quinta-feira, 28 de julho de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidades Suma de Letras

Título: O Diário Secreto de Laura Palmer
Autor: Jennifer Lynch
Editora: Suma de Letras
N.º de Páginas: 264
PVP: 15,90€

Os fãs da série Twin Peaks vão querer esta história que nos transporte para os anos anteriores à morte de Laura Palmer

Sinopse:
Laura Palmer - a rapariga de rosto doce de Twin Peaks - escondeu as suas acções mais sombrias e os sonhos mais retorcidos num diário secreto, a partir dos doze anos... 
Até ao dia em que foi assassinada.

O diário contém pistas importantes sobre a identidade do seu assassino. E, para os habitantes de Twin Peaks, tem início um mistério que irá obcecá-los a todos...


Sobre a autora:
Jennifer Chambers Lynch, nascida a 7 de Abril de 1968, é uma realizadora americana e argumentista. É filha de David Lynch, o criador da série Twin Peaks, e tornou-se mais conhecida com o livro O Diário Secreto de Laura Palmer.

Título: O Homem Que Matou Sherlock Holmes
Autor:  Graham Moore
Editora: Suma de Letras
N.º de Páginas: 448
PVP: 19,50€

Um thriller emocionante e uma viagem pelos casos clássicos de Sherlock Holmes

Sinopse:
Londres vitoriana. Enquanto o mundo chora a morte do detective fictício Sherlock Holmes, Arthur Conan Doyle tem uma nova preocupação. Um encontro casual coloca-o no caminho de um assassino brutal que tem como alvo sufragistas. Juntamente com o seu amigo Bram Stoker, Sir Arthur deambula pelas ruas escuras da cidade à procura de um assassino que está determinado a evitar a captura...

Nova Iorque nos dias de hoje. O maior estudioso mundial de Sir Arthur Conan Doyle, Alex Cale, no dia em que vai revelar o diário perdido daquele, é encontrado morto, estrangulado, no seu quarto de hotel, onde alguém escreveu, com sangue, a palavra: "Elementar". Só o investigador literário Harold White está familiarizado com os mistérios arcanos dos romances de Sherlock Holmes para reconhecer as pistas que o assassino deixou e que o levarão até a um assassino preparado para não se deter perante nada, ao mistério do diário desaparecido de Conan Doyle, e a um segredo que o próprio Doyle, arriscou tudo para esconder...
Sobre o livro:
"O Homem Que Matou Sherlock Holmes é um romance histórico de suspense que cativará os fãs de Sherlock Holmes e qualquer leitor que gosta de um bom, sinuoso e inteligente mistério." - Amazon

"Moore entrelaça magistralmente histórias de mistério paralelas." - Entertainment Weekly

"Inteligente e intrigante." - The Guardian

"Um romance delicioso, e não é preciso ser fã de Sherlock Holmes para o apreciar." - Daily Mail

"Um mistério muito emocionante." -  New York Times Book Review

"Emocionante... Uma excelente história carregada de segredos sobre Conan Doyle e Sherlock Holmes." - USA Today

Sobre o autor:
Graham Moore, escritor de sucesso e realizador, vive em Los Angeles. O seu guião de O Jogo de Imitação, para além de vencer o Óscar para melhor guião adaptado, foi nomeado para um BAFTA e um Globo de Ouro. O Homem que matou Sherlock Holmes é o primeiro romance de Graham Moore, que foi traduzido para 15 línguas. Foi considerado "sublime, inteligente e delicioso" pelo The New York Times, "elucidado e entretido" pelo Los Angeles Times, e recebeu muitas outras críticas positivas nos diferentes países onde foi publicado. 

Título: Confissões
Autor: Kanae Minato
N.º de Páginas: 214
PVP: 16,90€

Melhor thriller do ano para a Booklist e para o Wall Street Journal

Sinopse:
Os seus alunos assassinaram a sua filha.
Esta é a sua vingança.

Depois de um noivado que acaba em tragédia, tudo o que resta a Yuko Moriguchi é a sua filha, de quatro anos, Manami. Quando esta é encontrada afogada nas piscina da escola, Yuko decide aposentar-se. Mas, antes, deve dar uma última lição.

Um mês depois do sucedido, a professora Moriguchi, no seu discurso de despedida, acusa dois estudantes de matar a sua filha e anuncia a sua vingança pessoal, atroz e imediata, mas concebida de modo a que as devastadoras consequências ocorram lentamente, para que os jovens tenham tempo de se arrepender e passar o resto dos seus dias suportando o peso da culpa.

Confissões é um romance narrado a várias vozes, magistralmente construído, onde o suspense é mantido até ao fim, quando as diferentes peças se encaixam. Mas é também uma reflexão sobre o sistema educativo, os laços familiares, o comportamento humano, o amor e a vingança.

Sobre a autora:
Kanae Minato nascida em Hiroshima, Japão, é uma autora de grande sucesso. É considerada a rainha do "iyamisu", um subgénero dos romances de mistério que contam sucessos aterradores e se focam no lado obscuro da natureza humana.

Confissões, o seu primeiro romance, vendeu mais de três milhões de cópias só no Japão, sucesso que repetido em todos os países onde foi publicado. Ganhador de vários prémios literários no seu país natal como o Melhor Thriller de Novos Autores e o Prémio Nacional de Livreiros. Também nos Estados Unidos foi considerado um dos melhores thrillers do ano, segundo a Booklist e o The Wall Street Journal. Para além de vencer o Prémio Alex e ser nomeado para o Strand Critics Award e o Shirley Jackson Award.

O filme baseado em Confissões, do realizador Tetsuya Nakashima, ganhou vários prémios no Japão e foi nomeado para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro.