segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Ilustradora Carol Rossetti em Portugal para promover "Mulheres"

Março ainda vem longe, mas a Saída de Emergência vai assinalar o mês da Mulher com a publicação do livro Mulheres da conhecida ilustradora brasileira Carol Rossetti. O livro vai para as livrarias a 5 de Fevereiro.

Com este livro a autora pretende passar uma mensagem de respeito, dignidade e auto-estima para todas as mulheres que sofrem com preconceitos e pressões instituídas pela sociedade. Esta obra mostra que é possível a Mulher gostar de si mesma tal como é.

Para isso, convidaram a autora para vir a Lisboa nos dias 7, 8 e 9 de Março.

Sinopse:
Existem mulheres negras, brancas, morenas, latinas, asiáticas, indianas, indígenas. Existem engenheiras, donas de casa, prostitutas, ministras, artistas, executivas, atrizes. Há mulheres cegas, surdas, mudas. Mulheres bipolares, deprimidas, ansiosas.

Existem heterossexuais, lésbicas, bissexuais, arromânticas, pansexuais, assexuais. Mulheres cristãs, ateias, budistas, muçulmanas.

Há mulheres que não são ativistas, que nunca ouviram falar em feminismo, que nunca discutiram racismo. Mulheres que lutam de formas diferentes, a partir de ideias que não conhecemos. Existem mulheres que têm vergonha de partilhar as suas escolhas por medo de serem julgadas. E existem mulheres que discordam de tudo o que eu disse até aqui.

Cada Mulher tem a sua própria história, e acredito que todas merecem ser ouvidas e representadas. A minha abordagem será abrangente, convidando todos os que partilhem comigo essa ideia de liberdade a celebrar a diversidade do ser humano.


Sobre a autora:
Carol Rossetti decidiu ser ilustradora aos 4 anos, quando os seus pais lhe ofereceram uma caixa de lápis de cor.

Mais tarde, resolveu que queria estudar design gráfico, área na qual se formou em 2011. Mora em Belo Horizonte e concilia os seus projetos autorais de ilustração com o estúdio Café com Chocolate Design, projeto criado por ela com três amigos. As suas ilustrações já foram traduzidas para mais de 15 idiomas e divulgadas nos média internacionais como CNN,Cosmopolitan e Huffington Post. Carol foi destacada pelo Facebook Stories como um exemplo de mulher que faz a diferença na sua comunidade e a nível global. Até aos dias de hoje, Carol adora receber cadernos e delicia-se com as infinitas possibilidades de um papel em branco.