quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Segredos Obscuros - Hans Rosenfeldt & Michael Hjorth [Opinião]

Título: Segredos Obscuros
Autor: Hans Rosenfeldt & Michael Hjorth
Edição/reimpressão:2015
Páginas: 544
Editor: Suma de Letras
PVP: 19,90€

Sinopse:
Sebastian Bergman é um homem à deriva.
Psicólogo de formação, trabalhava como profiler para a polícia e era um dos grandes especialistas do país em serial killers. Perdeu tudo quando o tsunami no continente indiano lhe levou a mulher e a filha.
Tudo muda com uma chamada para a polícia.
Um rapaz de dezasseis anos, Roger Eriksson, desapareceu na cidade de Västerås. Organiza-se uma busca e um grupo de jovens escuteiros faz uma descoberta macabra no meio de um pântano: Roger está morto e falta-lhe o coração.
É o momento de Sebastian se confrontar com um mundo que conhece demasiado bem.
O Departamento de Investigação Criminal pede ajuda a Sebastian. Os modos bruscos e revoltados de Sebastian não impedem a investigação de avançar. E as descobertas sobre a escola que Roger frequentava são aterradoras.

A minha opinião:
Quando cheguei a casa de férias e me deparei com as fotografias que a Suma de Letras me enviou acerca daquilo que seria o lançamento de um livro fiquei muito curiosa. Mais tarde viria a receber o livro que só agora tive oportunidade de ler: Segredos Obscuros, um policial escrito por mais uma dupla nórdica que tem tudo para ser um sucesso.

O assassinato de Roger Eriksson vai trazer Sebastian Bergman, um psicólogo que trabalhava como profiler para a polícia, de novo à ribalta. Sebastian, alcoólico em reabilitação depois do tsunami lhe ter tirado a mulher e a filha, tinha sido um autor e conferencista bastante conhecido assim como um profiler de renome, não obstante o seu feitio difícil. Daí não ter sido bem aceite pela equipa de polícias da pequena cidade de origem quando se oferece para ajudar no caso. Porém, o interesse de Sebastian é outro. A ajuda que pretende é para si próprio e não para a descoberta do assassino de Roger...

O facto de o cadáver de Roger ter sido mutilado, faltando-lhe o coração, vai levar a investigação por caminhos obscuros, terminando no colégio que o jovem de 16 anos frequentava. O que a equipa policial vai descobrindo é devastador para a pequena localidade, mostrando-nos, a nós leitores, uma série de personagens intrigantes e desafiadoras.



E quem será o homem que não é o assassino? Esta personagem é-nos apresentada ao longo do livro e parece que sabe mais do que qualquer outra, embora não o possa revelar... será que está a encobrir alguém? Será que sofre de algum distúrbio mental?

E o final? Bem, o final é surpreendente e deixou-me a falar sozinha. E sabem? Adoro quando um livro me deixa a falar sozinha.

Segredos Obscuros tem tudo para ser um excelente livro: uma história intrigante e escrita a um ritmo alucinante, com personagens atípicas, uma morte atroz e um investigador que, apesar de não ser simpático, seduz.
Aguardo ansiosamente o segundo livro da série.







3 comentários:

Dora disse...

Já cá o tenho. Vou viajar na 3ª e começo-o!

(sou tua amiga no Goodreads)

Maria Manuel Magalhaes disse...

Olá Dora, espero que gostes do livro tanto quanto eu.

Boas leituras ;)

Maria Manuel

Dora disse...

Devorei este livro em poucos dias. Lia de manhã, à hora do almoço e à noite.
Não costumo ler policiais mas gostei imenso e vou continuar nesta linha de leitura.
A trama, não sendo nada de especial, não deixa de nos viciar. As personagens são bem construídas e a maneira que está escrito, flui muit bem.