quinta-feira, 13 de março de 2014

Porto Editora publica "Canadá", de Richard Ford

Título: Canadá
Autor
: Richard Ford
Tradução: Francisco Agarez
Págs.: 432
PVP: 17,70 €

Richard Ford é um dos mais importantes autores norte-americanos contemporâneos e foi o único distinguido em simultâneo com os prémios Pulitzer e Pen/Faulkner para uma mesma obra. Canadá, o seu romance mais recente, já foi premiado com o Prix Femina Étranger e o Andrew Carnegie Medal for Excellence. Este livro é publicado pela Porto Editora a 21 de março.
Protagonizado pelo inquietante Dell Parsons, a quem a sorte não tem sido favorável, Canadá é uma «epopeia sem lirismos sobre a família e sobre segundas oportunidades» (El País), e sobre o desafio de arriscar uma vida melhor, mesmo que seja noutro país.

Sinopse:
Seria difícil para Dell Parsons imaginar o quanto a sua vida se alteraria no dia em que os pais, desesperados, decidem assaltar um banco. A consequente detenção lança sérias ameaças sobre o futuro incerto de Dell, que se verá ainda mais desamparado após o repentino desaparecimento da sua irmã gémea.
Mas Dell não ficará sozinho: uma amiga da família decide resgatá-lo do desnorte, levando-o numa viagem de autodescoberta ao longo da fronteira do Canadá, com o objetivo de lhe oferecer novas perspetivas de vida. É durante essa viagem pelas pradarias de Saskatchewan que Dell é recebido por Arthur Remlinger, um norte- -americano que transporta doses iguais de carisma e mistério.
A procura de harmonia e paz, debaixo do vasto céu azul da pradaria, parece revelar-se infrutífera à medida que Dell vai cedendo à vertigem de Remlinger e aos tormentos e impulsos homicidas que inspira. Conseguirá Dell descobrir a força de carácter necessária para reencontrar um rumo para a sua vida?

Sobre o autor:
Autor de sete romances e três coletâneas de contos, Richard Ford nasceu em Jackson, Mississípi, em 1944.
Reconhecido pela crítica como um dos grandes retratistas dos temas estruturantes da sociedade norte- -americana, mantém o recorde de ter sido o único autor distinguido em simultâneo com os prémios Pulitzer e Pen/Faulkner para uma mesma obra.
Publicado originalmente em 2013, Canadá foi agraciado com o Prix Femina Étranger em França e o Andrew Carnegie Medal for Excellence.

Imprensa:
Brilhante. Colm Tóibín
[Canadá] confirma a posição [de Richard Ford] como um dos mais refinados artistas e mais humanos contadores de histórias americanos… o seu livro mais elegíaco e profundo… The Washington Post
Robusto e poderoso … Ford é capaz de tocar em qualquer coisa de decisivo e elementar no profundo caos moral que está por trás das ações de gente aparentemente responsável… Ford criou uma história sobre a descoberta assustadora do coração anárquico do mundo. Wall Street Journal
Uma voz triunfal… A escrita… é frugal, mas de partir o coração. USA Today
Canadá: um livro que deslumbra e comove. ABC


Sem comentários: