sexta-feira, 1 de maio de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidades Planeta para maio

FICÇÃO NACIONAL 

Título: O Dia em que Estaline Encontrou Picasso na Biblioteca
Autor:
Alice Brito
N.º de Páginas: 368
PVP: 17,95 €
Disponível a partir de 06 de Maio

A escrita poderosa e inconfundível a que a autora nos habitou em As Mulheres da Fonte Nova não deixará ninguém indiferente neste novo e a aguardado romance.

Uma narrativa épica sobre a importância da memória, de três gerações e, que, começando em Setúbal, alastra pela Barcelona da Guerra Civil de Espanha e a Paris da época da Guerra. Um romance histórico que atravessa todo o século XX e termina nas dificuldades que enfrentamos na actualidade, interrogando as responsabilidades das esquerdas e concretamente do estalinismo e evocando episódios históricos como o do Ouro de Moscovo em que, em 1936, durante a Guerra Civil, o governo republicano espanhol enviou para a União Soviética as reservas de ouro do Banco de Espanha (a 4.ª maior reserva de ouro do mundo), para as pôr a salvo. Reservas que nunca foram devolvidas, com a alegação de que seriam pagamento da ajuda militar soviética ao governo republicano durante a guerra.
«Sou um contentor da História do século XX», diz Juan, em carta à sua neta Dulce. História da Europa e dos seus horrores, utopias e derrotas. História de uma Esquerda de que faltam apurar muitas contas escusas - e escuras - e do soçobrar de um ideal que vem desembocar naquilo que é hoje, para David, Dulce, Nuno e Josefina, a proclamada «inevitabilidade» das nossas vidas.
Juan e Maria Bento, as personagens centrais que constroem os seus próprios destinos, ficarão para a memória leitora como um par improvável e apaixonados já vistos – entre o anarquismo convicto de Juan e a militância inflexível de Maria Bento, que as ligações ao KGB disciplinam, há uma ponte incerta que oscila, baloiça e finalmente se verga ao peso da paixão.
«Lembrar. Nada quero esquecer. Olho a Guernica do meu Picasso. Não esquecer. Do mesmo Picasso que retratou Estaline e quase foi expulso do Partido Comunista Francês que considerou o retrato uma injúria. O pintor, diziam, não havia enaltecido a grandeza do retratado. O desenho reproduzia um homem comum. Imagino Picasso a defender-se e o próprio Estaline a atacá-lo, lívido de raiva.»
(Excerto da carta de Juan à neta, Dulce)

«Sei que o passado não é inocente», diz Juan, e por isso toda a astúcia é necessária para surpreender o futuro. E daí a surpresa que se reserva aos vindouros, n’O dia em que Estaline encontrou Picasso na biblioteca. Uma narrativa empolgante, que alterna, no estilo inconfundível e único da autora, as vidas e as escolhas das personagens do século XX com o impasse e a impotência das do século XXI – para terminar num volte-face completamente inesperado.

Sobre a autora
Alice Brito nasceu em Setúbal, em 1945, e aí reside até hoje. É advogada, militante política e cronista em alguns periódicos regionais e online. As Mulheres da Fonte Nova (Planeta, 2012) é o seu primeiro romance.


FICÇÃO ESTRANGEIRA
Título: Rejeitada - Uma noite - vol. 2
Autor:
Jodi Ellen Malpas
N.º de Páginas: 424
PVP: 18,85 €
Nas livrarias a partir de 6 de Maio

Acaba de chegar o aguardado segundo livro da nova série que põe à prova os limites do erotismo.

A paixão ardente entre Livy e Miller em A Promessa pode acabar por destruí-los neste novo romance de desejo avassalador e descobertas aterradoras.
Neste segundo livro da nova trilogia erótica, da mesma autora de Este Homem, a história de amor entre Miller e Livy continua com alguns percalços.
Livy quer dedicar-se de corpo e alma a este homem fascinante, mas descobre uma faceta de Miller que a faz sentir rejeitada. Um romance povoado de personagens fascinantes, com uma história de amor intensa que vai deixar os leitores a suspirar pelo terceiro livro.
Autora best-seller do The New York Times e do Sunday Times. Mais de 15.000 exemplares vendidos da primeira série, em Portugal.

É incrivelmente rico, de uma beleza pecaminosa, e consegue levá-la a píncaros de prazer como nunca conheceu. Para Livy, é impossível voltar atrás. Está decidida a ser a luz que rompe as trevas da vida de Miller. Mas esta nova vida exige um preço alto…
Miller sabe que o poder de que desfruta não é isento de sacrifícios, mas não está disposto a sacrificar Livy. Embora não deseje nada além de a poder usufruir de todas as maneiras, a sua principal obrigação é protegê-la a todo o custo… protegê-la dos seus erros, dos seus inimigos e de si próprio.
Contudo, à medida que esse amor insaciável se intensifica, acabam por atrair as atenções de um perigoso terceiro elemento.
Após descobrir a respeito de Miller coisas que a abalam no mais profundo do seu ser, Livy vê-se forçada a decidir se ele está ou não perdido além da possibilidade de redenção. E ele tem de enfrentar o medo de, ao procurar salvá-la, acabar por perdê-la…

Sobre a autora:
Jodi Ellen Malpas nasceu em Northampton, onde vive com a família. Enquanto trabalhava na empresa de construção do pai foi cimentado a trama de a trilogia e criou a personagem de Jesse Ward. Em 2012 decidiu autopublicar O Amante, o primeiro livro, e a massiva resposta das leitoras motivou-a a terminar a trilogia.
Catapultada para o número 1 do The New York Times, a trilogia Este Homem converteu-se no fenómeno do ano coroando Jodi Ellen Malpas como a nova rainha do romance erótico. Mais de um milhão de leitoras apaixonaram-se por Jesse... e agora por M.

NÃO FICÇÃO
Título: Mandalas e outros desenhos zen para colorir
Autor: Antonio F. Rodriguéz Esteban
N.º de Páginas: 128
PVP: 11,65€
Nas livrarias a partir de 6 de Maio

Um livro, especialmente dirigido ao público adulto, recheado de frases inspiradoras que vão ajudar a descontrair e a serenar a mente.
Mandalas e Outros Desenhos Zen para Colorir contém belíssimas ilustrações que acabarão por se transformar em verdadeiras obras de arte.
Liberte-se do stress com este livro para colorir, que promove o relaxamento, a concentração e a criatividade.
«O Zen é a libertação do tempo. Para que quando abramos os olhos e vejamos claramente, se torne óbvio que não há outro tempo que este instante, e que o passado e o futuro são abstracções sem uma realidade concreta.» Alan Watts

«Quando a mente é pura, a alegria segui-la-á como uma sombra que nunca desaparece.» Buda

«A verdadeira viagem de descobrimento não consiste em procurar novos territórios, mas sim em ver com novos olhos.» Marcel Proust

Os mandalas ocupam um lugar especial nas representações iconográficas do budismo. Um mandala é um sistema gráfico que contém um espaço mental sagrado, um diagrama cosmológico e energético capaz de purificar a mente e reconciliar as nossas energias dispersas.
Mandala é uma palavra do Sânscrito que significa círculo, roda e totalidade.
Neste livro encontrará uma série de mandalas e outros desenhos para colorir, concebidos especialmente para poder usufruir da serenidade e relaxamento proporcionados pelo focalizar a atenção numa actividade criativa.
Colorir é uma terapia muito eficaz para combater a apatia, a tristeza ou o stress. O facto de escolher a figura que vai pintar permite equilibrar a mente e recuperar a energia. Atreva-se a explorar a dimensão de cor e atenção que lhe proporcionará uma sensação de serenidade incomparável.