quarta-feira, 25 de maio de 2016

Heather Gudenkauf desvenda a «Teia de Mentiras»

Teia de Mentiras | 320 pp. | 18,79€ | Saída a 23 de maio

«Uma leitura frenética que conquistará os fãs de thrillers psicológicos.» - Booklist
«Viciante.» -Marie Claire
«Uma leitura memorável.» - Sunday Express
«Mantém o suspense até à última página.» Bookpage
Jack Quinlan viveu assombrado durante décadas pelo assassínio brutal da sua mãe, cujo corpo foi ele que encontrou,
em adolescente, no celeiro da quinta da família. Na altura, o caso abalou a pequena cidade de Penny Gate, à qual Jack
evitou regressar durante anos.
O passado nunca fica esquecido
Quando a sua tia Julia sofre um acidente e acaba em coma no hospital, Jack e a mulher, Sarah, veem-se obrigados a
enfrentar o passado de que Jack vinha a fugir. À medida que a verdade sobre o acidente de Julia começa a revelar-se e
este se transforma num caso de polícia, Sarah apercebe-se de que nada sobre a família do marido é o que aparentava
ser.
Onde está a verdade?
Apanhada numa teia de mentiras e de perguntas sem resposta, Sarah mergulha no confuso passado de Jack à procura
da verdade. No entanto, quanto mais se vê envolvida, mais difícil se torna para ela escapar de uma realidade para a qual
poderá não estar preparada.
Num crescendo de ritmo e ação, este é um thriller de conspiração internacional com um final alucinante, que os
amantes do género não podem perder.

Sobre a autora:
Heather Gudenkauf é uma autora norte-americana, bestseller do New York Times e do USA Today, que já conta com cinco romances publicados.
Nascida no Dakota do Sul e criada no Iowa, desde muito pequena que se apaixonou pelos livros e encontrou na leitura o seu lugar de eleição,
tornando-se uma leitora voraz e plantando, assim, a semente da escrita. Licenciou-se em Educação e tornou-se professora, ocupação que ainda exerce em paralelo com a sua atividade de escritora.

Saiba mais sobre a autora em www.heathergudenkauf.com



2 comentários:

Dora disse...

Esta capa está espetacular!

Maria Manuel Magalhaes disse...

Pois está Dora e o livro também me parece bom. Já está na minha wishist.