sábado, 7 de setembro de 2019

Uma Gaiola de Ouro - Camilla Läckberg [Opinião]

Título: Uma Gaiola de Ouro
Autor: Camilla Läckberg
Editor: Suma de Letras
N.º de Páginas: 408

Sinopse:
Uma história dramática sobre fraude, redenção e vingança.

Aparentemente, Faye parece ter tudo. Um marido perfeito, uma filha que muito ama e um apartamento de luxo na melhor zona de Estocolmo. No entanto, algumas memórias sombrias da sua infância em Fjällbacka assombram-na e ela sente-se cada vez mais como se estivesse presa numa gaiola de ouro.

Antes de desistir de tudo pelo marido, Jack, era uma mulher forte e ambiciosa. Quando ele a engana, o mundo de Faye desmorona-se e ela tudo perde, ficando completamente devastada. É então que decide retaliar e levar a cabo uma cruel vingança…

Uma Gaiola de Ouro é um romance destemido sobre uma mulher que foi usada e traída, até tomar conta do próprio destino.

A minha opinião: 
Este é um livro completamente isolado da série a que a Camilla Läckberg já nos habituou que tem como protagonista Patrik Edstrom. 

Apesar de ter mais quatro livros dessa série, apenas li o primeiro. No entanto, logo que saiu Uma Gaiola de Ouro fiquei com muita curiosidade em lê-lo, até porque este foge ao policial nórdico, passando a um thriller doméstico e que achei bem mais interessante. 

Camilla Läckberg engendrou uma história fabulosa sobre uma família de classe alta e, aparentemente unida, que tem tudo para ser feliz. Só que nem tudo é um mar de rosas e o que se passa dentro de quatro paredes mostra algo mais. A solidão é o que salta ao primeiro instante, seguida do desprezo.
 
Quando se conheceram Faye e Jack eram estudantes de economia e foi paixão à primeira vista. Depois de alguns anos como namorados acabam por se casar. Faye é uma mulher inteligente e cheia de grandes ideias. Ajuda Jack e o seu melhor amigo a construir uma empresa de raiz mesmo que para isso prejudique os seus estudos originando a que nunca termine o curso. 

Mas para ela a felicidade de Jack está em primeiro lugar e o certo é que a empresa é um verdadeiro sucesso e acabam por tornar-se bastante ricos. 
Com o sucesso da empresa, Faye acaba por ser afastada da empresa e viver apenas para a casa e para a filha de ambos. Acaba por se tornar numa dondoca e uma mulher sem quaisquer ambições, contrariando o tempo de juventude. 

No entanto, a relação entre ambos começa a esmorecer e Jack torna-se cada vez mais distante e não a procura a nível emocional. Até que acabam por se separar. 

Depois disso vamos compreendendo o mau carácter que é o seu marido. 

Com a separação a sua vida dá uma reviravolta, mostrando que é inteligente o bastante para se superar, criando uma empresa de sucesso baseada na sua história de vida.

Faye é uma personagem forte, que vai gerando um misto de opinião sobre ela ao longo da história. Logo no início do livro vamos percebendo que levou uma infância difícil, que junta a violência doméstica à tragédia, mas cuja vida dá uma reviravolta quando decide mudar-se para Estocolmo para estudar. É uma rapariga extremamente inteligente até que conhece Jack e se anula completamente perante ele. É aí que começo a mudar a minha opinião em relação a ela. Mesmo depois que se separa de Jack a minha opinião não muda completamente porque os métodos de vingança utilizados não são propriamente os melhores em alguns casos. 
Já Jack é uma personagem completamente desprezível. 

Läckberg criou uma história repleta de acção e que me entusiasmou do início até ao fim. 
Gostei imenso e só posso recomendar a sua leitura, mesmo aos que não apreciam o género. 


Sem comentários: