terça-feira, 12 de maio de 2015

Elsinore, a nova chancela literária da 20l20 Editora


Em maio de 2015, a literatura regressa a casa. Geografia literária por excelência, Elsinore seduziu Shakespeare e Cesariny, William e Mário, João e Marta. Tiago, Diogo e Luísa, Sofia, Bruno e Madalena. Gerações de escritores e leitores rendidos à força de um território de criação, de iluminação.

Inspirada por este património, esta é a nova chancela da 20|20 Editora, "uma chancela de vocação literária sem fronteiras. De género, de região, de época."

É por isso que, durante este ano, a Elsinore irá publicar títulos que são referências e autores que é urgente descobrir. Até ao final de maio, ficaremos a conhecer A Eterna Demanda, romance inédito da norte-americana Pearl S. Buck, vencedora do Prémio Nobel de Literatura (segue, em anexo, a capa), e Lorde, ficção do autor brasileiro João Gilberto Noll, reconhecido com cinco prémios Jabuti.

Em junho chega Escravas do Poder, de Lydia Cacho, a estreia da não-ficção da Elsinore, bem como Na Presença de Um Palhaço, de Andrés Barba, apontado pela revista Granta como um dos melhores ficcionistas contemporâneos em língua espanhola.

Durante 2015, a geografia de Elsinore será visitada por dez títulos. E de maio em diante, há perfis ardentes, espaços cheios de gente de costas altas flores venenosas, portas por abrir.

A Elsinore vem, assim, juntar-se às chancelas Booksmile, Nascente, Topseller e Vogais que já integravam o universo da 20l20 Editora.







Sem comentários: