sexta-feira, 29 de janeiro de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Planeta: Novidades Fevereiro

FICÇÃO

Título: MAIS MALDITO KARMA
Autor: David Safier
N.º de Páginas: 288
PVP: 17,76 €
Disponível a partir de 3 de Fevereiro

Mais Maldito Karma é uma fábula divertida e engenhosa, que nos ensina a lição mais importante da vida: não vale a pena viver se não o fazemos em pleno.
Baseado em algumas premissas bastante bizarras e absurdas, David Safier constrói um romance com duas camadas: uma exterior, divertida e superficial; outra interior, que nos faz pensar quais são as nossas prioridades na vida e se valem a pena.
Esta sequela de Maldito Karma, traz novas personagens hilariantes, como Daisy Becker, uma actriz falhada e maluca, que bebe, fuma e rouba os companheiros de casa; e o actor Steve Barton, supersexy, mas bastante estúpido.
Maldito Karma vendeu mais de 1,5 milhão de exemplares na Alemanha.
Em Portugal, em poucos meses, chegou às 5 edições.

Daisy Becker é uma actriz de segunda, a sua carreira está acabada e a vida pessoal é um caos. A ponto de ficar na rua porque não consegue pagar a renda.
Daisy conhece a estrela de Hollywood do momento, o arrogante Marc Barton, que está em Berlim a rodar o novo filme de James Bond. A sua relação começa da pior maneira.
E piora quando, depois de morrerem num acidente de carro, recebem o castigo por acumularem mau durante a vida: voltam a nascer como formigas.
Nenhum deles tem muita vontade de partir para a guerra como insectos. Além disso inteiram-se que o melhor amigo de Daisy e a mulher de Marc estão a sair juntos. 
Que fazer? Ir em busca de bom e subir os degraus da escada da reencarnação até voltarem a ser humanos. Mas não é assim tão fácil, principalmente com as armadilhas amorosas.
Sobre o autor
Nasceu em Bremen, em 1966. Conhecido guionista de séries de televisão de êxito, como Mein Leben und Ich (A Minha Vida e Eu), Nikola e Berlim, Berlim, foi galardoado com o Prémio Grimme e com o Prémio TV da Alemanha, bem como com um Emmy, nos Estados Unidos. Vive e trabalha em Bremen.
Maldito Karma (Planeta, 2011), o seu primeiro romance, foi um êxito internacional, que vendeu mais de um milhão e quinhentos mil exemplares na Alemanha e que conta com várias edições em diversos países. Em Portugal, em poucos meses chegou às cinco edições.
Depois de Jesus Ama-me, Uma Família Feliz e 28 Dias, Mais Maldito Karma é a nova aposta do autor na Planeta, um livro com uma história que não nos deixará indiferentes.

Sobre o autor:
«O esforço de escrita é muito maior para escrever uma linha com graça do que uma com emoção.»
O humor é sem dúvida o ingrediente-estrela dos seus romances. Mas os alemães não são conhecidos pelo seu humor. Abriu caminho na literatura alemã para este género? É difícil escrever com humor?
Bom, temos alguns escritores que escrevem com humor, eu não sou o único.
No entanto, o que distingue os meus romances é que para além do humor falam muito sobre emoções. Escrever com humor é muito difícil, o esforço de escrita é muito maior para escrever uma linha com graça do que uma com emoção.
Nos seus romances há sempre uma personagem que vive uma experiência extraordinária que a faz encontrar a si própria e a descobrir o segredo da felicidade. Considera que os seus livros seguem uma espécie de padrão? Têm algo em comum?
Todos eles, incluindo o meu romance sobre o Holocausto - 28 Dias - são sempre sobre como queremos viver uns com os outros e o que torna a vida boa e má.
Os seus romances estão narrados do ponto de vista feminino e consegue que o leitor se sinta na pele das protagonistas.
Sendo homem, onde se inspira para ir buscar esse lado feminino?
Eu tenho uma visão bastante incomum do mundo. Acho que os homens e as mulheres não são assim tão diferentes. Pode ser uma surpresa para as leitoras, mas nós homens também temos sentimentos.
Temos é dificuldade em expressá-los. Para mim é muito natural que eu escreva sob a perspectiva de uma mulher, porque os meus romances são sobre sentimentos.
Neste romance, Mais Maldito Karma, volta a recuperar o tema da reencarnação. Há alguma razão especial para o fazer? Foi um risco calculado esta sequela?
Logo a seguir ao meu primeiro romance, as pessoas perguntaram-me:
‘Quando é que escreves um segundo?’. A minha resposta foi: ‘Quando eu tiver uma grande ideia!’. Levei oito anos para ter uma. Por isso, e como podem ver, não sou muito rápido a pensar.
Na sua opinião em quem encarnaria Angela Merkel?
As pessoas de esquerda diriam numa formiga, por causa da sua política financeira. Muitas pessoas diriam que seguirá o caminho do Nirvana por ser uma boa alma, e ter ajudado todos os refugiados. As pessoas de direita pensariam o oposto. Pessoalmente, penso que é no meio que está a virtude e a verdade, e, por isso, Angela Merkel encarnaria provavelmente num peixinho dourado.
Os seus livros além de fazerem rir também fazem pensar o leitor. Neste livro que mensagem quer fazer passar?
Este livro é sobre não ter medo do amor, porque a vida é demasiado curta para termos medo dos nossos próprios sentimentos.
Já recebeu ofertas para adaptar os seus livros ao cinema?
Jesus Ama-me já foi filmado. Uma Família Feliz vai ser um fantástico filme de animação – como os da Pixar – em 2017. E 28 Dias está a ser produzido.
Quanto ao Karma, veremos…
É guionista e jornalista. O processo de escrita de romances é diferente?
Qual prefere?
Escrever romances dá-me muito mais liberdade. Não preciso de pensar em orçamentos, pois uma página impressa custa o mesmo, não importa o quê.
Todo o escritor tem um autor em que se inspira e um livro que o marcou. Quais são os seus?
Quando tinha 17 anos vi num supermercado em Amesterdão a brochura de À Boleia pela Galáxia, de Douglas Adams. Li as primeiras páginas ali mesmo no supermercado e soube a partir desse momento que queria fazer da escrita o meu modo de vida, como aquele escritor.
Que conselhos daria a todos os que sentem uma paixão pela escrita?
Escrevam, escrevam, escrevam. Escrever é como um músculo que precisa de ser treinado.

NÃO FICÇÃO
Título: COMO ENCONTRAR O CÉUAutor: Theresa Cheung
PVP: 17,76€ 
N.º de Páginas: 280
Nas livrarias a partir de 3 de Fevereiro

Quase nove em cada dez pessoas acreditam na promessa do paraíso ou na vida após a morte.
Mas o que é o céu e como o pode encontrar?
Há prova de que o céu existe?
É possível conversar com os seus entes queridos falecidos?
É possível encontrar o paraíso na Terra?
Teresa Cheung oferece respostas a todas estas perguntas eternas e mais.
O livro trata da antiquíssima busca para o sentido da vida até hoje com conselhos sobre como reconhecer a presença de espíritos na vida quotidiana e decifrar as mensagens divinas que nos enviam constantemente.
Com diversas informações sobre o caminho para o céu que pode ser tomado (com ou sem credo ou crença em Deus), os leitores irão aprender que o céu não é só «lá fora», mas que também pode ser descoberto dentro de nós. Qualquer pessoa que anseie por orientação espiritual que transcenda a religião encontrará neste livro um guia de referência e uma constante fonte de alimento e inspiração.
A obra tem como tema uma viagem, apresentando a procura do céu como a busca de um tesouro escondido – fácil de descobrir se tiver o mapa certo – e pode ser usado para força, orientação e incentivo, sempre que tiver necessidade de conforto, esperança e amor.
Sempre que precisar de se lembrar que o céu existe e que pode encontrá-lo sempre que desejar, aqui e agora.
Theresa Cheung é uma estudiosa de anjos, guias espirituais, sonhos e visões da outra vida, e sente que os anjos guiam e orientam a sua vida e escrita. Ela própria teve também várias experiências angélicas, algumas das quais partilha neste livro.

Sobre a autora
Theresa Cheung nasceu numa família de espiritualistas com poderes psíquicos. Desde que se formou no King’s College, em Cambridge, tem estado envolvida no estudo sério dos fenómenos paranormais, há mais de 25 anos, tendo sido aluna do College of Psychic Studies, em Londres.
É autora de diversos livros, incluindo o best-seller internacional The Element Encyclopedia of 20,000 Dreams, bem como The Element Encyclopedia of the Psychic World, The Element Encyclopedia of Birthdays e Working with Your Sixth Sense.
Os seus livros já foram traduzidos em mais de 20 línguas e objecto de artigos nas revistas It’s Fate, Spirit and Destiny e Prediction.
Colaborou também em livros de Derek Acorah, Yvette Fielding e Tony Stockwell.
Se já teve uma experiência angélica e deseja partilhá-la com Teresa, ela terá muito gosto que lhe escreva. Por favor contacte-a ao cuidado de HarperElement, Editorial Department, 77-85 Fulham Palace Road, London W6 8JB ou envie-lhe directamente quaisquer histórias inspiradoras e exaltantes para: angeltalk710@aol.com

JUVENIL 
Título: A FEITICEIRA DAS TEMPESTADES
Autor: Tea Stilton
N.º de Páginas: 280 + 16 páginas a cores
PVP: 16,65€
Nas livrarias a partir de 3 de Fevereiro
Após a derrota do Príncipe sem Nome, as princesas têm de enfrentar um novo e aguerrido inimigo: as Feiticeiras Cinzentas.
Antigas aliadas do Rei Malvado, estas criaturas sem tempo estão determinadas a combater as Princesas com as armas da Magia sem Cor.
Numa batalha sem precedentes, as cinco filhas do Rei Sábio irão descobrir que algo no passado das feiticeiras, um segredo escondido no tempo, será revelado para as poder derrotar.

Neste novo livro, o céu está a ficar escuro, e o vento fustiga as nuvens: o feitiço da Tempestade Final está para começar.
Chegou a hora de as Princesas enfrentarem a terrível Feiticeira Etérea, Senhora das Tempestades e Soberana do Raio…
Uma clássica luta entre o Bem e o Mal, recheada de valores de solidariedade, bravura e romantismo, onde o amor à natureza, a fraternidade e a valentia vencem os maiores obstáculos.
Recomendado para crianças a partir dos 8 anos.
Este livro, tal como os anteriores da série, é ilustrado a preto e branco, e inclui dezasseis páginas a cores com todos os segredos da Rainha.
E há mais uma surpresa: a parte interior da sobrecapa transforma-se num fantástico poster da Feiticeira.
Mais de 35.000 exemplares vendidos em Portugal desta colecção
Desta colecção Princesas do Reino da Fantasia fazem parte os seguintes livros:
Princesa dos Gelos;
Princesa dos Corais;
Princesa do Deserto;
Princesa das Florestas;
Princesa da Escuridão;
Rainha do Sono;
Feiticeira das Marés;
Feiticeira das Chamas;
Feiticeira do Som.