segunda-feira, 15 de junho de 2015

Como Ser Feliz (ou mais feliz) nas livraias a 17 de Junho


Título: Como ser Feliz
O caderno criativo da felicidade
De Lee Crutchley
Será que um livro pode criar felicidade?
A resposta está nas tuas mãos.

Anima-te
Qual é o teu problema
Pensa Positivo!
Este não é um livro de auto-ajuda

Sobre este livro:
Através de desafios simples, surpreendentes e divertidos, este livro vai ajudar-te a ver a vida de uma nova perspectiva e a redescobrir a alegria de cada dia.

Mais do que um livro de exercícios, um caderno criativo ou um diário secreto, este livro é um bom amigo, um porto seguro, um confidente. Como no ombro de um amigo, encontrarás nestas páginas consolo, bem-estar e energia.

Abre a primeira página e prepara-te para um novo começo, cheio de promessa e esperança. Vamos a isso?

Sobre o autor:
Lee Crutchley faz livros e desenha numa pequena cidade em Inglaterra. Está a escrever este livro na terceira pessoa, embora lhe pareça esquisito fazê-lo. Neste momento, não sabe se deve dar‑lhe um tom imperativo e
autoritário ou engraçado e simpático. Vai desistir de ambos.

Não é médico nem tem habilitações na área da saúde mental; só fica muito triste de vez em quando. Pensa que deves procurar ajuda e aconselhamento de um profissional se pensares que precisas e, provavelmente, mesmo que penses que não precisas.

O que dizem:
“Estava à espera de mais um livro de auto-ajuda, mas é diferente do qualquer outro livro deste tipo.”
In This is a Depression Blog

“Esta é uma ferramente maravilhosa para todas as pessoas a lutarem contra uma depressão ou que se sentem apenas ‘blah.’” In Publishers Weekly

“É difícil dizer do que gostei mais neste livro. Adorei o facto de não ser um livro de auto-ajuda no sentido tradicional.” In Geoffwhaley

“Crutchley oferece um ponto de vista honesto que a felicidade não é uma mudança imediata ou constante. Há dias em que nos sentimos tristes e não há problema nenhum com isso.” In Mind Your Mind

Sem comentários: