segunda-feira, 15 de junho de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidade Guerra e Paz Adeus, África – A História do Soldado Esquecido de João Céu e Silva


Título: Adeus, África – A História do Soldado Esquecido
Autor:  João Céu e Silva
N.º de Páginas: 320
PVP: 16,90 €
Género: Ficção/Romance
Nas livrarias a 17 de Junho
Guerra e Paz Editores

Sinopse:
De 1961 a 1986, uma história de amor e guerra que atravessa os vários cenários do conflito colonial e regressa a Portugal com Afonso, o soldado esquecido. Sangue, paixão visceral e o retrato de um tempo que parece estar já longe demais. Um romance de fôlego.


Dez de Novembro de 1975: ao cair da noite, as últimas autoridades mili­tares portuguesas abandonam Angola no paquete Niassa, horas antes da independência. O atirador especial Afonso está nas praias de Porto Am­boim a vigiar a chegada de centenas de cubanos e não embarca no navio português que deixa para trás uma presença de quase cinco séculos. Afonso sobreviverá à guerra civil escondido durante onze anos, até ser capturado e repatriado. O psiquiatra que o acompanha no regresso a Lisboa quer saber tudo o que lhe aconteceu durante as sucessivas comissões nos três cenários da Guerra Colonial e não vai descansar enquanto não desvendar a história por detrás do soldado esquecido.

Recorrendo a testemunhos de cinco amigos e a consultas com o ati­rador especial para compreender o passado de quem se vai confrontar no regresso com um país tão distante do império colonial como é o Portugal de 1986, Adeus, África – A História do Soldado Esquecido refaz o mundo bru­tal dos jovens que foram combater sem saber o que lhes estava reservado – guerras em que matar inocentes e morrer em emboscadas eram situações triviais. Pelo meio, a história de amor a uma mulher que divide dois ir­mãos, um encontro com Che Guevara, um affaire com a jornalista francesa que encantou Salazar e muitas outras peripécias, numa narrativa baseada em factos e testemunhos reais.

Sobre o autor:
Nasceu em Alpiarça, em 1959, e viveu no Rio de Janeiro, onde se licenciou em História. É, desde 1989, jornalista do Diário de Notícias.

Adeus, África – A História do Soldado Esquecido é o seu terceiro romance, pu­blicado depois de ter recebido, em 2013, o Prémio Literário Alves Redol por A Sereia Muçulmana. É autor de vários títulos, que vão da investigação histó­rica à literária, dos quais se destaca a série Uma Longa Viagem, com volumes dedicados aos escritores José Saramago, António Lobo Antunes, Manuel Alegre, Álvaro Cunhal e Miguel Torga.