quarta-feira, 9 de novembro de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Os pais sobreviveram a Auschwitz, o filho reconstituiu as memórias da família

Título: Regresso de Auschwitz
Autor: Goran Rosenberg
Tradução de José Manuel Barata-Feyo
PVP: 17,50 € 
N.º de Páginas: 302 

Este livro pode ser encarado como uma longa carta, rigorosamente baseada em factos reais, dirigida pelo autor ao pai, sobrevivente milagroso dos campos de concentração alemães da Segunda Guerra Mundial.

O autor começa por falar da sua infância, vivida numa pequena cidade do Sul da Suécia, e pretende ilustrar como o corte brutal com as raízes pode traumatizar irremediavelmente um ser humano. Foi o que sucedeu com o seu pai, cuja história é aqui revelada.

Vencedor do Prémio August de Literatura, Regresso de Auschwitz reconstrói as memórias de uma família e dá testemunho dos horrores da guerra. Centrado na história impressionante de um homem e de uma mulher (os pais do autor, que escaparam à morte num dos mais célebres campos de concentração da História, Regresso de Auschwitz narra a vida de uma família depois da libertação e a convivência com as memórias do Holocausto.

Inteligente e profundamente comovente, o autor desta obra recorda a criança que seguia as pegadas do pai, falando com ele, relembrando os seus esforços para iniciar uma nova vida nas sombras de um mundo que já não existe.

• «Uma obra grandiosa, concebida de forma única e com uma escrita extraordinária, humana, generosa, devastadora e, apesar de tudo, esperançosa.» Financial Times

«Um livro comovente, uma carta de um filho para o pai… É impossível ler esta obra sem pensar nos horrores que ainda hoje se vivem.»
The Wall Street Journal

Filho de pais polacos, Gӧran Rosenberg nasceu na suécia em 1948. Aí viveu até 1961 com os pais, sobreviventes do Holocausto. Após a morte do pai, Rosenberg e a família saíram de Estocolmo para Israel, regressando à cidade natal uns anos depois. Estudou na Universidade de Estocolmo e foi jornalista na rádio e televisão sueca. Tem vários outros livros publicados.