quinta-feira, 31 de março de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Albatroz: O extraordinário diário de três vitórias sobre o cancro

O sofrimento pode esperar é um relato vivo e apaixonante de como João da Silva enfrentou e venceu, sucessivamente, a doença maldita.

Ainda há histórias felizes. E esta vale a pena conhecer.
O oncologista José Luís Passos Coelho escreve, no prefácio, que “a história do João da Silva é simultaneamente representativa e também atípica da experiência dos doentes com cancro” – e, em boa verdade, oferece o melhor ponto de partida para conhecer este caso singular, vivido e escrito por João da Silva, jornalista de profissão, que chega às livrarias nos próximos dias.
O sofrimento pode esperar – diário de três vitórias sobre o cancro, edição Albatroz, é um relato genuíno e cru do dia a dia de João da Silva ao longo das duras batalhas contra o cancro. Como o próprio autor assume, este estilo de narração permite transmitir ao leitor a intensidade da luta, dando especial enfoque ao que é o grande objetivo: partilhar uma luz de esperança com todos os que passam por uma fase aparentemente tão escura, mostrando que é possível fazer muito mais do que apenas sobreviver quando se luta contra uma doença tão devastadora.
Por outro lado, este livro pode contribuir para sensibilizar a opinião pública para a necessidade de combater o isolamento dos doentes oncológicos. Como afirma o oncologista José Luís Passos Coelho, “o diagnóstico do cancro ainda tem uma conotação depreciativa”, pelo que “dar a cara mostra coragem e carácter” e levar a “transformar-se em campeão por uma causa – e os doentes oncológicos não têm o mesmo «poder reivindicativo» de outros grupos de doentes”.

Sobre o autor:
João da Silva nasceu em Cascais em 1975 e formou-se em Comunicação Social na Universidade Católica Portuguesa. Enveredou pela carreira jornalística em 1999, estreando-se no jornal A Bola, onde se especializou na cobertura das modalidades ditas amadoras. Mais tarde apostou noutra área, ingressando nos quadros da revista Auto Foco, do mesmo grupo editorial, publicação especializada no setor automóvel. Leitor e escritor compulsivo, encontrou aí um refúgio no período mais difícil da sua vida, o qual revisita neste livro.