quinta-feira, 16 de junho de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidades Marcador

Título: A ilha da Entrada
Autor: Peter May
Editora: Marcador
Nº de Páginas: 480
PVP: 20€
Já à venda

O detective Sime Mackenzie é enviado desde Montreal para investigar um assassinato na remota ilha de Entry Island, a milhares de quilómetros de distância do território canadiano, atrás de si deixa uma vida de insónia e arrependimento. Mas o que parecia ser um simples caso, com uma simples resolução ganha dimensões perturbadoras quando conhece o principal suspeito, a mulher da vítima, e está convencido de que a conhece – mesmo que nunca a tenham visto antes. E quando a sua insónia é pontuada por sonhos de uma Escócia distante, situada num outro século, este crime no golfo de St. Lawrence leva-o por um caminho que ele nunca teria antevisto, forçando-o a enfrentar um conflito entre o seu dever profissional e o seu destino pessoal.
Com as noites assombradas por estas recordações de uma Escócia, a quase cinco mil quilómetros de distância, nos seus sonhos de um passado distante, a viúva da vítima tem um papel principal no desfecho. A certeza de Sime torna-se então obsessão e, apesar das provas incriminatórias, ele dá por si convencido da inocência da mulher. E como prova-lo e onde o levará esta certeza?

«Peter May é um autor que seguiríamos até aos confins da Terra.» The New York Times
«Um verdadeiro prazer na leitura.»  The Guardian
«Esta é uma das séries de romance policial mais conceituadas dos últimos anos.» The Independent

Sobre o autor:
PETER MAY nasceu e cresceu na Escócia. Aos 26 publicou o seu primeiro romance, que foi adaptado com grande para uma série da BBC. Decidiu abandonar o jornalismo e, durante os 15 anos que seguiram, foi um dos dramaturgos televisivos mais bem-sucedidos da Escócia. Decidiu depois de mais de mil episódios de várias séries escritos e produzidos, abandonar a televisão para regressar ao primeiro amor, a escrita de romances. Recebeu vários prémios literários em França e o Barry Award, nos Estados Unidos, pelo livro A Casa Negra, o primeiro dos seus best-sellers internacionais e também o primeiro volume da Trilogia de Lewis. Em 2014, recebeu o galardão Melhor Livro do Ano do ITV Specsavers Crime Thriller Book Club, pelo livro Entry Island. Peter vive no sudoeste francês com a sua mulher, a autora Janice Hally.

Título: Das Margens Nascem Flores
Autoras: Beatriz Matoso com Pilar Marques
Editora: Marcador
Nº de Páginas: 320
PVP: 15€
À venda a partir de 8 Junho

Este livro é o resultado de uma experiência de voluntariado, realizada no Estabelecimento Prisional de Tires no âmbito da Associação Dar a Mão, com a finalidade de dar apoio às reclusas do Estabelecimento Prisional de Tires e preparar a sua reinserção social. Das Margens Nascem Flores foi escrito a várias mãos, pela psicanalista que acompanha o grupo: Beatriz Matoso, a enfermeira: Pilar Soares Marques e claro com o contributo de algumas reclusas. Tem por objectivo promover o desenvolvimento da auto-estima e o crescimento pessoal, afectivo e laboral de cada reclusa, e incentivar o trabalho e a formação profissional.
«Será que vamos ser capazes de conter as suas angústias e levá-las a acreditar que podemos sempre melhorar a nossa vida?» - Beatriz Matoso

O que têm em comum uma psicóloga, uma enfermeira e as reclusas de um estabelecimento prisional? As “Conversas em Roda”, que tiveram início há oito anos, no Pavilhão das Condenadas, ao ritmo de uma sessão mensal, durante uma hora e meia. É um grupo aberto. Na “roda” cabe sempre mais uma. Pretende-se, deste modo, criar um clima de tolerância e liberdade, que contribua para compensar a exigência rígida da vida na prisão e incite o sentimento de que pensar pode ser libertador e transformador.

«Ultimamente tenho pensado sobre o envelhecimento. Entrei para a prisão com 39 anos, tenho 50 anos (11 e 2 meses de pena cumpridos dentro um pavilhão), e sinto que estou estou a envelhecer sem uma simples bicicleta para exercitar as pernas, (…) posso sempre recorrer às duas horas de recreio, que me são dadas por lei, mas andar voltas num quadrado rodeado de cimento faz-me sentir deprimida, (…). Hoje sinto-me como se tivesse sido colocada numa caixa esquecida, mas eu tenho vida.»  - Reclusa

Sobre as autoras:
BEATRIZ MATOSO trabalha como voluntária no E.P. de Tires há 11 anos. É psicanalista e psicoterapeuta. Licenciou-se em Filosofia pela Faculdade de Letras de Lisboa e fez a sua formação em Psicanálise no Instituto de Psicanálise da Sociedade Portuguesa de Psicanálise.

PILAR MARQUES é enfermeira especialista em Saúde Mental e Psiquiátrica. Fez a sua formação de base na Escola Superior de Enfermagem Calouste de Gulbenkian e tirou a especialidade na Escola Superior Maria Fernanda Resende.

Título: O Mercado Grita Talento
Autor: Miguel Gonçalves
Editora: Marcador
Nº de Páginas: 272
PVP: 16,50€
Já à venda

O principal objectivo deste livro será ajudar os seus leitores a reflectir sobre o mercado de trabalho e sobre o seu espaço dentro do mesmo. Pois todos possuem um conjunto de competências únicas e singulares que os diferenciam de todos os outros e que muitas vezes desconhecem ou simplesmente não dão o devido valor.
Algumas pessoas nascem com o talento para influenciar pessoas e coordenar equipas, outras para processar informação, ou até para produzirem relatórios complexos. Alguns ainda podem ter como mais-valias a consistência e a regularidade do seu trabalho, ou a manutenção da calma e o sentido de humor em momentos de elevada turbulência e stress. Bem como outros podem ser munidos de uma enorme clareza de raciocínio e uma facilidade em produzir ideias e conteúdos novos.
Todas elas são capacidades, características e competências que merecem ser identificadas e incrementadas, por forma ao seu detentor alcançar o seu lugar no mercado de trabalho. De forma efectiva e com sucesso.

«Seja ele qual for [o conjunto de competências], espero que este livro te desafie a interrogar sobre qual é o teu talento, a pensar nas tuas competências, a desenhar possibilidades que ajudem a navegar a tua carreira e a reconhecer o encanto singular que há em ti.» - Miguel Gonçalves

Sobre o autor:
Miguel Gonçalves é empresário, ávido viajante e fundador da Spark Agency, uma empresa especializada em Employer Branding, Recrutamento e Gestão de Talento. Licenciado em Psicologia pela Universidade do Minho, passou os últimos anos a conduzir as operações da Spark e a construir o Pitch Bootcamp, o acelerador de carreiras que aproxima jovens universitários e empresas em universidades de referência como o Técnico de Lisboa, a Nova SBE, a FEUP, o ISCTE-IUL, o ISEG e a FCT-UNL, tendo desafiado mais de 6000 jovens a repensar as suas carreiras e a desenvolver competências. Trabalha com empresas como: Jerónimo Martins, KPMG, Fidelidade, Vodafone, Red Bull, EDP, PT, Pfizer, Deloitte, PwC, CTT, entre outras.

Título: Prometo Perder
Autor: Pedro Chagas Freitas
Editora: Marcador
Nº de Páginas: 312
PVP: 17,50€

Depois do sucesso de PROMETO FALHAR e QUERES CASAR COMIGO TODOS OS DIAS, com mais de de 150.000 exemplares vendidos em Portugal e publicado no estrangeiro em países como Brasil, Itália (onderangeiro países como Brasil, Itália (onde 150.000 exemplares vendidos em Portugal e publicado no estrangeiro países como Brasil, Itália (onde 150.000 exemplares vendidos em Portugal e publicado no estrangeiro países como Brasil, Itália (onde 150.000 exemplares vendidos em Portugal e publicado no estrangeiro países como Brasil, Itália (onde 150.000 exemplares vendidos em Portugal e publicado no estrangeiro países como Brasil, Itália (onde 150.000 exemplares vendidos em Portugal e publicado no estrangeiro países como Brasil, Itália (onde ainda está no top de vendas há mais de 5 semanas) e de Espanha. Pedro Chagas Freitas agora mais uma obra inédita. Em mais uma viagem intimista e desconcertante, o autor caminha, em PROMETO PERDER, até ao interior da emoção: da saudade ao desejo, da rebeldia à submissão, da dor ao amor, nada ficará por tocar.

PROMETO PERDER
Voltar ao teu corpo como se voltasse a casa. Os teus lábios e um abraço. A roupa a mais quando se quer assim. Os vizinhos invejosos por alguém amar inteiro. Gosto da maneira como te guardas no interior do meu peito, os meus braços abertos e tu como se esperasses a chegada da morte. É tão inexplicável a tua pele. A vontade de chorar. Ou existe o eterno ou nada. A carne bruta e um poema no teu orgasmo. Gosto da maneira como me pedes por favor para ser humano. Existe algo de solene na forma como me fazes perder a vergonha. Ser feliz é credibilizar o pecado, e certamente pecar.

Amar é metade daquilo porque vale a pena viver. E a outra metade é ser amado.

Prometo por vezes fraquejar, por vezes cair, por vezes ser incapaz de ganhar. Nem sempre conseguirei superar, nem sempre conseguirei ultrapassar. Nem sempre poderei ser capaz de ir tão longe como tu me pedes, de te dar exactamente o que merecias que te desse. O que desesperadamente te quero dar. Nem sempre conseguirei sorrir, também.

Prometo perder.

Sobre o autor:
PEDRO CHAGAS FREITAS é um dos autores mais lidos em Portugal e é bestseller também noutros países como Itália e Brasil. É autor de vários livros, entre eles: Prometo Falhar, Queres Casar Comigo Todos os Dias, Eu Sou Deus, Ou És Tudo ou Não Vale Nada, In Sexus Veritas, etc. É criador de vários jogos de escrita e lecciona workshops de escrita criativa. Acredita que não é é parar que é parar que é morrer; é ir andando.