segunda-feira, 9 de março de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidades Gradiva para Março

Título: A Balada de Adam Henry
Autor: Ian McEwan
Coleção: «Obras de Ian McEwan», n.º 17
N.º de Páginas: 192
PVP: € 14,00

O que liga uma juíza proeminente do Supremo Tribunal, que julga casos do Tribunal de Família, a um rapaz de dezassete anos que sofre de leucemia? Mais do que se possa imaginar. Ela, Fiona, tem o casamento a desmoronar-se. Ele, Adam, tem a vida por um fio. Dependendo de uma transfusão de sangue para sobreviver, tanto o rapaz como os familiares, Testemunhas de Jeová, resistem ao tratamento. Deverá o tribunal secular sobrepor-se à fé sinceramente vivida? O encontro entre Fiona e Adam, no julgamento do caso, terá consequências para ambos, muito além do âmbito da lei. Uma história contada com a mestria a que este autor já nos habituou.


Título: Os Banqueiros Vão Nus
O que está mal na banca e como o corrigir»
Autores: Anat Admati e Martin Hellwig
Coleção: «Trajectos», n.º 99
 N.º de páginas: 508
PVP: € 21,50

Anos passados sobre a falência do Lehman Brothers, estará o sistema financeiro mais seguro? A resposta é negativa. As consequências da crise financeira continuam a fazer-se sentir, incluindo em Portugal. Este livro trata sobretudo dos banqueiros e lobistas que fazem afirmações falsas ou enganadoras, e dos políticos e reguladores que com eles colaboram. Usando uma linguagem acessível, é útil para perceber o que está errado na banca e como melhorá-la.


«O livro mais importante que saiu desta crise.» Martin Wolf, Financial Times

Título: A Pérola de Euler
Autor: David S. Richeson
Coleção: «O Prazer da Matemática», n.º 41
N.º de Páginas: 344 
PVP: € 19,00

A fórmula dos poliedros e o nascimento da topologia Euler olhou para onde todos tinham olhado e viu o que ninguém tinha visto. Nascia uma das equações mais belas da matemática: a fórmula de Euler para os poliedros. Richeson, apaixonado pela topologia, conduz o leitor numa viagem que começa na pré-história e chega aos dias de hoje, recheando-a de exemplos de aplicação da fórmula. A travessia é acessível ao grande público, mas o livro está também escrito para matemáticos.

Título: A Tirania dos Pais dos Alunos
Nos bastidores das escolas
Autor: Anna Topaloff
Coleção: «Fora de Colecção», n.º 440
N.º de páginas: 124
PVP: € 14,50

Em Portugal, como em França, os pais, desejavelmente parceiros no apoio à escola, como que se tornaram inimigos dos docentes. Passaram de solução a parte de um problema. Será correcto que o pai de um aluno estabeleça uma relação de força, recorra à compaixão, à histeria ou à intimidação dos professores? Em causa está o sacrifício de princípios fundamentais da educação, como a igualdade de oportunidades e a meritocracia. Muito se tem falado na crise da educação, mas faltava uma abordagem séria sobre a parte de responsabilidade desta que cabe aos pais. Aqui está ela!

Título: Os Alemães - (O Guia do Xenófobo)
Autores: Ben Barkow e Stefan Zeidenitz
Coleção: «Guias do Xenófobo», n.º 3
N.º de Páginas: 104
PVP: € 8,80

Por detrás de um espírito reconhecidamente organizado, o que haverá? Bom, seguramente mais do que salsichas e cerveja. Como é apanágio destes pequenos guias que abordam os hábitos e particularidades de um povo, a escrita é divertida e o humor atravessa as páginas. Senão vejamos: «Os Alemães gostam de coisas que funcionem. Isso é fundamental. Um automóvel ou uma máquina de lavar que se avarie nos seis meses após a compra não é um incómodo, é uma violação do contrato social.»