terça-feira, 30 de setembro de 2014 | By: Maria Manuel Magalhaes

BOOKSMILE: Nuno Caravela, o autor português que adora viver na Pré-história


Nasceu, da frutífera imaginação de Nuno Caravela, mais um volume das aventuras pré-históricas d’O Bando das Cavernas. Assim, fresquinho nas livrarias está já o nono livro desta divertida coleção, escrita e ilustrada pelo autor português.

O Bando das Cavernas 9: Viagem no Tempo (Booksmile l 128 pp l 8,99€) vai provocar gargalhadas pré-históricas! Os mais novos (7+), que estão a iniciar a leitura autónoma, vão adorar com as novas peripécias d’O Bando das Cavernas. Afinal, este livro, vindo dos confins do tempo, está repleto de aventuras. Tudo por causa de um grupo muito especial de amigos: o Tocha, a Ruby, o Menir, o Kromeleque, o Tzick e o Sabre. Eles são o Bando das Cavernas!

Ah! Qualquer semelhança entre a personagem Maestro Violino de Almeida e o Maestro Vitorino de Almeida é... pura coincidência (ou talvez não)!






Segue o Bando até ao monte dos Ecos e diverte-te com os estranhos rituais das tribos dos Trinca-Espinhas e dos Papa-Açordas. Pelo caminho ficarás a conhecer os Esquilos-só-mais-cinco-minutos, que são sempre os últimos a acordar, e ainda os Pernaltas-poetas, aves que não sabem cantar mas que recitam muito bem, embora os seus poemas sejam, enfim…, um pouco doidos.

Depois viaja através dos tempos e percorre as pradarias do Oeste selvagem na companhia de índios e cowboys. Por fim, ajuda três Vikings muito especiais a enfrentarem os temíveis Goblins e as suas adivinhas quase impossíveis.

«Com esta coleção pretendo, acima de tudo, divertir e estimular a imaginação dos mais novos, transportá-los ao longo das páginas para um mundo de descobertas, onde tudo é possível. Onde todos os personagens, cada um com as suas diferenças, limitações, defeitos e virtudes, se tornam amigos nos quais se pode confiar e que acompanhamos em qualquer aventura.»

É assim que Nuno Caravela explica o nascimento da coleção, mais uma aposta da Booksmile em autores portugueses que escrevem para jovens leitores (7+).