quarta-feira, 7 de maio de 2014 | By: Maria Manuel Magalhaes

A Volta ao Medo em 80 Dias - José Jorge Letria [Opinião]

Título: A Volta ao Medo em 80 Dias
Autor: José Jorge Letria
N.º de Páginas: 208 páginas
PVP: 14,99 €
Guerra e Paz|Clube do Livro SIC

Sinopse:
Este livro é acima de tudo uma história de amor a Portugal, à vida e às mulheres.

A Volta ao Medo em 80 Dias é a história de um homem, de um cidadão português que, vivendo intensamente os conflitos e as utopias do seu tempo, nunca desiste de ser feliz. Nascido num Portugal marcado pelo espectro do medo, revisita, neste livro, todas as situações que, antes e depois do 25 de Abril, na ditadura e na democracia, na guerra e na paz, o fizeram pronunciar essa palavra – a palavra medo – com um misto de reserva e inquietação interior.

A Volta ao Medo em 80 Dias é também uma história de amor. Fragmento da nossa história colectiva e dos sonhos que ficaram por cumprir, este livro é acima de tudo uma história de amor a Portugal, à vida e às mulheres que representaram os afectos mais perenes de um percurso longo e tantas vezes doloroso. O herói deste livro é um homem que tem de vencer uma maldição – é o homem português.

A minha opinião:
A Volta ao Medo em 80 dias é a história de Gustavo, um homem que nasceu na ditadura e teve de conviver com ela durante parte da sua vida. Um homem que viu partir o seu primo para a guerra do Ultramar, uma guerra que não era deles, e que o viu voltar com uma revolta enorme, cego de um olho e sem poder andar. Um homem que, internado num hospício, acabaria por se suicidar com uma dose letal de comprimidos.

Gustavo vivia numa família um tanto ou quanto repressora, com um pai autoritário, que desejava que o filho fosse para Direito, não o deixando sonhar os seus sonhos. Gustavo vivia com a vontade de ensinar, vivia no mundos das letras e dos livros e não entendia porque é que o pai não o queria ver feliz.

O Portugal daquele tempo, austero e proibitivo era contra os livres pensadores, contra os revolucionários, contra aqueles que desejam o melhor para as suas vidas. Daí o protagonista não poder dar também largas às suas paixões, amorosas e profissionais, vivendo sempre num clima de medo.

Gustavo tem também um primo pertencente à PIDE, portanto, inimigo, mas cuja amizade se tem de manter. Um homem execrável que tudo vê, tudo sente e tudo bufa...

Até que veio o 25 de Abril e a vida de Gustavo ficou melhor. "Que dizer de uma noite que pode transformar vidas inteiras, entrando pelo história de uma país e tentando mudar-lhe o rumo?"

Afastado dos ideais políticos Gustavo começa a viver a sua vida tal como gostaria que tivesse sido desde o início.

A Volta ao Medo em 80 dias é um livro fantástico, que se lê de uma assentada e que, por fim, nos deixa aquela sensação de uma tarde bem passada. Mas que livro tão bom!

Bem escrito, com uma história envolvente, José Jorge Letria conseguiu reunir num pequeno livro tudo aquilo que gosto numa leitura.

Recomendo vivamente!