narrativas.» Il Giornale

Terra Santa, 4 de julho de 1187, Saladino, governador do Egito, esmagou os cruzados. Nesse domingo simbólico perdeu-se uma das mais importantes relíquias da Cristandade. Alguém será capaz de recuperar a Vera Cruz?

Sobre o autor:
Roberto Genovesi é jornalista, escritor, guionista e autor de programas televisivos. Colaborou com os mais importantes jornais italianos, entre os quais L’Espresso, Panorama, e La Reppublica. É um dos mais prestigiados ficcionistas históricos em Itália.




Sem comentários: