quarta-feira, 22 de junho de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

«O Rouxinol», de Kristin Hannah, nas livrarias a 1 de julho

Título: O Rouxinol
Autor: Kristin Hannah
Género: Literatura / Thriller
Tradutor: Marta Pinho
N.º de páginas: 504
Data de lançamento: 1 de julho de 2016
PVP: € 17,70

Esta é a obra que consagra Kristin Hannah como uma das grandes autoras da atualidade, elevando-a a um novo patamar na ficção contemporânea ao ser reconhecida pela crítica internacional de renome

O panorama épico da Segunda Guerra Mundial narrado numa perspetiva feminina através do olhar de duas irmãs – Vianne e Isabelle – fazem de Rouxinol um dos livros mais aclamados pela crítica internacional. Kristin Hannah é uma das autoras femininas de maior sucesso mundial, mas esta obra eleva-a a um novo estatuto na ficção.
Sem perder a emotividade familiar, a paixão e o amor, ingredientes que estão na matriz da sua escrita, Kristin Hannah apresenta uma obra de uma grande profundidade, que celebra a resistência do espírito humano, em particular o feminino.

O Rouxinol foi considerado Livro do Ano em vários meios de renome, tais como: The Wall Street Journal, The Week, Buzzfeed, iTunes, Library Journal, Paste, Self.com, tendo chegado, inclusivamente, ao nº1 do The New York Times. Esteve ainda entre os 5 melhores Livros do Ano da Amazon.com. O Goodreads.com elegeu O Rouxinol como o Melhor Romance Histórico de 2015.
A qualidade literária de O Rouxinol já captou as atenções da indústria cinematográfica, pelo que Kristin Hannah terá em breve a sua estreia na Sétima Arte com uma adaptação deste livro.

Sinopse:
Na tranquila vila de Carriveau, Vianne despede-se do marido, Antoine, que parte para a frente da batalha. Ela não acredita que os nazis vão invadir a França… mas é isso mesmo que acontece, com batalhões de soldados em marcha, camiões e tanques, aviões que enchem os céus e largam as suas bombas sobre os inocentes. Quando um capitão alemão reclama a casa de Vianne, ela e a filha passam a ter de viver com o inimigo, sob risco de virem a perder tudo o que têm. Sem comida, dinheiro ou esperança, e à medida que o perigo as cerca cada vez mais, Vianne é obrigada a tomar decisões impossíveis, uma atrás da outra, de forma a manter a família viva.
Isabelle, a irmã de Vianne, é uma rebelde de dezoito anos, que procura um objetivo de vida com toda a paixão e ousadia da juventude. Enquanto milhares de parisienses marcham para os horrores desconhecidos da guerra, ela conhece Gäetan, um partisan convicto de que a França é capaz de derrotar os nazis a partir do interior. Isabelle apaixona-se como só acontece aos jovens… perdidamente. Mas quando ele a trai, ela junta-se à Resistência e nunca olha para trás, arriscando vezes sem conta a própria vida para salvar a dos outros.
Com coragem, graça e uma grande humanidade, a autora best-seller Kristin Hannah capta na perfeição o panorama épico da Segunda Guerra Mundial e faz incidir o seu foco numa parte íntima da história que raramente é vista: a guerra das mulheres. O Rouxinol narra a história de duas irmãs separadas pelos anos e pela experiência, pelos ideais, pela paixão e pelas circunstâncias, cada uma seguindo o seu próprio caminho arriscado em busca da sobrevivência, do amor e da liberdade numa França ocupada pelos alemães e arrasada pela guerra. Um romance muito belo e comovente que celebra a resistência do espírito humano, em particular o feminino.
Um romance de uma vida, para todos.

Sobre a autora:
Kristin Hannah é autora de inúmeros sucessos de vendas do New York Times. Nasceu em 1960 no sul da Califórnia, cresceu a brincar na praia e a fazer surf. Aos 8 anos, a família mudou-se para o estado de Washington. Trabalhou em publicidade, licenciou-se em Direito e exerceu advocacia durante alguns anos em Seattle. Quando a gravidez a obrigou a ficar de cama durante vários meses, Kristin retomou alguns textos antigos que tinha escrito em parceria com a falecida mãe, que sempre dissera que ela seria escritora. O marido encorajou-a, e assim que o filho nasceu, Kristin abandonou a anterior atividade profissional e dedicou-se à escrita a tempo inteiro. O primeiro êxito surgiu em 1990 e desde então que a sua profissão é escrever. A autora já publicou mais de 20 romances. Ganhou prestigiados prémios como um Rita Award (Romance Writers of America) em 2004 com Entre Irmãs, e o National Reader’s Choice. A sua obra está traduzida em várias línguas. Vive com o marido e filho na costa noroeste dos Estados Unidos.