sexta-feira, 22 de janeiro de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidades Marcador já à venda

Título: Apetece(s)-me 
Autor: Laura Almeida Azevedo
Editora: Marcador 
Nº de Páginas: 232
PVP: 17,50€ 

Da autora do blogue Apetece(s)-me um  livro que conta histórias de todos os tipos de amor

Do amor [im]perfeito. Do amor violento, arrebatado, que quase rasga a pele. Do amor que sufoca. E do amor que dá vontade de saltar à corda e de voar sobre as árvores. Do amor da mãe, do pai. Do amor dela por ele e dele por ela: esse, tão cheio de paixão, de urgência e de tudo. Do amor pelo outro, mas também do amor-próprio — que, às vezes, dá ainda mais trabalho do que qualquer outro. Porque são tantas as histórias que o amor pode contar. E tantas as que se vivem por [des]amor.

«Faz falta um amor. Um amor que altere a nossa vida. Um amor que faça a diferença. Um amor que nos marque, independentemente do tempo, mais do que qualquer outro. Um amor que nos obrigue a fazer muito mais, a dar muito mais, a ser muito mais. Um amor que teste os nossos limites. Que seja uma descoberta e muito mais completa do que qualquer outra. (…) Um amor (…) que nos obrigue a conhecer o melhor e o pior de nós. Sim, faz falta um amor. Um amor que até possa acabar quando menos queremos e ir embora da nossa vida – sem nunca ir, de facto, embora de nós -, mas que seja inteiro enquanto dura. Sim, faz falta um amor.»

Sobre a autora:
Laura Almeida Azevedo é apaixonada por palavras e ilustração, por música e dança, por casas e cidades grandes. Mas, sobretudo, por esta amálgama de emoções que sacode os dias e que nos obriga a viver, muitas vezes, com o coração na boca. É sobre isto que escreve, brincando com as palavras, como se lhe fervessem nas mãos. Em 2014, lembrou-se de criar, por brincadeira, a página de Facebook e o blogue Apetece(s)-me, para poder dar largas à sua vontade insaciável de criar uma data de coisas ao mesmo tempo: prosa, ilustração, fotografia, vídeo. Ano e meio depois, são já 100 mil os seguidores. Uma brincadeira feliz, portanto. Licenciada em Ciências da Comunicação, é ilustradora, designer gráfico e escreve. É [quase] tudo o que gostaria de fazer.

https://www.facebook.com/apetecesme/?fref=ts
http://apeteces-me.com/

Título: In Sexus Veritas
Autor: Pedro Chagas Freitas
Editora: Marcador 
Nº de Páginas: 1136
PVP: 33,00€ 

De um elenco eclético nasce a desconcertante acção de In Sexus Veritas, um romance intrigante, carregado de sátira e de ironia – um catálogo de amor e de ódio, de desejo e de vingança, de ambição e de submissão.

«O problema da felicidade é ser ilegal. Enquanto a felicidade não estiver na lei nenhum mundo será perfeito. Enquanto a felicidade estiver fora da lei nenhum mundo será perfeito. Enquanto a felicidade estiver fora da lei tudo continuará a ser permitido para a evitar. E nada será feito para a instituir. Verdadeiramente instituir. Todas as Constituições deviam começar pelo seguinte ponto: Todas as Pessoas Têm o Dever de Ser Felizes. Ou: Todas as Pessoas São Obrigadas a Ser Felizes. Um país sem felicidade é um país do Terceiro Mundo. É a felicidade que define o grau de riqueza de um país. Devia ser o homem mais feliz do mundo – e não o homem com mais dinheiro do mundo – a estar na capa de todas as revistas de alta finança.»
Sobre o autor:
Pedro Chagas Freitas escreve várias coisas: romances, novelas, contos, crónicas, guiões, contos e textos infanto-juvenis, letras de música, textos publicitários e outras imbecilidades. Publicou mais de duas dezenas de obras. Está na lista dos mais vendidos em Portugal. Criou jogos didácticos para estimular a produção escrita e coordena sessões de escrita criativa. Foi nadador-salvador, barman, operário fabril, porteiro de discoteca, jogador de futebol, entre outras actividades igualmente insignificantes. Não acredita na inspiração nem em pratos de comida sem arroz.

www.pedrochagasfreitas.com
www.escritacriativa.org 



«Quando se ama, naquele exacto segundo em que se ama, tem de se acreditar que é para sempre. Mais: tem de se ter a certeza de que é para sempre. Amar, mesmo que por segundos, mesmo que por instantes, é para sempre. E é isso, essa sensação de segundos ou de minutos ou de dias ou de horas ou de anos ou meses, que é para sempre. Ama. Ama por inteiro. Ama sem nada pelo meio. Ama, ama, ama, ama. Ama. Porque é só por aquilo que te faz perder a respiração que vale a pena respirar.

A verdadeira fusão não é a de duas pessoas que se amam – é a de duas pessoas que se exploram. Eu quero explorar-te toda. Eu exijo explorar-te toda. E sem sequer direito a indemnização ou discussão. Explorar-te toda. E exijo – Deus te livre de não o fazeres – ser explorado todo. Não deixes nada por tocar, nada por sentir, nada por escravizar. Não deixes nada por viver: nada por me viver. Faz de mim o teu tudo. É isso que te ordeno. Faz de mim o teu tudo. E é tudo.»
Sobre o autor:
Pedro Chagas Freitas Escreve várias coisas: romances, novelas, contos, crónicas, guiões, contos e textos infanto-juvenis, letras de música, textos publicitários e outras imbecilidades. Publicou mais de duas dezenas de obras. Está na lista dos mais vendidos em Portugal. Criou jogos didácticos para estimular a produção escrita e coordena sessões de escrita criativa. Foi nadador-salvador, barman, operário fabril, porteiro de discoteca, jogador de futebol, entre outras actividades igualmente insignificantes. Não acredita na inspiração nem em pratos de comida sem arroz.

www.pedrochagasfreitas.com
www.escritacriativa.org 


Título: OU É TUDO OU NÃO VALE NADA 
Autor: Pedro Chagas Freitas
Editora: Marcador 
Nº de Páginas: 160
PVP: 15,00€

Um romance perturbador. Um homem perdidamente apaixonado procura uma mulher que só ele vê e que só ele acredita existir. Conseguirá encontrá-la?

Tudo o que fiz foi para ela, com ela, por ela. Tudo o que existe só existe em ela: por dentro do que ela me deixa ver, por dentro do que ela me deixa sentir. Sei que sou estranho, maluco, demente, imbecil, estúpido, cabrão, sacana, traidor. Sei que sou tudo o que me quiserem chamar.

Mas o que nunca vou deixar de ser é dela. Porque o espaço do que ocupo é o espaço que sobra do que ela me ocupa.

Sobre o autor:
Pedro Chagas Freitas Escreve cenas variadas. Romances, novelas, contos, crónicas, guiões, contos e textos infanto-juvenis, letras de música, textos publicitários e outras imbecilidades. Publicou mais de duas dezenas de obras. Está na lista dos mais vendidos em Portugal. Criou jogos didácticos para estimular a produção escrita e coordena descoordenadas sessões de escrita criativa. Foi nadador-salvador, barman, operário fabril, porteiro de discoteca, jogador de futebol, entre outras actividades igualmente insignificantes. Não acredita na inspiração nem em pratos de comida sem arroz.

www.pedrochagasfreitas.com
www.escritacriativa.org 


Título: A Dieta dos Casais
Autor: Patricia Davidson Haiat 
Editora: Marcador 
Nº de Páginas: 224
PVP: 21,95€ 

Dizem que o amor engorda, mas é igualmente verdade que, quando um casal se prepara para emagrecer, a dois, e para adotar hábitos saudáveis, a motivação é muito maior e ambos alcançam resultados surpreendentes. Munida da sua experiência clínica e das pesquisas mais recentes sobre alimentação, a nutricionista Patricia Davidson Haiat aceitou o desafio de criar um plano alimentar – prático e acessível, para casais – baseado em Nutrição Funcional.

Inclui mais de 130 receitas rápidas e deliciosas

Tendo em conta as diferentes necessidades nutricionais de homens e de mulheres, e respeitando as particularidades hormonais e psicológicas de cada um, este livro tem:

• Um plano em três fases para emagrecer até 2 quilos por semana;
• Mais de 130 receitas fáceis e deliciosas para preparar e desfrutar a dois;
• Sugestões de alimentos funcionais indicados por género e faixa etária;
• Estratégias para a integração do programa na rotina familiar;
• Depoimentos de casais que emagreceram juntos.

Sobre a autora:
Patricia Davidson Haiat é nutricionista pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional e em Fitoterapia Funcional. Está nos Estados Unidos, a frequentar cursos de Medicina Nutricional e Metabólica e de Nutrição Desportiva. É a primeira nutricionista funcional do Rio de Janeiro, membro da The American Academy of Anti-Aging Medicine, do The Institute for Functional Medicine e da Sociedade Brasileira de Nutrição Funcional. Gere, dá consultas e é coordenadora das equipas de nutrição em duas clínicas especializadas em Nutrição Funcional. Tem mais de 300 mil seguidores no Instagram e é consultora alimentar e de saúde de revistas femininas e de programas de televisão.

                       
Título: O Renascido
Autor:
Michael Punke
Editora: Marcador
Nº de Páginas: 272
PVP: 17,50€ 
UM CAÇADOR EXPERIENTE ENTREGUE À MORTE PELOS SEUS COMPANHEIROS.

APENAS UM SENTIMENTO O LEVA A SOBREVIVER: A VINGANÇA

O Renascido é uma história notável de obsessão, de vontade humana levada ao extremo, e do que um homem está disposto a fazer para obter a sua vingança.

No ano de 1823, e os caçadores da Rocky Mountain Fur Company levam uma vida dura na fronteira. Enquanto procuram castores, enfrentam diariamente uma natureza inóspita, bem como a ameaça das tribos índias em guerra devido à invasão do homem branco. Hugh Glass é um dos melhores elementos do grupo, um explorar experiente e um excelente batedor.

FILME ESTREIA A 21 DE JANEIRO

https://www.youtube.com/watch?v=D-lBguboebc

«Uma intensa e empolgante história de sobrevivência, vingança e, em última instância, de redenção… Livremente baseada em acontecimentos reais, a jornada assombrosa de Glass garante a atenção constante do leitor. Uma história que testa os limites do quanto o corpo e o espírito humano conseguem suportar.» Library Journal

Sobre o autor:
MICHAEL PUNKE é representante dos EUA na Organização Mundial do Comércio em Genebra, na Suiça. Trabalhou também no Conselho Nacional de Segurança da Casa Branca e em Capitol Hill. Anteriormente, foi correspondente de História do Montana Quarterly e professor adjunto na Universidade do Montana. É autor de Fire and Brimstone: The North Butte Mining Disaster of 1917, e de Last Stand: George Bird Grinnell, the Battle to Save the Buffalo, Birth of the New West. 



Título: Vitamina D 
Autor: Dr. Michael F. Holick
Editora: Marcador 
Nº de Páginas: 320
PVP: 18,95€ 

Muitas pessoas renderam-se às diretrizes emitidas pela comunidade de medicina dermatológica e evitam a luz do sol por recearem o cancro de pele, assim como o envelhecimento precoce.

No entanto, a maioria de nós sofre de deficiência da vitamina D, condição que provoca dores diárias e fadiga, piora doenças já de si graves e afeta a qualidade de vida. Apoiado em várias décadas de investigação, o Dr. Michael F. Hollck revela um segredo até agora muito bem guardado: o nosso organismo precisa de doses razoáveis de exposição solar sem proteção. Vitamina D, o livro mais determinante e abrangente sobre este tema, oferece aos seus leitores um plano simples para que possam reverter os efeitos da deficiência de Vitamina D e, com isso, ter uma vida substancialmente mais saudável.


COMO UM SIMPLES TRATAMENTO PODE PREVENIR DOENÇAS TÃO IMPORTANTES COMO:

Osteoporose; Doença cardíaca; Cancro; Doença autoimune; Depressão; Insónia; Artrite; Diabetes; Dor crónica; Psoríase; Autismo; entre outras.

«Seguir os conselhos do Dr. Holick sobre a vitamina D é, provavelmente, a coisa mais importante que pode fazer para melhorar a sua saúde e evitar doenças crónicas, incluindo o cancro.»
David Servan-Schreiber, médico, autor do best-seller internacional Anticancro

Sobre o autor:
DR. MICHAEL F. HOLICK é médico, director da Unidade de Investigação de Clínica Geral e professor de medicina, fisiologia e biofísica no Centro Médico da Universidade de Boston. Foi citado em publicações como o The New York Times, a Forbes, a Time, a Newsweek, a Men´s Health e a Scientific American. Vive em Massachusetts com a sua família.

http://vitaminadbrasil.org/2013/02/24/quinze-fatos-que-voce-provavelmente-nunca-soube-sobre-vitamina-d-e-exposicao-solar/
http://www.lifeextension.com/magazine/2010/9/michael-holick-the-pioneer-of-vitamin-d-research/page-01 


Título: A Viagem de Peludim
Autor: Sara Rodi e Vânia Beliz
Editora: Marcador 
Nº de Páginas: 128
PVP: 15,00€ 

A Viagem de Peludim é uma abordagem lúdica de temáticas que os pais, educadores e professores têm muitas vezes dificuldade em explorar: «Quem sou?», «De onde vim?», «Como nasci?», e questões fundamentais nos dias de hoje, como a igualdade de género, o respeito pela diferença e a prevenção da violência sexual. Acompanhado de um guia para adultos, com dicas para exploração da história, este é o livro que faltava para uma adequada educação sexual, desde a primeira infância.

INCLUI GUIA PARA PAÍS E EDUCADORES

www.peludim.com

Sobre as autoras:
SARA RODI guionista de diversos produtos televisivos, é autora de romances e de livros infantojuvenis, que leva a escolas e bibliotecas de todo o país. http://sararodi.blogspot.pt/p/livros.html

VÂNIA BELIZ licenciada em Psicologia Clínica, mestre em Sexologia, escreve, em 2010, o primeiro livro nesta área – Ponto Quê?. Realizou durante 3 anos, no programa Curto Circuito, da SIC Radical, uma rubrica quinzenal para jovens, sobre sexualidade.

CÉLIA FERNANDES licenciou-se em Design de Equipamentos pela Faculdade de Belas-Artes de Lisboa e, embora exercendo atividade como designer de cerâmica durante algum tempo, cedo se dedicou à ilustração para a infância, na área escolar e em livros de conto e poesia, para diversos autores e editoras, em Portugal e Angola. http://cadernodepintar.blogspot.pt/