quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Novidade Ideias de Ler: Fátima – Milagre ou construção?

Título: Fátima – Milagre ou construção?
Autor: Patrícia Carvalho
Págs.: 232
Capa: capa mole
PVP: 15,50€

Fátima – Milagre ou construção?
Cem anos depois, Patrícia Carvalho questiona Fátima e as intenções por detrás do milagre.
A 22 de janeiro, a Ideias de Ler publica Fátima – Milagre ou construção?, da jornalista Patrícia Carvalho. O lançamento realiza-se na Fnac do Norteshopping, no Porto, pelas 17:00, e conta com a apresentação do jornalista Manuel Carvalho.
Esta obra é fruto de uma investigação baseada nos mais variados documentos da época, incluindo imprensa, publicações, fotografias e depoimentos, que analisam as versões da Igreja, mas também hipóteses nunca comprovadas que foram levantadas pelos jornais da República que à data gritavam “farsa”.
Nas páginas deste livro questiona-se se terá sido coincidência a Igreja ter tardado a abrir uma investigação ao caso e que, ainda antes de o fazer, tenha começado a adquirir terrenos e a projetar um santuário. Esta e muitas outras questões são levantadas pela autora que dedicou a sua investigação ao fenómeno religioso que marcou o séc. XX em Portugal e que, ainda hoje, atrai milhões de crentes.
Nas palavras da autora “A história de Fátima, tal como eu a fiquei a conhecer, é o que irão encontrar nestas páginas, livres do carácter tantas vezes apologético dado às “aparições” por figuras da Igreja ou do ataque e acusações gratuitas que marcaram os primeiros trabalhos jornalísticos da imprensa republicana, quando Fátima se começou a impor. A informação que aqui vão encontrar é, julgo, suficientemente rica e clara para que cada um possa tirar as suas próprias conclusões.”
Esta obra leva os leitores a colocar uma incómoda pergunta: “Estarão os crentes a alimentar uma mentira cuidadosamente planeada?”.

Sobre a autora:
Patrícia Carvalho nasceu no Porto em 1975. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa e foi como estagiária do Jornal de Letras que entrou no jornalismo. No final do curso quis regressar a casa e desde então trabalhou em vários jornais e revistas como O Comércio do Porto, a Grande Reportagem ou a Sábado. Desde 2008 trabalha no jornal Público.

Sem comentários: