sexta-feira, 4 de abril de 2014

Novidades Gradiva a partir de 22 de Abril

Título: A Sereia Muçulmana
Autor: João Céu e Silva
N.º de Páginas: 184
Coleção:  «Gradiva», n.º 149

Prémio Alves Redol

O que resta a um homem que ao acordar já não compreende o mundo em que vive? Um homem que não quer fazer parte de uma família sem presente; a quem custa viver numa sociedade em crise e não se revê nas suas memórias... Só lhe resta procurar o seu destino e apostar na solidão e na imaginação que todos os homens ainda têm dentro de si. Esta é a história de um homem que quer viver num país diferente e que é obrigado a partir para o encontrar. Uma história tocante, numa prosa de grande qualidade.


Título: Cometa
Autor: Carl Sagan e Ann Druyan
Edição revista e aumentada
Coleção: «Obras de Carl Sagan», n.º 11

Enquanto assiste à novíssima série Cosmos, aconselhamos a (re)leitura das obras que lhe estiveram na génese, nomeadamente Cometa, o livro que se inicia com uma viagem aventurosa através do espaço, cavalgando um cometa, um desses «visitantes graciosos e brilhantes» que surgem nos nossos céus. Em edição revista e aumentada, com fotografias e também pinturas encomendadas expressamente para a obra, é leitura indispensável a quem já contemplou o céu e se interrogou sobre o que viu.


Título: Meu Dito Meu Escrito
Autor: Maria de Sousa
Coleção: «Fora de Colecção», n.º 413

Um roteiro da ciência pela caneta (em monólogo) de uma das primeiras e mais ilustres mulheres portuguesas de ciência.

«[...] mesmo a memória da vida nos anos precisa de encontrar uma residência para que possamos perceber melhor de onde vimos, quem somos, o que precisamos fazer para chegar, ou não, onde outros chegaram e o que outros poderão aprender com o que nós quase esquecemos.» Um testemunho irreverente e inconformado, mas também muito sensível, poético e, a passos, comovente.

Título: Do Colonialismo como Nosso Impensado
Autor:
Eduardo Lourenço
Coleção: «Obras de Eduardo Lourenço», n.º 21

«Este espantoso silêncio esconde a aventura colonial, a mais pura de toda a história. Tão pura que hesitamos chamá-la colonialista. E, no entanto, ela é certamente uma entre outras, a primeira e a última ainda de pé, sob a indiferença dos trópicos e o esquecimento do mundo. Este esquecimento faz-nos pensar, mas explica-se. Portugal não foi o único país a deixar-se esquecer desta maneira. [...] Mais tarde, a mesma Europa teve também demasiado interesse em esconder, em conjunto, este colonialismo.»

Título: A Dieta da Clínica Mayo
Coma Bem. Goze a Vida. Perca Peso
Vários
Coleção: «Fora de Colecção», n.º 414
N.º de Páginas: 256

Esta não é uma dieta da moda. Se já experimentou várias dietas e não obteve resultados, este é o programa para si, elaborado por especialistas em nutrição da clínica que é o primeiro e maior grupo integrado de profissionais de saúde do mundo sem fins lucrativos. Neste livro encontrará sugestões de mudanças simples, saudáveis e feitas com prazer, que resultarão num peso adequado, para manter ao longo da vida. Experimente e verá os resultados.



















Sem comentários: