quinta-feira, 2 de junho de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

O Livro dos Baltimore - Joël Dicker [Opinião]

Título: O Livro dos Baltimore
Autor:
Joël Dicker
Editor: Alfaguara
Páginas: 552
PVP: 21,90€

Sobre o livro:
Se encontrar este livro, por favor leia-o. Queria que alguém conhecesse a história dos Goldman de Baltimore.

Até ao dia do Drama, existiam dois ramos da família Goldman: os de Baltimore e os de Montclair. O ramo de Baltimore, próspero e bafejado pela sorte, mora numa luxuosa mansão. Encarna a imagem da elite americana, abastada e influente, que vive nos bairros exclusivos, passa férias nos Hamptons e frequenta colégios privados.. Já os Goldman de Montclair são uma típica família de classe média e vivem numa casa banal em Nova Jérsia. É a esta família modesta que pertence Marcus Goldman, autor do romance A Verdade sobre o Caso Harry Quebert. mas era à família feliz e privilegiada de Baltimore que Marcus secretamente desejava pertencer. Mas tudo isto se transforma com o Drama.
Oito anos depois do dia que tudo mudou, é a história da sua família que Marcus Goldman decide investigar. Movido pelas memórias felizes dos tempos áureos de Baltimore, procura descobrir o que se passou no dia do Drama, que mudaria para sempre o destino da família.
O que aconteceu realmente aos Goldman de Baltimore?

A minha opinião: 
Neste terceiro livro publicado, Joël Dicker volta a Marcus Goldman e em boa hora o fez. Se gostou de A Verdade sobre o Caso Harry Quebert vai render-se ao O Livro dos Baltimore.

Neste livro Dicker conta a saga da família Goldman. A família abastada que vive em Baltimore e a família remediada, da qual faz parte Marcus, que vive em Montclair.  E é no presente e em frequentes viagens ao passado que vamos acompanhando Marcus na sua busca pela verdade e do que aconteceu no dia do Drama.

A história, contada sempre do ponto de vista de Marcus, é bastante comovente. Atualmente um escritor de sucesso, mas que está a passar por um bloqueio criativo, refugia-se num local calmo tendo por vizinho Leo, uma personagem que me cativou por ser uma espécie de conselheiro bom, tal qual anjo da guarda, sempre presente nos maus momentos para o aconselhar. E é através deste local que Marcus vai recordando o passado, e como invejava os Goldman de Baltimore, a vida faustosa e de pleno sucesso que levavam e a boa escola que os primos frequentavam. Por isso mesmo, aproveitava todos os tempos livres para se juntar a eles e daí terem formado  o «Gangue dos Goldman».

No entanto, à medida que se vai descobrindo a história dos Goldman, vão ser desvendados muitos esqueletos no armário e nem tudo o que parece é. A tão maravilhosa família tem problemas como qualquer outra e não é tão feliz como faz parecer.

As questões familiares, os primeiros amores, a amizade levada ao limite, a relação entre primos/irmãos, o bullying nas escolas, tudo vai sendo relatado à medida que Marcus vai revelando o percurso da sua família.

Cheio de personagens fantásticas e marcantes, que nos deixa um misto de sensações: não querer largar o livro para saber como termina, e ao mesmo tempo prolongar a leitura por tempo indeterminado para que dure e dure e dure.

Para quando o próximo livro senhor Dicker? Alguém que esteve com ele na Feira do Livro de Lisboa lhe perguntou? Que inveja que tive de vocês meninas. Além de talentoso é guapo.

Recomendadíssimo.

Excerto:
"Muitos de nós procuramos dar um sentido às nossas vidas, mas as nossas vidas não têm sentido se não formos capazes de cumprir estes três destinos: amar, ser amado e saber perdoar. O resto não passa de tempo perdido."







6 marcadores:

The Books On My Shelfs disse...

Parece ser uma boa aposta para este verão! Vou tentar comprá-lo este sábado na Feira. Obrigada pela sugestão!

Convido-a a ir ler o novo post do blog!

Um abraço,
http://thebooksonmyshelfs.blogspot.com/

Maria Manuel Magalhaes disse...

Se puderes compra mesmo porque vale bem a pena. É um livro fantástico. Já leste o anterior dele?

Beijinhos,
Maria Manuel

Dora disse...

O anterior dele já vem a caminho na encomenda!

Maria Manuel Magalhaes disse...

Tenho a certeza de que vais adorar. E depois vais querer comprar este logo de seguida. É dos autores do momento. Muito bom mesmo.

João Miranda disse...

Gostei da opinião, não conhecia o livro/autor. Vai para wishlist :)

Maria Manuel Magalhaes disse...

Obrigada João.

Vale bem a pena ser lido, assim como o primeiro escrito por ele "A Verdade sobre o Caso Harry Quebert".