segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Esfera dos Livros: História da Expansão e do Império Português

Desde a conquista de Ceuta, em 1415, até 1999, ano em que Macau deixou de estar sob a administração portuguesa, o império português estendeu-se por quase 6 séculos.

Este livro é uma obra única, com ilustrações a cores, quadros e mapas, para melhor interpretarmos este processo histórico à escala mundial. O comércio, a conquista, a missionação, os povos ultramarinos, as suas civilizações e organizações políticas, sociais e económicas, entre outros temas, são analisados neste livro essencial para perceber o império português.

A História da Expansão e do Império Português chega às livrarias no dia 7 de novembro.

Sinopse:
A Expansão portuguesa confunde-se com a própria História de Portugal. Situado na periferia da Europa, Portugal encontrou no mar um espaço favorável para traçar a sua configuração definitiva e para se projetar pelo mundo, procurando no exterior o que lhe faltava no território peninsular. Nos primeiros séculos da expansão, Portugal rasgou o horizonte dos europeus e uniu outros povos a um destino comum, gerando novos negócios, criando novas paisagens, possibilitando a circulação de gentes, objetos, animais, plantas, conhecimentos e ideias, e dando início à globalização. Ao longo dos séculos, o império foi-se alterando, e, se num primeiro momento, dominou uma perspetiva de imperialismo marítimo, posteriormente, o império português tornou-se dominantemente territorial. Já no último terço do século XX, o fim da soberania portuguesa em África decorreu em circunstâncias dramáticas, num processo de descolonização que deixou marcas profundas na política e sociedade portuguesas. Os historiadores João Paulo Oliveira e Costa, José Damião Rodrigues e Pedro Aires Oliveira traçam um retrato rigoroso e exaustivo da História da Expansão e dos Descobrimentos portugueses, que permite interpretar este processo histórico à escala mundial, analisando o comércio, a conquista, a missionação, entre outros temas, bem como os povos ultramarinos, com as suas civilizações e as suas organizações políticas, sociais e económicas, a que os portugueses tiveram de se adaptar. Um livro essencial para perceber o império português, que se estendeu por quase 6 séculos, desde a conquista de Ceuta em 1415, até 1999, ano em que Macau deixou de estar sob a administração portuguesa.



Sem comentários: