quinta-feira, 24 de julho de 2014 | By: Maria Manuel Magalhaes

Conheça as "As Três Chaves da Felicidade" por Maria Jesús Álava Reyes autora do best-seller "A Inutilidade do Sofrimento"

Consegue identificar as chaves da sua felicidade?

Sabe os passos concretos que deve dar para alcançar a felicidade?

A psicóloga Maria Jesús Álava Reyes, autora do best seller "A Inutilidade do Sofrimento" (mais de 70 mil exemplares vendidos em Portugal) identifica no seu último livro as 3 chaves fundamentais para chegar à felicidade.

"As Três Chaves da Felicidade" é mais um livro transformador, da reputada psicóloga espanhola, que nos inspira a olhar a vida de frente, com determinação e sem os medos habituais que nos impedem de desfrutar e aprender com cada experiencia.

Sinopse:

«Se nos perguntassem se queremos ser felizes, salvo casos extremos, a maioria de nós responderia afirmativamente, mas, se nos pedissem que identificássemos as três chaves da felicidade, muitos de nós teriam dificuldades para encontrá-las. A experiência como psicóloga demonstrou-me que é impossível alcançar a felicidade se, previamente, não aprendemos a perdoarmo-nos bem» In introdução

- Perdoar-nos a nós próprios pelo que fizemos no passado ou por aquilo que deixámos de fazer;

- Aprender a gostar e a sermos amigos de nós próprios;

- Agarrar as rédeas da nossa vida.

Estas são as três chaves para a felicidade, que a psicóloga bestseller María Jesús Álava Reyes, autora de A Inutilidade do Sofrimento com mais de 70 mil exemplares vendidos, nos revela ao longo das páginas deste livro transformador.

Um livro que nos inspira a olhar a vida de frente, com determinação, sem os medos habituais que nos impedem de desfrutar e aprender com cada experiência, com cada vivência, com cada oportunidade que nos surge. Perdoarmo-nos não significa esquecer, mas sim ganharmos alguma paz interior. Aprendermos com os erros do passado, o que fizemos ou deixamos de fazer, e com as experiências mais difíceis, sem perdermos a nossa autoestima. Ao perdoar-nos, reconciliamo-nos connosco e com os outros. Aprendemos a gostar mais de quem somos. A sermos os nossos melhores amigos. Recorrendo a casos reais, a exemplos e exercícios práticos, esta psicóloga espanhola com longa experiência profissional, convida-nos a fazer uma viagem estimulante, onde a primeira e fundamental etapa para atingir a felicidade é esta possibilidade de nos perdoarmos a nós próprios. O perdão permite-nos sermos donos das nossas emoções e perceber que a felicidade não existe sem sensibilidade, sabedoria ou flexibilidade. E, ao sermos donos das nossas emoções saberemos assumir com tranquilidade o comando da nossa vida.

Sobre o autor: 
Com um trabalho reconhecido em Espanha e na América Latina, María Jesús Álava Reyes é licenciada em Psicologia pela Universidade Complutense de Madrid e mestre em Direção de Recursos Humanos e em Psicologia Pedagógica, e especialista e Coaching Executivo. Foi considerada como uma das TOP 100 Mulheres Líderes em Espanha em 2012, ocupando a primeira posição na categoria de Pensadoras. É diretora do Centro de Psicologia Álava Reyes, onde trabalham mais de 30 profissionais na área de Psicologia e Medicina, e sócia-diretora da empresa Apertia-Consulting, uma empresa de consultoria orientada para a eficiência operativa através de melhorias na gestão, no desenvolvimento pessoal e na comunicação, com resultados amplamente comprovados. Colabora habitualmente com diversos meios de comunicação – imprensa rádio e televisão – e é autora de diversos livros como A Inutilidade do Sofrimento (33.ª edição), A Arte de Arruinar a Sua Própria Vida (9.ª edição), Nem as Mulheres são tão Complicadas nem os Homens tão Simples (6.ª edição), Trabalhar sem Sofrer, Recuperar a Ilusão, todos publicados pela Esfera dos Livros.